R.E.M.: A censurada It's The End Of The World as We know It

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Paulo Severo da Costa
Enviar correções  |  Comentários  | 

"It's the End of the World as We Know It (And I Feel Fine)", lançada em 1987, no álbum “Document” é certamente um dos clássicos de uma banda cuja pauta principal foi, de fato, a construção de algumas das melhores faixas dos útlimos trinta anos: O R.E.M.

5000 acessosRobert Plant: "quase saí do Led quando meu filho morreu"5000 acessosMetromix: a lista dos vocalistas mais irritantes do rock

A conhecedíssima - e “incantável”- métrica esquizofrênica da melodia é complementada por uma letra surrealista, expelida como fogo pelas ventas de MICHAEL STIPE. Segundo o autor, a letra vem de um fluxo de pensamentos, não lineares, no qual admitiu, em entrevista de 1990 a Musician Magazine, que foi inspirado em um sonho no qual estava em uma festa rodeado de pessoas cujos nomes começavam pela sigla “L.B.”- os citados LEONARD BERNSTEIN, LEONID BREZHNEV, LENNY BRUCE e LESTER BANGS.

Entretranto, mesmo com a letra nonsense, o REM teve a faixa censurada em 2001. Ocorre que, diante do pânico pós 11 de setembro daquele ano, foi criado o 2001 Clear Channel Memorandum, um documento criado pelo Clear Channel cujo teor tratava da “sugestão” de restringir a execução pública de faixas cujo conteúdo poderia ser enquadrado no conceito de “letras questionáveis”. A lista, incluía 165 faixas, em um mundo tão diverso quanto “What a Wonderful World”(!!!!) de LOUIS ARMSTRONG e “Enter Sandman” do METALLICA. Para quem já havia criado o PRMC anos antes, o “País da Liberdade”, mais uma vez demonstrava que a hipocrisia é, realmente, um privilégio que desconhece fronteiras.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

A lista completa do memorandum pode ser conferida em
http://en.wikipedia.org/wiki/List_of_songs_deemed_inappropri...

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "REM"

Pra ouvir e discutirPra ouvir e discutir
Os melhores discos lançados em 1996

Anos 2000Anos 2000
A morte do Rock nas novelas da Rede Globo

CuriosidadesCuriosidades
Quarenta fatos inacreditáveis sobre artistas de rock

0 acessosTodas as matérias da seção Curiosidades0 acessosTodas as matérias sobre "REM"

Robert PlantRobert Plant
"Quase saí do Led quando meu filho morreu!"

MetromixMetromix
A lista dos vocalistas mais irritantes do rock

Guitar WorldGuitar World
Os 50 guitarristas mais rápidos de todos os tempos

5000 acessosDeath Metal: as 10 melhores bandas de acordo com a AOL5000 acessosSexo e rock n' roll: banda grava e vende pornô para bancar despesas5000 acessosPor pouco: 15 rockstars que quase partiram dessa para uma melhor4976 acessosArch Enemy: Jeff Hanneman nunca será esquecido, diz Gossow5000 acessosDave Mustaine: estou ficando melhor na guitarra graças a Kiko4572 acessosIron Maiden: vídeo dos bastidores da remasterização dos 15 álbuns

Sobre Paulo Severo da Costa

Paulo Severo da Costa é ensaísta, professor universitário e doente por rock n´roll. Adora críticas, mas não dá a mínima pra elas. Email para contato: joaopsevero@bol.com.br.

Mais matérias de Paulo Severo da Costa no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online