Anthrax: Scott Ian e Dan Nelson comentam novo disco

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Felipe Ferraz, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Liz Ciavarella, da revista Metal Maniacs, recentemente falou com Scott Ian e Dan Nelson, respectivamente guitarrista e vocalista do ANTHRAX, em entrevista para a edição de junho/julho da revista, tendo como assunto, dentre outras coisas, a recente entrada de Nelson como quarto vocalista da banda.

Slayer: Frank Bello fala sobre a última tour de seus colegasPaula Fernandes: aos 19 anos ela ia em shows de Black Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Metal Maniacs: Onde se encaixam os vocais de Dan? São mais para Belladonna? Mais para Bush? Um novo estilo completamente diferente?

Scott Ian: "Eu o comparo com John Bush com esteróides porque definitivamente tem mais desse tipo de tom, mas também porque ele só tem 31 ou 32 anos. Ele ouve o lado mais extremo do Heavy Metal. Ele esteve em um monte de bandas que eram certamente mais extremas que o ANTHRAX, então pode levar a coisa muito mais longe. Não quer dizer que vocês vão ouvir um álbum do ANTHRAX com vocais de Death Metal ou Hardcore, ou nada do tipo. O cara é um cantor e é muito bom nisso. Eu só quero dizer que ele já tem essa voz realmente forte e é capaz de levá-la a um nível que nós nunca exploramos antes. Temos muitas situações no álbum em que isso funcionou muito bem".

Metal Maniacs: Já estava tudo escrito para ele ou ele entrou e escreveu alguma de suas próprias letras e melodias?

Scott Ian: "Antes de Dan, nós tínhamos idéias para talvez duas músicas, e nenhuma letra ainda. Assim que Dan se envolveu, acendeu uma luz em minha cabeça. Eu não estava escrevendo nada porque não tinha um foco de quem estaria realmente cantando essas coisas. A voz do Dan no meu cérebro abriu a porta da minha habilidade de escrever. Tem sido bem colaborativo desde então. Todos nós nos reunimos, ouvimos as músicas e trabalhamos nas linhas melódicas até todos ficarem felizes. Temos duas músicas prontas. Existe uma chamada 'Revolution Screams' que é um Thrash bem direto. Tem outra chamada 'Fight 'Em Til You Can't' que soa como o ANTHRAX de 1987 mas em 2008. É totalmente um Thrash das antigas. Nós poderíamos tocar essas músicas amanhã. Eu estou muito empolgado com elas!"

Metal Maniacs: Então, Dan, você ficou nervoso quando estava lá para o teste inicial? Essa é uma banda que você cresceu amando e de repente se viu fazendo um teste para ela.

Dan Nelson: "Eu não estou tentando parecer legal nem nada, porque normalmente eu teria ficado nervoso, mas após as experiências que passei com minha mulher ficando doente e quase morrendo (a esposa de Nelson passou por uma cirurgia de emergência alguns meses atrás), posso honestamente dizer para você que eu estava mais determinado que qualquer coisa. Até o Scott me disse, 'nunca vi um ser humano mais controlado e determinado para fazer algo que deveria fazê-lo borrar as calças'. Eu estava pronto; estava determinado. Eu disse, 'OK, vou fazer isso acontecer. Eu vou ser o vocalista dessa banda. É o momento de fazer ou morrer'".

Metal Maniacs: Eles te contrataram na hora?

Dan Nelson: "Bom, (o baterista) Charlie (Benante) tem um modo engraçado de fazer as coisas. Eles me dizem agora que sabiam que eu estaria na banda logo após a primeira música, mas eu não sabia até um mês depois, quando o resto do mundo descobriu (pela internet). Mas enquanto eu estiver na banda, realmente não me importo".

Metal Maniacs: Como você vê o seu vocal? Você se encaixa melhor para a era Neil Turbin/Joey Belladonna ou John Bush?

Dan Nelson: "Se eu tivesse que escolher entre esses três, seria definitivamente John Bush. Muitas pessoas que me ouviram (cantando no ANTHRAX) dizem que soo como um encontro entre John Bush com Phil Anselmo e Chris Cornell. Mas não sou eu dizendo isso. Eu só gosto de dizer isso porque amo cantar e se tudo der certo eu poderei ser o Dan Nelson. Obviamente, como você pode ouvir, eu tenho uma voz mais brusca e profunda. Tenho mais semelhança com o tom de John, porém posso alcançar as notas de Joey".




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Anthrax"


Slayer: Frank Bello fala sobre a última tour de seus colegasSlayer
Frank Bello fala sobre a última tour de seus colegas

Em 30/10/1985: Anthrax lançava o definitivo álbum Spreading The DiseaseAnthrax: para Benante, banda deveria ser indicada ao Rock And Roll Hall Of FameAnthrax: "Merecemos O Rock And Roll Hall Of Fame por apresentar o Rap às pessoas"Em 24/10/1995: Anthrax lançava o álbum Stomp 442Anthrax: veja apresentação da banda no MegacruiseRodz Online: Especial Rock in Rio 2019 - AnthraxEm 13/10/1960: nascia o vocalista Joey Belladonna

Anthrax: após realizar sonho no Rock in Rio, banda recria foto do AC/DC em 1985Anthrax
Após realizar sonho no Rock in Rio, banda recria foto do AC/DC em 1985

Anthrax: no Rock in Rio, show enérgico com clássicos e trecho de Pantera; vídeosAnthrax
No Rock in Rio, show enérgico com clássicos e trecho de Pantera; vídeos

Anthrax: veja Scott Ian sendo morto em The Walking DeadAnthrax
Veja Scott Ian sendo morto em "The Walking Dead"

Exodus: Não há Big 4, há o Big 1 e os outros três, diz ZetroExodus
"Não há Big 4, há o Big 1 e os outros três", diz Zetro


Paula Fernandes: aos 19 anos ela ia em shows de Black MetalPaula Fernandes
Aos 19 anos ela ia em shows de Black Metal

Legião Urbana: a versão de Renato Rocha sobre a sua saídaLegião Urbana
A versão de Renato Rocha sobre a sua saída


Sobre Felipe Ferraz

Estudante de computação conformado com o futuro dos dedos em um teclado e longe dos fretes de uma guitarra, pois após muito tentar teve que admitir que, com sua sofrível técnica, nem se quisesse tocar no Calypso teria chance. Amante de Rock e Heavy Metal desde ouvir os primeiro acordes de "Iron Man" do Black Sabbath, não se prende a rótulos musicais, ouvindo tudo que lhe agrada. No geral sons pesados, melódicos e com muita guitarra, apesar de detestar exibições de virtuosismo desnecessárias nas músicas. Acompanha o Whiplash! desde os tempos de internet discada, tomando a feliz iniciativa de contribuir após desistir de virar notícia no site e encontrar o link de colaboração.

Mais matérias de Felipe Ferraz no Whiplash.Net.

adGoo336