Matérias Mais Lidas

imagemMarcello Pompeu, em busca de emprego, pede ajuda a seguidores

imagemRegis Tadeu explica porque o vinil e o Spotify vão despencar e o CD vai bombar

imagemOzzy Osbourne revela o único integrante de sua banda que saiu "do jeito certo"

imagemEdgard Scandurra, do Ira!, explica atual sumiço do rock nas rádios brasileiras

imagemDavid Gilmour surpreende ao responder se o Pink Floyd pode voltar a fazer shows

imagemGene Simmons faz passagem de som antes de show do Kiss com roupa inusitada

imagemPaul McCartney lista os cinco músicos que formariam sua banda dos sonhos

imagemMax Cavalera e o conselho dado por Ozzy Osbourne: "ambos nos sentimos traídos"

imagemQuem Glenn Hughes considera digno de substituí-lo como "a voz do rock"

imagemBill Hudson comenta sobre falta de público de Angra e outras bandas nos EUA

imagemJames Hetfield se emociona profundamente no show de BH e é amparado pelos amigos e fãs

imagemBrian May revela o inesperado álbum do Queen que é o seu favorito

imagemPink Floyd: Em entrevista de 1984, David Gilmour falou sobre "The Final Cut"

imagemDez grandes músicas do Iron Maiden escritas pelo vocalista Bruce Dickinson

imagemConheça a "melhor banda com as melhores músicas" para Robert Smith, do The Cure


Stamp

A Chave Do Sol: CD ao vivo bombástico de 1985 com o ex-vocal do Ano Luz

Resenha - Teatro Lira Paulistana 1985 - A Chave do Sol

Por Willba Dissidente
Em 07/05/21

Nota: 10

Dia 31 de janeiro de 1985 A CHAVE DO SOL faria sua terceira aparição com o incrível vocalista Francisco "Fran" Dias Alves, que vinha do grupo ANO LUZ. Por ser o primeiro show completo esse evento foi divulgado com a estreia do novo vocalista d' A CHAVE DO SOL, que à partir dai imprimiria uma nova identidade musical, cênica e visual à banda. A gravação desse show havia histórico para o grupo paulista de Hard Rock havia sido perdida em 1990, todavia foi encontrada e restaurada à partir de uma fita de rolo de 1/2 polegada garantindo qualidade excelente para o quinto bootleg da série lançada pelo baixista Luiz Domingues. Esse CD apresenta muito Hard Rock agitado, instrumentais inéditos, músicas de outros trabalhos com o Fran nos vocais e as últimas aparições de Rubens Gióia como vocalista. Acompanhe a transição da velha A CHAVE DO SOL mais jazz-rock e prog-rock para A CHAVE DO SOL mais pesada, com um vocalista de Heavy Metal, que ficou conhecida pelo LP "Anjo Rebelde", gravado pelo Fran.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mudando pela penúltima vez de vocalista, a veterana A CHAVE DO SOL, naquele janeiro de 1985, resolvera radicalizar: se até então seus vocalistas tinham voz mais "aveludada" agora tentariam um vocalista de voz rouca e rasgada, que condizia com a proposta do grupo de "entrar no som dos anos 1980", que era mais rápido, pesado e direto do que o praticado até então. Esse CD ao vivo, o quinto da série lançada pelo baixista Luiz Domingues, indiscutivelmente é o de maior qualidade de todos e apresenta um show que mostra A CHAVE DO SOL do primeiro single dando lugar à mesma banda em seu primeiro EP. Isso quer dizer que: esse show já apresenta as canções Hard Rock que marcam o trabalho de estúdio de 1985 em diante, mas ainda contém, como se fosse uma despedida, um presente para os fãs antigos dos temas mais Jazz Rock que faziam o repertório do grupo desde sua fundação em setembro de 1982. O que nunca mudou foi o virtuosismo e convenções jazzísticas nas passagens de suas músicas, assim como a qualidade das mesmas.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O CD abre, sem introdução, com a instrumental "A Dança das Sombras". Com um clima mais Rock'n'Roll dos primórdios e muitos malabarismos no andamento, esse número foi lançado em CD, na versão de estúdio, no Bootleg volume 2 . Após esse aquecimento, com destaque para o solo de Rubens, Fran já chega mandando "Anjo Rebelde", um tema que os fãs estão acostumados a o ouvir cantando. Na sequência, a ecológica "Intenções", de Luiz Domingues, ganha sua versão definitiva na voz do estreante cantor. Diferente dos bootlegs anteriores, aqui o já citado baixista e o baterista José Luis Dinola esmigalham seus instrumentos, mas não cantam no CD. E, após essa dobradinha, Fran cumprimenta o teatro e segue um belo tema, da fase mais Jazz Rock cantada pelo guitarrista Rubens Gióia. O longo e até então inédito "Reflexões Desconexas" possui convenções intrincadas de bateria e baixo e o primeiro solo de baixo do disco. Segue a conhecida instrumental "Crisis Maya" e o baixista (e então comunicador do grupo) anuncia a entrada do vocalista Fran e segue-se a excelente e longa "No Reino do Absurdo", outra pérola! A canção instrumental, mais rock progressivo, foi intercalada com a inédita balada "Dama da Noite", cantada pelo guitarrista Rubens Gióia. Esse som mesclado ficou de fazer delirar os fãs da "primeira época" da banda e finalmente em uma só, ambas se encontram lançadas. Nesse tocante fazemos um parênteses para elogiar o quanto Rubens, além de tocar loucamente, sabia colocar sua voz em composições "mais leves" como essa. É uma pena que A CHAVE DO SOL não tenha lançado um disco com ele como vocalista em 1984.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Teatro Lira Paulistana 1985" vem no formato mini-lp, sem plástico interno ou externo (também chamado de envelope), e mídia de cdr impresso.

