Mustaine: "Eu seria um presidente muito legal!"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Vitor Rangel, Fonte: Blabbermouth
Enviar correções  |  Comentários  | 

O Sydney Morning Herald entrevistou em outubro de 2006 o líder do MEGADETH, Dave Mustaine. Alguns trechos da entrevista seguem abaixo.

3266 acessosMegadeth: cinco vezes onde a banda foi melhor que o Metallica5000 acessosAs tatuagens de Rob Halford

Sobre o que ele iria fazer se fosse o presidente dos Estados Unidos:

“Eu seria um presidente muito legal, eu garanto. Nós teríamos uma festa por alguns dias e o sentimento pró-americano iria crescer no mundo.”

“Eu diria, ‘Nós estamos tirando os nossos soldados da Alemanha, Coréia, Filipinas e do Oriente Médio. Cada um vai lutar as suas próprias batalhas. E além disso, se você está atualmente nos Estados Unidos ilegalmente, você tem 90 dias para sair. Saia daqui.’ Os professores iriam receber muito mais dinheiro, assim como os policiais. Os políticos não iam ganhar porra nenhuma.”

Sobre a Gigantour:

“O festival se resume ao espírito do heavy metal.”

“Todas as pessoas por trás do festival possuem o espírito do heavy metal. Nós temos pessoas aqui que amam o que estão fazendo e possuem um objetivo em comum. Ver a música heavy metal sendo tocada em volume alto e se tornando popular novamente. A única maneira de fazer isso é mostrar ao público o que está faltando para eles.”

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

MegadethMegadeth
Cinco vezes onde a banda foi melhor que o Metallica

3030 acessosHeavy Metal: os 10 melhores riffs dos anos noventa501 acessosMarty Friedman: ouça "Miracle", single do novo álbum solo3499 acessosMetallica: e se James Hetfield cantasse no Megadeth?0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Megadeth"

MegadethMegadeth
A bizarra contratação de Marty Friedman

MetalMetal
Os dez melhores guitarristas da atualidade

20162016
Os 10 melhores discos de rock/metal do ano, por Igor Miranda

0 acessosTodas as matérias da seção Entrevistas0 acessosTodas as matérias sobre "Megadeth"

HalfordHalford
O que há escondido sob a roupa de couro?

Separados no nascimentoSeparados no nascimento
Ritchie Blackmore e Mr. Bean

Separados no nascimentoSeparados no nascimento
Joe Satriani e Lord Voldemort

5000 acessosMetal Extremo: algumas bandas que você precisa ouvir5000 acessosSimone Simons: "Rammstein me faz querer mexer a bunda"5000 acessosA História Impopular dos Rolling Stones - Livro 2 - Mick Taylor4660 acessosStone Sour: Corey Taylor acha que o Grammy é ridículo5000 acessosKorn: Jonathan Davis ficou chocado com comentários de Obama5000 acessosCasamento homoafetivo: rockstars postam mensagens sobre decisão

Sobre Vitor Rangel

Um carioca apaixonado pela boa música que no momento está cursando o 5º período de Publicidade na PUC-Rio. Teve seu primeiro contato com o rock ainda na infância, quando sua irmã colocava os discos de Iron Maiden e Pantera no toca-fitas de sua casa. Nos últimos anos, tem se dedicado inteiramente à música e à guitarra. Sua banda favorita é Metallica e também é fã incondicional de Zakk Wylde, Steve Vai e John Petrucci. Escuta de tudo um pouco, desde Madonna até Sepultura. Espera que um dia o Metallica ainda venha fazer um show no Brasil e não tem vergonha em dizer que chorou no show do Black Sabbath, em 2004, no Ozzfest.

Mais matérias de Vitor Rangel no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online