The Police: a história por trás da música "Every Breath You Take"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Marcelo Araújo, Fonte: Ogro Do Metal
Enviar correções  |  Ver Acessos

A canção "Every Breath You Take", lançada originalmente em 1983 pela banda The Police, é um dos casos mais interessantes de interpretação errônea sobre o real significado e a mensagem que ela pretendia passar. Muitos pensam em se tratar de uma linda história de amor, mas não foi bem isso que o vocalista e compositor da canção, Sting, revelou anos mais tarde em uma entrevista para a BBC Radio 2, chegando a dizer que se divertia quando ela era escolhida para tocar nas cerimônias de casamento: "É uma canção fruto da experiência de ciúme e possessividade. Uma canção sinistra, perversa, disfarçada em um contexto romântico"

Sting: Álbum deste ano ganhará edição duplaCretin: transexual rompe barreiras no metal extremo

Sting e Frances Tomelty
Sting e Frances Tomelty
Sting e Trudie Styler
Sting e Trudie Styler

A musa inspiradora foi a sua primeira esposa, a atriz Frances Tomelty, com quem se casou em 1976, dois anos após se conhecerem nos bastidores de um musical natalino chamado "Rock Nativity", onde ela interpretava a Virgem Maria e ele tocava na banda Last Exit. Tiveram dois filhos, Joseph e Kate, mas logo após o nascimento de Kate, Sting abandonou o casamento de 6 anos e foi morar com a vizinha, a também atriz, Trudie Styler, que se tornaria a sua segunda esposa, e juntos, teriam quatro filhos.

"Every Breath You Take" ganhou um Grammy Awards como melhor canção do ano de 1983, além de permanecer no topo da Billboard Hot 100 durante oito semanas, e no UK Singles Chart durante quatro semanas.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção CuriosidadesTodas as matérias sobre "Police"


Sting: Álbum deste ano ganhará edição duplaThe Police: Material de estúdio será lançado em box-set de CDs

Observador: 10 regressos musicais mais memoráveis do século XXIObservador
10 regressos musicais mais memoráveis do século XXI

Rockstars: veja algumas fotos antes da fama - parte 1Rockstars
Veja algumas fotos antes da fama - parte 1

Bandas britânicas: As 10 melhores de acordo com o WatchMojoBandas britânicas
As 10 melhores de acordo com o WatchMojo


Cretin: transexual rompe barreiras no metal extremoCretin
Transexual rompe barreiras no metal extremo

Galeria: Musas do Rock e Heavy MetalGaleria
Musas do Rock e Heavy Metal

Top 500: as melhores de todos os tempos segundo a Rolling StoneTop 500
As melhores de todos os tempos segundo a Rolling Stone

Black Metal: o lado mais negro da cena brasileiraBlack Metal
O lado mais negro da cena brasileira

Ódio musical: os artistas mais detestados em lista da SpinnerÓdio musical
Os artistas mais detestados em lista da Spinner

Bill Ward: Eu sou o baterista do Black SabbathBill Ward
"Eu sou o baterista do Black Sabbath"

Guns N' Roses: formação clássica deveria se reunir, diz baixistaGuns N' Roses
Formação clássica deveria se reunir, diz baixista


Sobre Marcelo Araújo

Carioca da gema e fanático por música de qualidade, aprendeu a gostar de Rock aos 10 anos de idade por causa de bandas como Scorpions, Led Zeppelin e Guns N' Roses. A maior decepção foi ver uma de suas bandas preferidas, o Bon Jovi, mudar completamente de estilo e se tornar uma coisa bem chatinha de uns tempos pra cá, algo classificado como uma mistura de Sertanejo Universitário com Pop. Das bandas mais recentes, curte bastante Alter Bridge e Unisonic. Adora tudo relacionado com as curiosidades por trás das canções, álbuns e bandas, sempre escrevendo matérias a respeito desses fatos no blog Ogro do Metal.

Mais matérias de Marcelo Araújo no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336