Dark Tranquillity: Uma daquelas bandas que não pode ser rotulada

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Enviar Correções  


Tradução e Entrevista: Marcos M. Franke

publicidade

Bandas têm surgido e se inspirado no meio Death Metal, tocando algo diferente, vez por outra misturando muitos estilos, ou mantendo-se fiel ás raízes. O Dark Tranquility é aquela banda que não pode ser rotulada, já que é totalmente diferente em todos os conceitos relacionados ao Death Metal, e tem crescido muito, criando um estilo próprio que não pode ser descrito. Confira nossa entrevista com Niklas, um dos integrantes do Dark Tranquillity.

publicidade

Whiplash! - Vocês estão já há algum tempo na cena Death Metal. Como descreveriam este novo CD, "Damage Done", comparando-o com as novas bandas de Death Metal que aparecem no mercado?

Niklas / Não sei se quero compará-lo com outras bandas e outros estilos. Nós estamos fazendo o nosso som sem nos preocuparmos muito com o que os outros estão fazendo, e acredito que é problema do ouvinte se ele quer comparar "Damage Done" com outros CD´s se este desejo lhe for necessário. Estamos nos contentando em tocar nossa música e lançar nossos álbuns como normalmente fazemos.

publicidade

Whiplash! - Dark Tranquillity não mudou a maneira de tocar e o seu jeito de se expressar, mas mudaram as letras, arte do encarte e conceito no novo álbum. Como isto ocorreu?

Niklas / A razão principal é provavelmente a música que está mais pesada e crua, como também mais intensa quando comparada aos outros dois CD´s, e é bem importante para nós que isto reflita nas letras e na capa. A mesma coisa também ocorre no título aonde vamos mais direto ao assunto que interessa.

publicidade

Whiplash! - As músicas em "Damage Done" parecem mais pesadas do que nunca. Quem ou o quê lhe deu a inspiração para que o som ficasse desta maneira? O que vocês tem ouvido recentemente?

Niklas / Estamos ouvindo todo tipo de música, como sempre fizemos, então eu não penso que o que escutamos tenha algo a ver com alguma mudança no "Damage Done". É mais uma procura nossa por trazer de volta alguma intensidade presente em nossos lançamentos anteriores. "Haven" era muito "reto" e coeso, e sempre gostamos de tentar coisas diferentes a cada lançamento, então não é surpresa uma virada rumo a uma direção mais pesada.

publicidade

Whiplash! - Aonde vocês gravaram este álbum e como foi o clima durante a gravação de "Damage Done"?

Niklas / O relacionamento na banda foi ótimo como sempre. Nós o gravamos no estúdio Fredman, aqui em Gotenburgo. Na verdade é o mesmo estúdio utilizado para gravar os últimos cinco álbuns. Eles estão constantemente melhorando o equipamento e crescendo em relação ao tamanho, então tudo é bastante novo e limpo todas as vezes. Estamos satisfeitos com o som. "Damage Done" está mais pesado e mais potente que outros álbuns que já produzimos até hoje.

publicidade

Whiplash! - Muitos fãs do Dark Tranquility acreditam que vocês tocam o mais obscuro Death Metal possível, e provavelmente esperam que isto ocorra também em seu novo trabalho, "Damage Done". Como você poderia explicar esta pequena confusão gerada entre fãs com este lançamento?

Niklas / Na minha opinião nunca tocamos o mais obscuro Death Metal possível... Death metal para mim é como Krisiun, Morbid Angel, Nile, Vader e assim por diante, e estas estão longe conceitualmente e musicalmente, na minha opinião, em relação à gente. Eu espero que nossos ouvintes achem o "feeling" que estão procurando (o qual é diferente de pessoa para pessoa) no novo álbum também. Acredito que é trabalho para os outros tentar definir exatamente o que seja isto.

publicidade

Whiplash! - Nestes anos muita coisa mudou com o surgimento das bandas de nu-metal. Poderia-se dizer que o Dark Tranquillity se encaixaria nesta denominação? O que você acha do trabalho destas bandas?

Niklas / Sendo bem sincero, não ouvi praticamente nada destas bandas, então eu não tenho uma opinião muito válida neste quesito. Acredito que a discussão sobre bandas como Slipknot serem metal ou não é muito estúpida e sem contexto. Quem se importa com as definições destas bandas? As poucas músicas que ouvi de bandas como Limp Bizkit, o que é considerado nu-metal, está muito longe de meu gosto e eu a acho muito ruim, mas tenho certeza que exista qualidade entre estas bandas, como em todo gênero. De novo, eu não me importo em especular aonde nos encaixaríamos comparados com estas bandas, já que a nossa prioridade é a música em si.

