Don Dokken: anos 80, groupies e vida em família

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Ligia Fonseca, Fonte: Knac.com, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Charlie Steffens, do site KNAC.COM, entrevistou Don Dokken em setembro de 2008.

334 acessosRichie Kotzen por Márcio Guerra Canto: viagem leve e engraçada5000 acessosNikki Sixx: "transei com a mulher do Bruce Dickinson"

KNAC.COM: Vocês tinham mulheres lindas à sua disposição todas as noites nos anos oitenta, não é mesmo?

Dokken: "É verdade, tínhamos. E eu tinha muitas mulheres porque era o vocalista meio andrógino com cara de bebê e as garotas diziam 'Nossa, trepo com você agora'. Eu pensava: 'Você nem sabe quem sou, só conhece o cara do videoclipe. Você não sabe como sou, quem sou, que tipo de pessoa sou'. Não importava. Em algum momento você pensa que elas só são vadias e pu**s, acorda um dia e diz 'Não, eu sou a vadia, eu sou a p**a'. Você acorda e percebe que a vida é mais do que isso. Virou um tédio. Antes era uma brincadeira para o ego. Meus filhos nasceram depois da turnê 'Monsters of Rock'. Tenho um menino e uma menina, e tudo mudou. Todo o mundo parecia diferente. Eles são inocentes e você enxerga através dos olhos deles. É a história comum: você quer ir ao 'The Rainbow' sexta-feira à noite quando eles têm sete anos ou à reunião de escoteiros? Parece brega, clichê e doméstico, mas essa é a vida real. Meu filho chega na próxima semana para passar um tempo comigo na estrada e estou totalmente empolgado com isso. Estou empolgado em conhecer mulheres fáceis no backstage? Não. Estou empolgado em ter meu filho comigo por uma semana. Ele acabou de fazer 20 anos e tirou brevê ontem. Então, vamos comemorar. Depois que ele voltar pra casa, minha filha vem por uma semana. Assim é a vida".

KNAC.COM: Foi devastador, para você, para dizer o mínimo, ver sua banda se despedaçar. Como você lidou com isso?

Dokken: "Fiquei com raiva quando o DOKKEN se desfez. É a história da minha vida e fui fazer terapia. Eu dizia: 'Minha vida está f***da agora'. O Nirvana surgiu e pensei 'Bem, foi uma boa trajetória. 10 anos. Acabou'. Descansei por três anos, coloquei minha cabeça no lugar e disse: 'Bom, vou seguir em frente, vou continuar lutando e gravando álbuns. É o que faço. Não vou viver com raiva, pois isso te deixa velho, pálido, cansado e amargo. Nada bom resulta disso".

KNAC.COM: Como é o público típico na sua turnê atual com o POISON?

Dokken: "Estou rindo, porque notei que há muitas pessoas no show que parecem não conhecer as músicas do POISON. Eles não são super fãs do gênero. Muitos deles vêm porque querem ver o [vocalista do POISON] Bret Michaels do Reality Show 'Rock of Love'. Todas essas mães gostosas, quarentonas, gritando 'Bret Michaels, Bret Michaels!' E usando um chapéu de cowboy. Você não consegue ver se elas estão se divertindo, gostando do show e do DOKKEN. Tem havido um público muito estranho e interessante de mulheres. Estou acostumado a subir ao palco e ouvir o rugido, e agora subo e escuto esse grito agudo. É impressionante. É como estar em turnê com David Cassidy. Deus abençoe o Bret, estou contente que ele tenha encontrado todo esse sucesso. Realmente estou feliz por ele, mas você tem que rir neste ponto de nossa carreira e dizer 'Garotas, vocês não entendem, não é?' Elas só querem ver o David Cassidy lá em cima. Bret se reinventou como estrela de Reality Show e está compensando para ele e para o POISON. É uma curiosidade... não sei o que é. Esse programa fez uma geração de pessoas que nunca tinham ouvido falar do POISON prestarem atenção na banda".

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 11 de dezembro de 2015

334 acessosRichie Kotzen por Márcio Guerra Canto: viagem leve e engraçada0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Poison"

EsquisiticesEsquisitices
Algumas exigências bizarras de astros para shows

Guitar WorldGuitar World
Os 100 piores solos de guitarra da história

Rock In Rio 1991Rock In Rio 1991
10 curiosidades sobre a 2ª edição do evento

0 acessosTodas as matérias da seção Entrevistas0 acessosTodas as matérias sobre "Dokken"0 acessosTodas as matérias sobre "Poison"

Nikki SixxNikki Sixx
Baixista diz ter transado com mulher de Bruce Dickinson

MetallicaMetallica
Ulrich comenta os motivos da saída de Jason Newsted

Dave MustaineDave Mustaine
Maroon 5 o deixou boquiaberto

5000 acessosNikki Sixx: "transei com a mulher do Bruce Dickinson"5000 acessosMetallica: os motivos da saída de Jason Newsted5000 acessosDave Mustaine: Maroon 5 o deixou boquiaberto5000 acessosRaul Seixas - Perguntas e Respostas5000 acessosMarcel Castro: De ingressos e tour-books a guitarras autografadas5000 acessosRegis Tadeu: "Roots" do Sepultura e o mimimi dos metaleiro troo

Sobre Ligia Fonseca

Tradutora, formada em Jornalismo pela PUC-SP, resolveu mudar de carreira quando percebeu que gostava mais de traduzir do que de escrever textos. Descobriu o rock aos 5 anos, ao assistir o clipe de “I Love it Loud” do Kiss.

Mais matérias de Ligia Fonseca no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online