Mark Sweeney: vocal do Crystal Ball fala sobre primeiro álbum solo

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Edilson Bruschi
Enviar correções  |  Comentários  | 

Mark Sweeney, vocalista da banda suíça Crystal Ball, nos concedeu esta entrevista onde falou sobre seu primeiro álbum solo “Slow Food” lançado em 2007.

5000 acessosEdu Falaschi: fax com convite de seleção para o Iron Maiden5000 acessosOs roqueiros mais chatos das redes sociais


WHIPLASH: Mark, tenho a impressão de que todos os vocalistas de bandas um dia sonham em gravar um disco solo, isso aconteceu com você?

MARK SWEENEY: Bom, poderiamos dizer que sim, você está certo (rs). A razão principal foi mostrar (também para mim), que eu posso cantar e não só ‘gritar’ (rs) como eu faço no Crystal Ball. Então foi um grande desafio para eu cantar como canto neste registro. Posso dizer sempre, que este é meu melhor trabalho como vocalista.

WHIPLASH: Quando foi que você inicou o trabalho de "Slow Food"? Como foi o processo de composição e gravação dele?

MARK SWEENEY: Bem eu já tive algumas idéias quando eu fui para a Alemanha com Michael Bormann (vocalista da banda hard Jaded Heart) e nós escrevemos todas as canções juntos, como um time. Nós finalizamos este trabalho depois de aproximadamente duas ou três semanas.

WHIPLASH: Como você disse, Michael Bormann também participa com letras e produção deste álbum. Diga como surgiu essa parceria, e qual a importância que ele teve para o resultado final?

MARK SWEENEY: Eu conheço o Michael durante anos. Nós sempre estamos em contato e de alguma forma sempre soube que apenas ele poderia me ajudar a realizar meu álbum solo. Ele é um gênio e me deu grande força para fazer este experiência! Sem ele eu nunca iria alcançar este resultado fantástico e eu agradeço o infinitamente a ajuda e apoio dele.

WHIPLASH: As resenhas que tenho lido dizem que seu álbum tem algumas influências de Bryan Adams, Bon Jovi e Def Leppard. Como você descreve "Slow Food" e realmente quais são suas influências?

MARK SWEENEY: Bom, acho interessante quando as pessoas fazem esta comparação. Eu quero dizer, eu cresci com todas essas bandas e artistas, então eventualmente poderiamos dizer sim, que tudo o que escrevo e faço, vem da influência que tenho guardado em meu coração que é influenciado por eles. Acho que isto não é nenhuma desgraça. (rs)

WHIPLASH: "Slow Food" possui lindas baladas, entre elas "Night Be Love", "The Reason", "Together Forever", "Is It This" e também ótimos rocks como "Heaven", "Superman", "Must Be Paradise" e "Now Or Never". Quais são suas músicas favoritas neste seu primeiro álbum?

MARK SWEENEY: É engraçado, mas eu realmente gosto de todas as canções mencionadas acima...

WHIPLASH: Quem são e como você escolheu os músicos que tocaram no álbum?

MARK SWEENEY: Michael conhece alguns ótimos músicos e os chamou para este projeto. Eu tive também alguns anseios, por exemplo, Michael Voss e Andy Portmann para este cd, então nós lhe mostramos o caminho e realizaram um trabalho fantástico! Obrigado novamente pelos seus “pupilos” Michael!

WHIPLASH: De onde veio a inspiração para o título e a arte da capa?


MARK SWEENEY: Bem, em comparação com Crystal Ball é definitivamente um material mais lento, Por isso eu coloquei o nome de "Slow Food". A capa com a lagosta, na minha opinião dá ao CD um toque muito cativante.

WHIPLASH: Sua banda, o Crystal Ball recém lançou seu sexto álbum chamado "Secrets". Como você está conciliando o lançamento e divulgação de seu álbum solo com o do Crystal Ball? Qual é sua prioridade?

MARK SWEENEY: Sem dúvida que minha banda e meu grande interesse é o Crystal Ball. Mesmo meu projeto solo estar caminhando, meu coração bate pelo Crystal Ball! Dêem um olhada no site oficial: www.crystal-ball.ch.

WHIPLASH: Mark, o Crystal Ball já adotou um estilo próprio de misturar Power Metal com Hard Rock e muitas pessoas dizem que a banda confunde um pouco os fãs com essa mescla. O que você tem a dizer sobre isso?

MARK SWEENEY: Sim... você está certo. Poderemos dizer que nós estamos sim entre o Metal e Hard Rock. Nós gostamos de diversificar, mas eventualmente alguns ouvintes se confundem sobre essa mistura de estilos... Talvez nós deveríamos perceber que se fizéssemos um CD de Metal ou Hard Rock, talvez teríamos mais sucesso. Por outro lado, nós temos uma grande quantidade de fãs, e eles realmente gostam desta mistura de som que nós criamos.


WHIPLASH: Nos dias de hoje é inevitável falar da cena de rock suíça e não citar bandas como Krokus e Gotthard. Mas temos o Crystal Ball e Shakra que sempre estão lançando ótimos álbuns. O que você tem a dizer sobre a atual cena rock da suíça e quais são suas expectativas para o futuro?

MARK SWEENEY: Eu não sei. Aqui na Suíça você tem que “rachar a cara” para ter muito êxito. Eu não me preocupo. Nós nos divertimos com que o que nós estamos fazendo e é isto. Todas as outras bandas que você listou, são muito boas e muito prósperas. Há uma cena pequena, mas boa aqui na Suíça e isso é muito bom!

WHIPLASH: O que você tem ouvido ultimamente? Quais são suas bandas favoritas?

MARK SWEENEY: No momento eu estou muito ocupado e eu não tenho tido tempo para escutar novos lançamentos. Mas eu posso dizer que o Pink Cream 69 está em meu cd player agora... “in10sinity” é um dos melhores registros do “Pinkies”! Eu gosto muito disto! Também sou grande fã de caras como Michael Sweet (Stryper) e Michael Matijevic (Steelheart).

WHIPLASH: Você já teve algum contato ou proposta para vir ao Brasil? O que você conhece sobre nosso país?

MARK SWEENEY: Em primeiro lugar, que vocês tem um fantástico time de futebol! Eu gosto de futebol e eu fico muito impressionado com a quantidade de jogadores bons vocês tem aí! Por outro lado eu nunca estive em seu país. Claro que nós sabemos, que todas as pessoas do Brazil gostam de fazer festa (como o carnaval) e que vocês tem mulheres muito agradáveis! Eu realmente deveria um dia visitar o Brasil!!!!!!

WHIPLASH: Mark agradecemos por sua atenção e simpatia em responder a essa entrevista, e gostaríamos que deixasse um recado para seus fãs aqui no Brasil.

MARK SWEENEY: Como disse, ainda desejo ir para seu país um dia sim, - nós iremos fazer uma grande festa e iremos celebrar com todas as boas pessoas que estão aí!!! Obrigado pelo apoio, vocês estão em meu coração.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Crystal Ball"

0 acessosTodas as matérias da seção Entrevistas0 acessosTodas as matérias sobre "Crystal Ball"

Edu FalaschiEdu Falaschi
O fax com convite de seleção para o Iron Maiden

HumorHumor
Os roqueiros mais chatos das redes sociais

SlipknotSlipknot
Mick Thomson esfaqueado em briga com irmão

5000 acessosBlack Sabbath: Banda deu pesadelos a Robert Trujillo5000 acessosMetallica: joguem este processo no lixo, dizem para banda cover5000 acessosSlipknot: banda trolla repórter da Multishow antes de show no RIR5000 acessosBeavis e Butthead: como eles seriam se fossem reais?5000 acessosAmon Amarth: "é impossível viver de música hoje em dia"5000 acessosLobão: pedindo humilde perdão de Gil, Caetano e Chico Buarque

Sobre Edilson Bruschi

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online