Whiplash! - Vocês fizeram um vídeo de uma de suas músicas do novo álbum. Como isto tudo aconteceu e porque este método para atingir novas audiências?

Niklas / Não acho que seja uma maneira nova de alcaçar novos ouvintes, já que o mercado de vídeos no metal é muito pequeno. Nós fizemos vídeos para três músicas em nossa carreira e não acredito que tenhamos conseguido novos ouvintes por causa deles. É mais para que os fãs mais devotados tentem ver e ouvir nossos vídeos, e é um bônus legal de se colocar em um álbum.

Whiplash! - Quais foram as inspirações desta vez, totalmente diferentes daqueles de "Projector"? Política? Sonhos? Morte?

Niklas / Acredito que pessoas que ouvem Dark Tranquillity estão acostumadas em ouvir algo diferente toda a vez que lançamos um CD. "Projector" foi um álbum bem estranho, e um experimento importante para nós, mas com certeza não iremos fazer outro álbum nesta mesma direção.

Whiplash! - Quando ouvi pela primeira vez "Damage Done", fiquei surpreso como os instrumentos e os vocais foram definidos desta vez. Vocês colocaram mais ênfase nesta direção?

Niklas / É mais um caso de ficar mais experiente, trabalhando em estudio, como também ter crescido melhor nos arranjos e estruturação de nossas músicas. Tentamos o mais forte possível conseguir a profundidade no som e ter o bom senso de dinâmica na produção. O equipamento no estúdio melhorou também, inclusive o tempo de gravação. Ficamos muito tempo gravando.

Whiplash! - Quem teve a idéia para a criação da parte artística da capa do CD "Damage Done"?

Niklas / Foi uma idéia minha na verdade. Fiquei muito feliz com o resultado.

Whiplash! - Neste álbum poderíamos dizer que o Dark Tranquillity continua utilizando o velho e obscuro velho estilo de tocar em seus álbums?

Niklas / Absolutamente!

Whiplash! - Como a experiência de vocês aparece em seu novo álbum?

Niklas / Não sei o que dizer aqui exatamente, mas acredito que é muito óbvio que ouvindo o nosso som percebe-se claramente que criamos uma experiência durante estes anos fazendo música e tocando nossos instrumentos.

Whiplash! - Como é um show do Dark Tranquillity? Como vocês se expressam ao vivo?

Niklas / Somos muito como outra banda qualquer quando se trata de performances ao vivo. Não existem extras em nossos shows. Só a gente e nossos instrumentos. Nossos shows são normalmente intensos e suados. Damos sempre o melhor de nós para fazer uma boa performance.

Whiplash! - Quando você pensa no futuro aonde você espera que o Drak Tranquillity esteja?

Niklas / Não sei. Raramente penso no futuro da banda. Estamos tocando o nosso som e continuaremos a lançar nossos álbums de vez em quando, mas como disse antes nesta entrevista, não existe um plano traçado na agenda, ou para dominar o mundo.

Whiplash! - Existem planos para uma apresentação de vocês na América do Sul ou aqui no Brasil?

Niklas / Estamos analisando muitas possibilidades no momento para a nossa turnê, mas nada está 100% planejado ainda. Com prazer tocaremos em qualquer lugar desde que os dias e as condições estejam nos conformes, e espero que possamos tocar na América do Sul de novo, num futuro mais próximo.

Whiplash! - Como você descreveria a cena do Death Metal no Mundo estes dias?

Niklas / Não tenho acompanhado a cena faz um bom tempo, e não sou a pessoa apropriada para comentar sobre isto. No momento as coisas estão saudáveis com boas bandas lançando bons CD´s. Óbviamente as coisas parecem não ser como eram, vamos dizer, uns 10 anos atrás, mas há tempo e lugar para tudo.

Whiplash! - Existe alguma banda que conheça e goste na cena musical brasileira?

Niklas / Krisiun é uma boa banda e Rebaelliun também. Sepultura costumava ser uma banda maravilhosa também, mas não ouvi seus últimos trabalhos.

Whiplash! - Existe alguma mensagem que queira deixar para os fãs brasileiros?

Niklas / Bom, obrigado pelo seu apoio!

publicidade


WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin