Dishwalla: Entrevista exclusiva com o baterista Pete Maloney

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Enviar correções  |  Ver Acessos


No último dia 28 de abril, o Dishwalla esteve no Great America Music Hall em San Francisco, California apresentando a turnê de seu mais recente álbum, "Opaline" (veja a review do álbum na seção "review de lançamentos"). O Whiplash esteve por lá e pôde conferir a performance da banda, que trouxe uma mistura de hits ("Counting Blue Cars", "Give" e "Charlie Brown's Parents") e novas canções ("Somewhere in the Middle", "When Morning Comes" e "Mad Life"). Após o show, Pete Maloney, o novo baterista da banda, rapidamente "deu uma palavrinha" ao site. Entre outras coisas, ele conta como foi descoberto pela banda, quanta influência ele teve na sonoridade do Dishwalla e vice-versa. Confira:

Rock Brasileiro: uma lista das 10 maiores bandasMetal Sucks: os melhores álbuns de metal do século 21

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Por Bruno Romani

Whiplash! - Como o pessoal do Dishwalla te descobriu?

Pete Maloney / Eu conheci o Dishwalla abrindo para eles, quando tocava com Josh Clayton-Felt, fundador do "School of Fish".

Whiplash! - Como os fãs estão te recebendo?

Pete Maloney / Até o momento estão me recebendo muito bem.

Whiplash! - Como foi o processo de composição e de gravação do seu último álbum "Opaline"?

Pete Maloney / Nós o compusemos em alguns lugares diferentes, mas a maioria foi feito num estúdio em Los Angeles.

Whiplash! - Quanta influência você teve sobre a sonoridade do Dishwalla?

Pete Maloney / Eu acho que trouxe um pouco mais de consistência e peso ao som da banda.

Whiplash! - E quanta influência o Dishwalla teve sobre sua maneira de tocar?

Pete Maloney / Eles me encorajam para ser eu mesmo, não tive que me ajustar a sonoridade deles.

Whiplash! - No show, você faz um solo durante a música "Moisture". Quem teve essa idéia? Você ou os caras da banda?

Pete Maloney / Aquilo surgiu através da combinação entre tédio e a vontade de tentar tocar algo novo. Quando você toca a mesma coisa noite após noite, é necessário manter o som sempre renovado

Whiplash! - Como está indo a turnê?

Pete Maloney / Ótima. Estamos espalhando o evangelho do Dishwalla.

Whiplash! - Algum plano para o Brasil?

Pete Maloney / Eu espero que sim... Adoraríamos tocar no Brasil

Whiplash! - Deixe uma mensagem final para os fãs brasileiros...

Pete Maloney / www.dishwalla.com é o nosso site para todas as coisas "Dishwalla", e nós esperamos ver brevemente todos vocês no Brasil...Muito obrigado pelo carinho

Pete Maloney, Dishwalla.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Dishwalla"


Rock Brasileiro: uma lista das 10 maiores bandasRock Brasileiro
Uma lista das 10 maiores bandas

Metal Sucks: os melhores álbuns de metal do século 21Metal Sucks
Os melhores álbuns de metal do século 21


adClio336|adClio336