Rhapsody Of Fire: curiosidades a respeito da banda

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Adelemberg Thiago, Fonte: Comunidade Rhapsody Of Fire
Enviar correções  |  Comentários  | 

Seguem abaixo algumas curiosidades acerca da banda, como mudanças de vocalista, baixista e baterista, treta entre Luca Trulli e Fabio Lione, Thunderforce, e muita mais.

1942 acessosLione: "Nos últimos anos não vi novas bandas com ideias legais"5000 acessosIndústria: atrizes pornô começam a seguir mesmo rumo das bandas

Mudanças no vocal

Embora Fabio Lione seja de fato a voz do RHAPSODY OF FIRE, Cristiano Adacher foi o primeiro vocalista da banda e com ele gravaram os dois primeiros demos, ainda com o nome Thundercross, porém antes de entrarem em estúdio para gravar o primeiro CD da banda, já como RHAPSODY, “Legendary Tales”, Lione assumira os vocais, e aí todos sabem no que deu, mas...

Fabio Lione critica “Land of Immortals”

A banda além de ser conhecida por suas grandes orquestrações e claro as letras baseadas nos contos “tolkkienianos” às vezes é alvo de críticas por explorar demais esses contos, mas o que nem Luca e nem Staropolli esperavam era que a crítica viria de dentro da própria casa. Durante a gravação de “Land Of Immortals”, hoje um dos vários hinos da banda que infelizmente é pouco tocada ao vivo, Lione sentiu nojo da música, puxou o microfone e murmurou “isto é uma merda”. Luca depois, em entrevista à época do “Power Of The Dragonflame”, comentou “não é um segredo que nós nunca tivemos uma grande relação com ele [Lione]”. Ainda bem que isso é águas passadas, difícil imaginar a banda sem os vocais de Lione.

Sascha Paeth no baixo

Andrea Furlan foi o primeiro a ocupar o cargo, mas antes do lançamento do CD debut ele saiu e em seu lugar trouxeram Alessandro Lotta. Lotta está presente no encarte do primeiro CD, porém as linhas de baixo foram tocadas pelo grande “mago” das produções Sascha Paeth e seu escudeiro Robert Hunecke-Rizzo, ambos posteriormente viriam a fazer parte da banda solo de Luca.

Rhapsody In Black

Pois é, isso mesmo, uma versão black do RHAPSODY. Há muitos anos essa era uma das ideias que Turilli tinha em mente. Não se sabe muitos detalhes sobre isso, pois nunca chegou a ocorrer de forma descarada, o certo é isso nunca veio a acontecer... Seria interessante ouvir algo do tipo vindo da banda.

“3” bateristas já passaram pela banda

O 3 está entre aspas pelo fato de conhecermos apenas dois, embora sabemos quem um suposto terceiro baterista gravou mais da metade da discografia da banda. Danielle Carbonera foi o primeiro baterista e saiu após o “Symphony Of Enchated Lands”. Depois disso a banda passou a contar com dois bateristas, pelo menos ao vivo quem comandava era o alemão Alex Holzwarth, por que em estúdio era...

Thunderforce, o maior mito da banda

Se você pegar os encartes dos CDs a partir do “Dawn Of Victory” verá fotos com Alex Holzwarth, porém, embora estando na banda desde 2001 ele só pôde gravar com a banda em 2004 no EP “The Dark Secret”. Luca alegava que por questões contratuais não poderia revelar o real nome do baterista Thunderforce.

Lione e os “Santos”

“MUCHAS GRACIAS SAN PAULO... EHH, SANTIAGO OR SAN PAULO?!” A frase é de Fabio Lione em pleno show em Santiago do Chile. O show em terras chilenas foi poucos dias antes do show na capital paulista.

Banana cósmica

Bem, acho que essa talvez seja a mais criativa, assim digamos, das respostas de Luca. Certa vez perguntando o que representava “Gaia” [na época ele tinha em mente lançar um site “Defenders Of Gaia”, nome que anos depois virou música extra do álbum Triumph Or Agony – para mais informação pesquise por “Teoria de Gaia” ou “Hipótese de Gaia”] e em um trecho da resposta ele comenta: “O milagre da vida. Olhe esta banana que estou comendo. Prove e você sentirá o poder da vida, da energia cósmica. Esta é uma banana cósmica!”

Comente: Faltou alguma curiosidade sobre a banda? Compartilhe!

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

RhapsodyRhapsody
Confira o videoclipe de "Dawn of Victory" gravado em SP

1942 acessosLione: "Nos últimos anos não vi novas bandas com ideias legais"873 acessosRhapsody: Sucesso de público em shows na América Latina339 acessosGaleria: Rhapsody e Armored Dawn em São Paulo0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Rhapsody"

Metal SinfônicoMetal Sinfônico
Dez álbuns essenciais do gênero

Metal MedievalMetal Medieval
Confira 10 bandas de temáticas medievais

AngraAngra
Banda errou na escolha de Fabio Lione?

0 acessosTodas as matérias da seção Curiosidades0 acessosTodas as matérias sobre "Rhapsody"

IndústriaIndústria
Atrizes pornô começam a seguir rumo das bandas

SolosSolos
Alguns dos mais bonitos do Heavy Metal

GenealogiaGenealogia
Quatro filhos: rockabilly, pop rock, prog rock e hard rock

5000 acessosDead Fish: A proposta mais indecente que a banda já recebeu pelo Facebook5000 acessosRaul Seixas - Perguntas e Respostas5000 acessosTeoria da Conspiração: Slipknot troca membros em shows ao vivo?5000 acessosMetal: como o mito do True levou tantas bandas a serem fake5000 acessosTop 5: discos de metal nacional com nomes de outros estilos5000 acessosHeavy Metal: signos do zodíaco em versão metal

Sobre Adelemberg Thiago

Serratalhadense, pernambucano arretado, e terminando o curso de fisioterapia. Nasci em 1985, comecei a escutar rock através das baladas românticas dos "love metal" da vida!. De 2001 até hoje, curto quase todos os gênero do rock, desde o Queen e a velha guarda do hard rock, tipo Scorpions e Europe, aos grandes nomes alemães e chegando ao grande Dimmu Borgir. Sou apaixonado por futebol, meeeengo, corridas, adoro carros esportivos. Não sou um ás das palavras nem tampouco um Bach nas músicas, mas ajudar a divulgar o hard rock/heavy metal, contribuir com o site e ver a galera comentando sobre o que você posta é gratificante, por isso decidi a colaborar sempre que possível com o site. No twitter: @A_Thiago.

Mais matérias de Adelemberg Thiago no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online