Matérias Mais Lidas

Guns N' Roses: por que Izzy Stradlin saiu da banda, segundo Gilby ClarkeGuns N' Roses
Por que Izzy Stradlin saiu da banda, segundo Gilby Clarke

Ian Paice: Ritchie Blackmore apresentou pra ele o maior guitarrista de todos os temposIan Paice
Ritchie Blackmore apresentou pra ele o maior guitarrista de todos os tempos

Nervosa: Entrar para a banda foi a realização de um sonho, diz Diva SatanicaNervosa
"Entrar para a banda foi a realização de um sonho", diz Diva Satanica

Vocalistas: 12 velhinhos que ainda mandam muito bem ao vivoVocalistas
12 "velhinhos" que ainda mandam muito bem ao vivo

Steve Hackett: ele diz que compositor do século 19 inventou o heavy metalSteve Hackett
Ele diz que compositor do século 19 inventou o heavy metal

Jon Bon Jovi: fake news de Trump o impediu de comprar time de futebol americanoJon Bon Jovi
Fake news de Trump o impediu de comprar time de futebol americano

Guns N' Roses: Axl entendia que as coisas mudaram, mas Slash tinha virado um personagemGuns N' Roses
Axl entendia que as coisas mudaram, mas Slash tinha virado um personagem

Doug Aldrich: explicando as diferenças entre Dio, David Coverdale e Glenn HughesDoug Aldrich
Explicando as diferenças entre Dio, David Coverdale e Glenn Hughes

Van Halen: Alex conta como morte do pai o fez abandonar a bebidaVan Halen
Alex conta como morte do pai o fez abandonar a bebida

Ghost: veja climática versão de Sympathy for the Devil com Hellacopters para TVGhost
Veja climática versão de "Sympathy for the Devil" com Hellacopters para TV

Mike Terrana: Malmsteen foi uma das piores pessoas que conheci!Mike Terrana
"Malmsteen foi uma das piores pessoas que conheci!"

AC/DC: monge budista grava cover inusitado de Thunderstruck, com direito a meditaçãoAC/DC
Monge budista grava cover inusitado de "Thunderstruck", com direito a meditação

Bon Jovi: por que o mandaram tocar com Kiss e Judas Priest em vez de Bryan AdamsBon Jovi
Por que o mandaram tocar com Kiss e Judas Priest em vez de Bryan Adams

James Hetfield: dez das músicas favoritas do vocalistaJames Hetfield
Dez das músicas favoritas do vocalista

Robert Fripp: como ele conheceu a esposa Toyah Wilcox, que bomba nos vídeos viraisRobert Fripp
Como ele conheceu a esposa Toyah Wilcox, que bomba nos vídeos virais


Matérias Recomendadas

Black Sabbath: um Tony Iommi que você não conheciaBlack Sabbath
Um Tony Iommi que você não conhecia

Fotos de Infância: Arch EnemyFotos de Infância
Arch Enemy

Bateristas: os trinta mais ricos do mundoBateristas
Os trinta mais ricos do mundo

Batman: 10 razões pelas quais ele é Metal pra carambaBatman
10 razões pelas quais ele é Metal pra caramba

Filhos de Rockstars: qualquer coincidência é semelhançaFilhos de Rockstars
Qualquer coincidência é semelhança

Tunecore
Dead Daisies

Motorhead: Filme de humor negro com Lemmy no papel de espião

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ronaldo Celoto
Enviar Correções  


O filme "Eat The Rich" (1987) contou com a participação de LEMMY com um dos astros principais, no papel do espião anticapitalista "SPIDER". A trama é do mais puro humor negro.

