Matérias Mais Lidas

imagemJames Hetfield e esposa Francesca se divorciam após 25 anos de união

imagemNando Reis e a linda música que Samuel Rosa dispensou por ter recebido na hora errada

imagemAs seis músicas do Metallica que Dave Mustaine ajudou a escrever

imagemAs faixas do "Black Album" que James Hetfield e Lars Ulrich não curtem

imagemO comovente relato de Kiko sobre como foi gravar em meio ao câncer de Mustaine

imagemJanis Joplin: última gravação dela em vida foi feita para um Beatle

imagemAnitta é a maior roqueira que existe hoje no Brasil, diz integrante do Titãs

imagemAC/DC: Rick Rubin recorda a problemática produção de "Ballbreaker"

imagemJoão Gordo relembra proposta de fazer propaganda de calmante com Dado Dolabella

imagemAs 10 melhores versões metal de músicas pop dos anos 1980, em lista da Metal Hammer

imagemRaul Seixas: o clássico que presta homenagem ao brega e foi feito com Paulo Coelho

imagemOzzy comenta a brutal honestidade de Lemmy quando estava próximo da morte

imagemRock in Rio: Pitty alfineta a produção do festival ao revelar qual seria sua exigência

imagemAmy Lee escolhe a melhor música do Evanescence para apresentar a banda

imagemSérgio Moro elege banda clássica de Rock como sua favorita


Dream Theater 2022

Marilyn Manson: a polêmica versão sem censura de "(S)aint"

Por Narcissus Narcosis
Fonte: Mansonwiki
Em 01/10/14

No dia 28/09/2004, MARILYN MANSON lançou uma coletânea - "Lest We Forget" - para comemorar os 10 anos do lançamento do primeiro álbum, "Portrait of an American Family". Com ela, veio também um DVD contendo os vídeos dos seus maiores hits e uma versão sem censura do clipe para a música "(S)aint", do álbum "The Golden Age of Grotesque" (2003).

"(S)aint" é a sétima música do quinto álbum de MARILYN MANSON. Ela foi gravada em dois lugares na Califórnia entre 2002 e 2003: no estúdio do MANSON, o Doppelherz (Hollywood) e no The Mix Room (Burbank), e lançada em 5 de maio de 2003. Foi produzido um vídeo para "(S)aint", que causou controvérsia em inúmeros países, fazendo com que ele fosse banido pelo seu conteúdo altamente explícito.

O vídeo de "(S)aint" é notório pela sua natureza extremamente gráfica. Dirigido por Asia Argento, o clipe retrata MANSON como um visitante depravado de um hotel, aspirando linhas de cocaína na capa da bíblia, cortando o peito 5 vezes com uma lâmina de dois gumes, recebendo narcóticos intravenosos enquanto um rosário é usado como torniquete, participando de uma série de atividades bondage (submissão sexual) e se masturbando na frente de uma mulher, que depois descobrimos ser um homem (TIM SKOLD, o baixista da época).

O vídeo foi banido pela própria gravadora (Interscope Records) nos Estados Unidos. No Japão e na Alemanha, técnicas de indefinição foram usadas nas cenas em que o MANSON aparece executando cunilíngua em uma mulher.

Quando foi feito o upload do vídeo da música no site do MANSON, em novembro de 2005, mais 75 discos do "Lest We Forget" foram vendidos sob encomenda, muitos deles vinham com uma página da bíblia autografada pelo cantor.

Eric Szmanda (o Greg Sanders, de CSI) faz uma aparição no vídeo, onde pode ser visto lambendo o pescoço de MANSON. Szmanda é acompanhado do ex-baixista GIDGET GEIN, marcando a primeira colaboração entre este e MANSON em 11 anos. Outros participantes incluem Dita Von Teese, Asia Argento e Vanessa Hutton. O vídeo foi filmado no Argyle Hotel (agora conhecido como The Sunset Tower), que possui 2000 metros quadrados e suites de dois andares.

O próprio MANSON financiou a produção do vídeo, que ele descreve como "um olhar descomprometido para mim mesmo na minha mais absoluta decadência. Um ponto tão baixo que eu tenho que olhar para cima para enxergar a merda", e comparou a situação ao filme "Despedida em Las Vegas".

Curiosidades:

1. De acordo com o site da banda, as cenas em que o MANSON aparece fitando o espelho quebrado têm a intenção de evocar a fotografia da "personalidade fraturada", usada na capa de "The Long Hard Road Out of Hell".

2.Um shot da escultura "Incase of Emergency Break Heart", do ex-baixista GIDGET GEIN, pode ser visto enquanto a letra "You said I tasted famous, so I drew you a heart" é cantada. A escultura é uma edição de três. A usada no vídeo pertence à Asia Argento. As outras duas são de posse de Damian Crowley e Aron Partridge.

3. O vídeo da música contém referências à República de Weimar, nome dado pelos historiadores ao estado Alemão que existiu de 1919 a 1933 entre a Alemanhã Imperial e o Terceiro Reich. A máscara que o MANSON usa era popular na República de Weimar. Além disso, a cena em que a Dita Von Teese aparece sobre outra mulher em uma cama é quase idêntica a uma foto do livro "The Hot Girls of Weimar Berlin", um livro que o MANSON disse possuir em uma entrevista para o Howard Stern em 2004.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Marilyn Manson: ele não é nazista, apenas gosta de suásticas?

Rockstars: 18 roqueiros que já apareceram em filmes

Hall Of Shame: as melhores músicas ruins da história do Metal

Kurt Cobain e a banda brasileira que mexeu com ele: "eles foram muito revolucionários"

O trocadilho picante que Ney fazia em "Pro Dia Nascer Feliz" que Cazuza gargalhava


Sobre Narcissus Narcosis

Narcissus Narcosis é fã de Marilyn Manson desde o final dos anos 90 e tirou o seu nome de uma música do cantor. Além do roqueiro, também é apreciador de literatura, cinema, filosofia, psicologia, teatro, shows, etc.

Mais matérias de Narcissus Narcosis.