Slash: guitarrista comenta download ilegal e autobiografia

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Raphael Salgado, Fonte: Los Angeles Times, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Recentemente o Los Angeles Times entrevistou Slash, ex-guitarrista do GUNS N’ ROSES e atualmente no VELVET REVOLVER, que falou, dentre outras coisas, sobre a questão dos downloads ilegais e sua autobiografia.

5000 acessosChester Bennington: Slash comenta a morte do vocalista5000 acessosSemelhança: vocalistas de rock com vozes quase iguais

(Nota do editor: uma versão condensada desta entrevista foi publicada no dia 30 de agosto)

Los Angeles Times: Qual a sua opinião sobre o blogueiro que postou músicas do “Chinese Democracy” e foi preso na semana passada?

Slash: "Eu concordo plenamente com a prisão dele. Eu espero que ele apodreça na cadeia. Vai afetar as vendas do disco, e isso não é justo. A Internet é o que é, e você tem que lidar com isso, mas eu acho que se alguém vai e rouba algo, é roubo. Uma vez, eu tinha uma versão inicial de todo o 'Use Your Illusion' em CD e eu o tinha embrulhado com cartolina e muita fita em volta. Saí de um hotel na América do Sul para fazer uma apresentação, voltei e vi que tinha sido rasgado. Alguém da equipe do hotel tinha feito isso. Felizmente, consegui o CD de volta e o cara foi preso. Foi uma experiência assustadora... fazer um disco é como fazer uma pintura ou qualquer outro projeto artístico pessoal. Não vejo a diferença entre aquele tipo de roubo e esse".

Los Angeles Times: Como foi a experiência de escrever seu próprio livro?

Slash: "Foi uma experiência diferente. Eu estava decidido a escrever devido ao fato de que um cara apareceu com um livro não-autorizado sobre o Slash. Então, eu decidi fazer meu próprio livro, porque fazer uma entrevista ou release de imprensa para divulgar qualquer coisa daquelas não funcionou. O cara com quem escrevi o livro [Anthony Bozza] tinha um tremendo zelo genuíno pela minha história. Não é clichê. Era uma colaboração real entre a gente. Eu escrevi capítulos inteiros do livro no meu Blackberry… e enviava para meu co-autor. Mas sabe, valeu a pena, porque finalmente depois de todos os meus pitacos, ficou bom".

Los Angeles Times: Como foi promover “Slash”? Letterman pareceu ter realmente gostado quando você foi ao “Late Show” divulgá-lo no ano passado.

Slash: "Letterman meio que me conhece já há um tempo. Quando ele assinou seu contrato com a CBS, fizeram uma apresentação aqui em L.A. e ele me pediu para aparecer por lá. Fui e gostei do cara. Ele, como muitas outras pessoas, me vê como um personagem de história em quadrinhos. Mas dei uns cigarros pra ele e desde então somos próximos. Mas ele me deu um trabalho [na minha mais recente aparição]. Eu estava muito desconfortável nos primeiros dois ou três minutos. Mas em geral, eu realmente gostei de promover o livro. Você tem a chance de chegar perto dos fãs. Digo, tinha garotada de seis anos até gente com seus sessenta [na sessão de autógrafos]. A galera dos livros é diferente da galera dos discos, mas de qualquer forma foi uma boa experiência".

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Chester BenningtonChester Bennington
Slash comenta a morte do vocalista

1711 acessosGuns N' Roses: os 30 anos de Appetite na capa da nova Kerrang!2623 acessosWagner Nascimento: Tocar como o Slash?? Muito fácil!!0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Guns N' Roses"

Guns N RosesGuns N' Roses
Como eles eram... e como estão hoje

TatuagemTatuagem
O que é pior nesta homenagem ao Guns N' Roses?

SlashSlash
Falando sobre Adele, Guns N' Roses, filhos e mais

0 acessosTodas as matérias da seção Entrevistas0 acessosTodas as matérias sobre "Pirataria"0 acessosTodas as matérias sobre "Velvet Revolver"0 acessosTodas as matérias sobre "Guns N' Roses"

SemelhançaSemelhança
Alguns vocalistas de rock com vozes quase iguais

Regis TadeuRegis Tadeu
"Lemmy era tão poderoso que seu corpo não teve coragem de contrariá-lo"

EntrevistasEntrevistas
Coices e tretas entre entrevistador e artista

5000 acessosBon Jovi: Larissa Riquelme dançando com os seios de fora5000 acessosLuxúria: uma lista de alguns dos clipes mais sexys da história5000 acessosMulheres: as bandas mais famosas em suas versões femininas5000 acessosAntônio Carlos Monteiro: A coleção do "ACM" da Rock Brigade5000 acessosMetal nacional: quinze álbuns clássicos de bandas brasileiras5000 acessosGN'R Lies: Com bela capa, revista repassa a insanidade de 1989

Sobre Raphael Salgado

Músico frustrado, pintor frustado, escritor frustrado, roqueiro alucinado... e pra combinar bem, gerente de marketing de uma marca francesa de maquiagem (?). Vai entender esse mundo estranho!

Mais matérias de Raphael Salgado no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online