Em uma Londres de uma época incerta, num restaurante chamado 'Bastards' - frequentado pelos ricos e celebridades na capital, havia o costume de se comer comidas exóticas e bizarras (numa cena propositalmente mal feita para dar requintes trash ao filme - no minuto 58:11 - um cozinheiro carrega um panda gigante de pelúcia para ser assado, e, o garçom pede-lhe "dois coalas fatiados no espeto"). Neste mesmo restaurante, havia o costume de excluir pessoas de cor e costumes diferentes, tirar-lhes o emprego, humilhando-as. Numa das cenas iniciais, um recepcionista gay, depois de despedido do 'Bastards', vai à agência de emprego e é entrevistado por uma branca esnobe que lhe pergunta com gestos e a soletrar devagar: "Do you speak english"? E ele insistentemente, também de forma esnobe, responde "Yes", como que a soletrar letra por letra, antes de destruir o vidro dos atendentes.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Nitidamente, o preconceito é transformado no filme, em diversão. Mas as piadas não emplacam. Não é um filme que agrada a muitos (especialmente os humanistas), diga-se de passagem. Não tentem construir mensagem alguma sobre ele, que não seja de puro sarcasmo e denúncia contra a sociedade inglesa. Para isto, ele poderia ser até mesmo chamado de "clássico".

Enfim, continuando a história, de repente, mais e mais excluídos e humilhados se unem, e, liderados por este recepcionista (que também é imigrante ilegal), se vingam dos ricos tomando conta do restaurante 'Bastards', e, passam a servir, ao invés de animais exóticos, os próprios ricos e poderosos como prato principal. Alteram também, o nome do restaurante para "Eat The Rich".

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal


Em uma das memoráveis cenas, o baixista BILL WYMAN é morto pelo cozinheiro às escondidas e transformado em um aperitivo para os pratos principais (lá pelo minuto '72' do filme), numa cena absolutamente "non sense", que corta a imagem de WYMAN para uma cena de um parto na cozinha e depois mostra LEMMY a espionar um político a comer uma batata frita, e, a polícia a chegar em seguida para avisar aos presentes no restaurante que eles "acabaram de digerir o Primeiro Ministro"). Em outra cena, por volta dos sessenta minutos de filme, os excluídos resolvem matar todos os ricos à flecha, e, um deles pergunta: "vamos curtis uns escalpos?".

A partir daí, as piadas esnobes e alusões à estupidez de alguns políticos de Londres dão a tona ao filme. Os cartazes das paredes (lá por volta do minuto '64:30') tem fotos de artistas ricos acompanhados de fritas, saladas. Há cenas do empregado da cozinha moendo uma perna, enquanto o Chef lhe pede "dois empresários moídos para serem acompanhados com fritas, e, com menos molho desta vez" (por volta do minuto '66:30').

publicidade

Mas, onde está LEMMY, ou melhor SPIDER? Pois bem. A partir desta primeira hora (por volta do minuto '65') LEMMY volta novamente a aparecer mais como astro do filme. Antes, LEMMY aparecia algumas vezes (minuto '08:50' ao beijar a espiã e distribuir as armas; minuto '17:50' a espionar um político corrupto, e, após, a partir do minuto '24', no restaurante, antes e durante a execução da poderosa e "Doctor Rock", com a trupe do MOTORHEAD).

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Outras canções da banda são exibidas, entre as quais "Orgasmatron" (minuto '40' do filme), "Buit For Speed" (minuto 15 do filme), "On The Road" (minuto '52' do filme), "Nothing Up My Sleep" e "Eat The Rich" (final do filme).

Muitos devem estar a achar estranha a menção aos minutos nas cenas, mas há quem goste de cinema e tenha curiosidade de ver o filme, e, há quem apenas queira ver cenas onde aparecem piadas sem graça, LEMMY ou as canções do MOTORHEAD. A ideia é agradar a todos, por isto coloquei os minutos. Mas, não esperem muito do filme em si. A intenção da matéria é trazer curiosidade informativa, e, não apresentar ou discutir um clássico da "nouvelle vague" ou algo assim.

Dirigido por PETER RYCHARDSON, "Eat The Rich" foi um fiasco e não conseguiu emplacar suas piadas, e, traz como atrativo justamente LEMMY como ator. Em termos cinematográficos, é como se PETER GREENAWAY refilmasse "O Cozinheiro, O Ladrão, Sua Mulher e O Amante" cruzando-o com "Amarcord" (FELLINI), porém, sem nenhum resultado impactante para os críticos. E, até mesmo para os não críticos.

Mas o filme tem ainda assim, alguns seguidores e fãs, que o chamam de "cult". E, evidentemente, é uma oportunidade única de ver LEMMY numa sátira à própria Grã-Bretanha, em um filme cuja intenção é chamar os seres humanos de porcos canibais, que comem a si mesmos em um banquete, se for preciso, em nome da "classe".

A seguir, o filme, na integra, em inglês, além do clipe da banda para "Eat the Rich" com cenas do próprio filme.

Filme:

Clipe:

No Brasil, ele foi lançado em VHS na mesma época, e, tornou-se, hoje, um clássico nonsense, e, também raro de encontrar. É o típico humor britânico, cheio de mensagens preconceituosas, diálogos esnobes com uma boa dose de humor, referências à guerra, e, menções ao rock como música transformadora da sociedade.


Stamp
Como consegui viver de Rock e Heavy Metal
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Michael Schenker: por que ele não aceitou entrar no Deep Purple, Motorhead e Ozzy?Michael Schenker
Por que ele não aceitou entrar no Deep Purple, Motorhead e Ozzy?

Ozzy Osbourne: ele foi um dos últimos a falar com Lemmy - e mal o entendiaOzzy Osbourne
Ele foi um dos últimos a falar com Lemmy - e mal o entendia

Motörhead: Qual seria a reação de Lemmy Kilmister diante da pandemiaMotörhead
Qual seria a reação de Lemmy Kilmister diante da pandemia

Lemmy: o conselho sincerão que ele deu a Myles Kennedy sobre trabalhar demaisLemmy
O conselho sincerão que ele deu a Myles Kennedy sobre trabalhar demais

Motörhead: Mikkey Dee homenageia Lemmy, que faleceu há cinco anosMotörhead
Mikkey Dee homenageia Lemmy, que faleceu há cinco anos

Motörhead: Perfil da banda no Instagram relembra Lemmy, que faleceu cinco anos atrásMotörhead
Perfil da banda no Instagram relembra Lemmy, que faleceu cinco anos atrás

Motorhead: Sobreviventes da banda tem regras rígidas sobre concerto tributo a LemmyMotorhead
Sobreviventes da banda tem regras rígidas sobre concerto tributo a Lemmy

Motörhead: como Phil Campbell ficou sabendo da morte de LemmyMotörhead
Como Phil Campbell ficou sabendo da morte de Lemmy

Shaman: quando eles fizeram cover de Judas Priest no Covernation, em 2006Shaman
Quando eles fizeram cover de Judas Priest no "Covernation", em 2006

Por Dentro com Paulo Baron: Entrevista exclusiva com Mikkey Dee, baterista dos ScorpionsPor Dentro com Paulo Baron
Entrevista exclusiva com Mikkey Dee, baterista dos Scorpions


Motorhead: funeral de Lemmy está disponível na íntegra no YoutubeMotorhead
Funeral de Lemmy está disponível na íntegra no Youtube

Lemmy no Grammy: um tributo digno com Alice Cooper, Johnny Depp e Duff McKaganLemmy no Grammy
Um tributo digno com Alice Cooper, Johnny Depp e Duff McKagan


Slash: A lição aprendida após espalhar que Paul Stanley era gaySlash
A lição aprendida após espalhar que Paul Stanley era gay

Carlos Eduardo Miranda: Um monte de roqueirinho que só quer ser da GloboCarlos Eduardo Miranda
"Um monte de roqueirinho que só quer ser da Globo"


Sobre Ronaldo Celoto

Natural do Estado de São Paulo, é escritor, professor, poeta e consultor em direito, política e gestão pública. Bacharel em Direito, com Mestrado em Ciência Política, atualmente cursa Doutorado em Direito, Justiça e Cidadania pela Universidade de Coimbra. Além destas atividades, dedica diariamente parte de seu tempo à pesquisa e produção de artigos científicos, contos, romances, matérias jornalísticas, biografias e resenhas. Seus interesses pessoais são: cinema, política, jornalismo, literatura, sociologia das resistências, ética, direitos humanos e música.

Mais matérias de Ronaldo Celoto no Whiplash.Net.