Kenziner - Entrevista com o guitarrista Jarno Keskinen.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Enviar Correções  

Ainda colhendo os frutos de seu primeiro álbum, Timescape, o guitarrista Jarno Keskinen da Banda Kenziner anda sonhando ainda mais alto. Certo de que seus sonhos se tornam uma realidade fantástica, ataca com seu heavy metal recheado de influências clássicas e vocais agressivos. Além de grande guitarrista Jarno também toca teclados e baixo no álbum. Atualmente a banda é formada pelo próprio guitarrista, Dennis Lesh (bateria) e Stephen Frederick (vocal) mas esta formação já andou sofrendo algumas alterações e adições. Nesta entrevista Jarno Keskinen nos falou sobre ser guitar-heroe, heavy metal, música clássica, próximo lançamento.

publicidade

Entrevista concedida à André Toral.

Tradução: Fábio Trovão.

Whiplash! / Em Timescape o Kenziner provou não ser uma banda repetitiva. Foi difícil conseguir isso?

Jarno / Na verdade não. Eu apenas fiz a música que estava na minha cabeça, e este é o resultado, "Timescape". É um álbum muito pesado com variações, diferentes tipos de músicas. Exemplo: Dramer é mais Hard Rock com um approach mais pesado, e tem Seasons, mais de 7 minutos de música com sequencias clássicas, e de Future Signs a Land Of Shadow. Há algo para todo mundo, isto é o que eu gosto de ter, variações entre as músicas. Mas eu tenho que contar que no próximo álbum há mais músicas rápidas, mas a faixa-título também terá mais de 10 minutos, influenciada pelos estilos progressivos e clássicos. Bem, de volta ao Timescape eu acho Seasons uma das minhas favoritas no álbum.

publicidade

Whiplash! / No álbum você toca guitarra, baixo e teclados de uma maneira soberba e exata. Tem planos de continuar fazendo isso?

Jarno / No próximo álbum haverá um baixista dos EUA e um tecladista da Finlândia, logo será uma banda de 5 membros. Eu tenho ouvido que algumas pessoas acham que Kenziner é apenas um projeto, mas o próximo álbum sairá em 1999 e nós somos uma banda completa. Talvez se eu fizer um álbum solo num futuro próximo, quem sabe, talvez eu toque bateria também.

publicidade

Whiplash! / O Kenziner fez uma junção de heavy metal com música clássica. Porquê você acha que muitas bandas atuais apostam neste estilo?

Jarno / Simplesmente porque eu acho que as pessoas querem ouvir esse tipo de música de novo e isto parece estar aumentando a popularidade de novo. Eu sempre toquei música com influência clássica antes de Timescape, mesmo quando a música da guitarra neoclássica não era tão popular no início da década.

publicidade

Whiplash! / Nos EUA o heavy metal ainda é fraco. Foi fácil conseguir dois integrantes americanos pata tocar metal?

Jarno / Eu acho que músicos que acreditam na música que eles gostam, a tocam. Não importa o que está na moda do momento musical. Eu achei Stephen e Dennis por contatos da Leviathan Records.

Whiplash! / Muitas bandas atuais estão usando vocalistas com timbres agudos. Stephen Frederick canta com uma voz rouca e agressiva. É realmente isso que você procurava?

publicidade

Jarno / Exatamente isso. Ele tem uma voz que vem de sua experiência, as músicas do Timescape são algumas vezes bem pesadas. Ele é um grande vocalista, em 1985 ele cantou na banda chamada Billy The Kid da MCA Records e eu estou muito feliz de ter a chance de trabalhar com ele.

Whiplash! / O que te levou a contactar David T. Chastain para ser produtor do álbum?

publicidade

Jarno / Porque eu recebi uma resposta da Leviathan em 1994. Ele gostou do meu material e eu mantive contato com ele, desde então e finalmente em 1997 eu assinei contrato para gravação.

Whiplash! / Como foi trabalhar com ele?

Jarno / Foi uma experiência legal.

Whiplash! / O que o Kenziner tem conseguido após o lançamento de Timescape?

Jarno / Críticas muito boas e resposta da imprensa e dos fãs.

publicidade

Whiplash! / Você vive na Finlândia, Stephen Frederick e Dennis Lesh vivem nos EUA. Como você administra esta distância para shows e ensaios?

Jarno / Se a gente tem uma turnê por exemplo nos EUA eu vou pra lá com o tecladista e começamos a ensaiar.

Whiplash! / Como você é tocando guitarra? Se importa como os mínimos detalhes ou toca de forma mais espontânea?

Jarno / O modo que eu me vejo tocando guitarra é sempre muito espontâneo.

Whiplash! / Você se importa em ser chamado de guitar-heroe pela mídia?

Jarno / O modo que eu me vejo é apenas como um guitarrista e compositor e eu tento fazer o meu melhor, claro que eu não me importo se alguém quer me chamar de guitar-hero. Isso é um reconhecimento.

Whiplash! / Quais e que tipos de guitarristas você mais gosta?

Jarno / Todo o tipo de guitarrista que soa bem é interessante.

Whiplash! / Aqui no Brasil foi lançada uma coletânea com bandas de heavy metal e muita gente comprou. O Kenziner participou com a música Into the Light e muitas pessoas se interessaram pela banda. Você tem algo a dizer para seus fãns brasileiros?

Jarno / Do fundo do meu coração eu quero agradecer a todos vocês. O próximo álbum será ainda melhor. Tudo de bom para vocês! De Jarno Keskinen do KENZINER, da Finlândia.

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Metallica: Lars é um bom baterista? Mike Portnoy explicaMetallica
Lars é um bom baterista? Mike Portnoy explica

Cinema: As 10 melhores aparições de bandas em filmesCinema
As 10 melhores aparições de bandas em filmes


WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin