Sepultura: Jean comenta gravação de novo álbum

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Monica Fontes e Cairo Rocha Duarte, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

O MySpace do SEPULTURA foi atualizado com uma nova entrevista do baterista Jean Dolabella respondendo a perguntas feitas pelos fãs. Segue um trecho da entrevista:

Sepultura: por que a nova música "Isolation" não está disponível no BrasilMax Cavalera: "Deveríamos ter demitido aqueles dois e mantido o nome"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Você prefere tocar o antigo Sepultura ou o material mais novo (como "Dante XXI", "Roorback", "Nation", "Against", "Roots")?

Jean: "Eu gosto de tocar tudo! É difícil falar o que mais gosto desses 25 anos de história. É muito legal tocar músicas como "Dante XXI", mas também é incrível poder tocar o que escrevemos juntos para o novo álbum."

Tendo você como o novo baterista, o som da banda vai mudar no novo álbum?

Jean: "Sim, mudou, mas a essência ainda é a mesma. Igor (Cavalera, ex-baterista) e eu temos experiências totalmente diferentes. Mesmo tocando com peso e com agressividade, é totalmente diferente. Não tem como você tocar igual a uma outra pessoa e essa nunca vai ser a minha intenção".

Você compôs alguma música ou letra do novo álbum?

Jean: "Escrevemos todas as músicas juntos, tocando e buscando as melhores sequências. Desde o primeiro dia, gravamos tudo o que tocamos e podíamos voltar atrás quando quiséssemos. Funcionou super bem e todo o processo foi tranqüilo. Todas as letras foram escritas por Andreas (Kisser, guitarrista) e Derrick (Green, vocalista)."

Tem alguma música do SEPULTURA que vc gostaria de tocar ao vivo, mas que não esteja no set list?

Jean: "Já que nós temos que fazer um setlist que tenha um pouco de todos os álbuns, às vezes, algumas músicas não ficam legais ao vivo ou dentro daquele set específico. Mas sim, seria muito legal tocar 'We Who Are Not As Others', 'Cut Throat', 'Corrupted', 'Nomad' e algumas outras"

Você leu o livro "A Clockwork Orange" para se inspirar também?

Jean: "Sim! E adorei! Quando eu vi o filme há muito tempo atrás, não liguei muito, mas agora que li o livro e revi o filme, eu amei! É uma experiência única fazer um disco baseado em um livro ou filme. Te dá muita inspiração e novas idéias, e ao mesmo tempo, te mantém focado no tema, o que é ótimo porque o álbum inteiro ficou muito sólido".

Leia a entrevista completa (em inglês) neste link.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Sepultura"Todas as matérias sobre "Jean Dolabella"


Sepultura: por que a nova música Isolation não está disponível no BrasilSepultura
Por que a nova música "Isolation" não está disponível no Brasil

João Gordo: com saudades de Max, ele resgata outra foto com SepulturaJoão Gordo
Com saudades de Max, ele resgata outra foto com Sepultura

Max Cavalera: em vídeo, uma cabulosa história que você não conheceMax Cavalera
Em vídeo, uma cabulosa história que você não conhece

Thrash Metal: em vídeo, o top 5 das bandas mais rápidas do Brasil

João Gordo: com saudades do velho amigo Max CavaleraJoão Gordo
Com saudades do velho amigo Max Cavalera

Sepultura: nova música Isolation critica sistema carcerário americanoSepultura
Nova música "Isolation" critica sistema carcerário americano

Sepultura: álbum Quadra é dividido em 4 partes, como um vinil duploSepultura
álbum "Quadra" é dividido em 4 partes, como um vinil duplo

Sepultura: Max Cavalera quer tocar Chaos A.D. na íntegra em turnêSepultura
Max Cavalera quer tocar Chaos A.D. na íntegra em turnê

Curiosidade: 5 músicos mais novos que as bandas em que tocamCuriosidade
5 músicos mais novos que as bandas em que tocam

Sepultura: banda divulga clipe de Isolation gravado no Rock in RioSepultura
Banda divulga clipe de "Isolation" gravado no Rock in Rio

Max Cavalera sobre o Sepultura: O vocalista deles não estava lá no começo, né?Max Cavalera sobre o Sepultura
"O vocalista deles não estava lá no começo, né?"

Andreas Kisser: cinco álbuns para conhecer o Heavy MetalAndreas Kisser
Cinco álbuns para conhecer o Heavy Metal


Max Cavalera: Deveríamos ter demitido aqueles dois e mantido o nomeMax Cavalera
"Deveríamos ter demitido aqueles dois e mantido o nome"

Preconceito: dificuldades de ser roqueiro em cidade do interiorPreconceito
Dificuldades de ser roqueiro em cidade do interior


Sobre Monica Fontes

Mônica Fontes - Carioca, nascida em 1968, vive no Rio de Janeiro e é tradutora de inglês e espanhol. Apaixonada por música, leitura e cinema, começou a ouvir rock aos 13 anos, já tendo presenciado grandes shows e eventos desse gênero. Além do rock, também se interessa por outros estilos, como o Pop e MPB. Led Zeppelin, Deep Purple, Black Sabbath, Pink Floyd, U2 e Guns N'Roses são algumas de suas bandas preferidas, sem deixar de prestigiar as excelentes bandas e artistas nacionais. Acessa o Whiplash há alguns anos e começou a colaborar por gostar de traduzir os diversos assuntos relacionados no site.

Mais matérias de Monica Fontes no Whiplash.Net.

Sobre Cairo Rocha Duarte

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

adGoo336