Por ser o show de estreia do vocalista novo sente-se falta do mesmo, já que vêm ai mais dois temas instrumentais, "18 Horas", aqui com um contagiante solo de bateria e depois um trecho de "Átila". Essa não foi lançada oficialmente, mas está presente nos bootlegs 2, 3 e 4 e aqui fica como a introdução de "Luz". Fran retorna para a trinca final do CD. Para os fãs do LP com ele nos vocais, esse é o segmento mais interessante do álbum . Ele chega cantando a conhecida "Luz", em sua única versão na sua peculiar e rouca voz. Seguimos com a matadora "Segredos" e sua alta velocidade característica. O número está quase igual a versão de estúdio e é de se entender o porquê dos fãs de Heavy Metal terem começado a curtir A CHAVE DO SOL após o EP de 1985. Mais paulada vêm com a faixa "Ufos". Diferente da anterior, essa tem a letra ligeiramente diferente da que seria registrada em disco nos próximos meses e parte instrumental maior. Não obstante, segue a mesma enérgica e entusiasmada interpretação. Seria o encerramento, mas teve "Anjo Rebelde" de bis. Mas a mesma faixa de abertura do disco? Sim, porém aqui Fran solta totalmente a voz e ainda rolou um efusivo e imperdível improviso que fazem essa versão ser válida de ser conferida.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Finalizando, em termos de qualidade e gravação, esse bootleg tem qualidade de disco ao vivo oficial. A banda, outra vez, estava afinadíssima e com ganas e entusiasmo para fazer o seu melhor. Para os fãs de ANO LUZ e fãs específicos do Fran fica a impressionante exclamação de como ele cantava bem, mas também uma ponta de decepção de metade do repertório não se cantado por ele (sem desmerecer os demais interpretes e temas instrumentais). Para os fãs do trabalho do grupo nos seus primeiros anos temos dois temas inéditos muito bem interpretados pelo guitarrista Rubens Gióia. O EP "Anjo Rebelde" é representado quase inteiro no show, faltando "Um Minuto Além" e "Impeto", que ainda não haviam sido compostos. É um material de muito valor histórico e um presente para os fãs d' A CHAVE DO SOL. Captou o momento de transição da banda. É um disco que vai certamente encantar todos os admiradores d' A CHAVE DO SOL nos diversos momentos da carreira da pioneira banda.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Quem quiser adquirir o esse volume, e os outros quatro anteriores, deve contatar o baixista Luiz Domingues no e-mail ou pelas redes sociais:

[email protected]
https://pt-br.facebook.com/luiz.domingues.10
https://www.instagram.com/luizantoniodomingues2/

Saiba mais sobre o show onde esse bootleg foi gravado no relato do próprio baixista Luiz Domingues.

http://luizdomingues3.blogspot.com/2015/05/a-chave-do-sol-capitulo-9-um-minuto.html

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A CHAVE DO SOL:

Fran Alves: Voz
Rubens Gióia: Voz principal nas faixas 4 e 6, backing vocals e guitarra.
José Luiz Dinola: Bateria, backing vocals.
Luiz Domingues: Baixo, backing vocals.

DISCOGRAFIA:

Luz / 18 Horas (Compacto, 7", 1984).
A Chave do Sol (EP, 12", 1985).
The Key (Full Lenght, LP, 1987).
A Chave do Sol (Compilação, Cd, 2001).
Ao Vivo 1982 / 1983 (Bootleg, Cd, 2020).
Demo Tape 1983 (Bootleg, Cd, 2020).
Teatro Piratininga /SP 1983 (Bootleg, Cd, 2020) .
Ao Vivo em Limeira/SP 1983 (Bootleg, Cd, 2021).
Teatro Lira Paulistana 1985 (Bootleg, Cd, 2021).

Teatro Lira Paulistana 1985 - Crossover Records - Nacional - Bootleg - 59" - 2020.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

01. Danças das Sombras (04:37). *
02 . Anjo Rebelde (04:05).
03 . Intenções (04:10).
04 . Reflexões Desconexas (06:40).
05 . Crisis (Maya) (05:27). *
06 . No Reino do Absurdo / Dama da Noite (10:05).
07 . 18 Horas (08:00). *
08 . Átila (01:53). *
09 . Luz (02:28).
10 . Segredos (03:39).
11 . Ufos (04:33).
12 . Anjo Rebelde (04:18).

(*) faixas instrumentais.

Resenha originalmente publicada no site Rock Dissidente.

http://rockdissidente.blogspot.com/

FONTE: A Chave do Sol
https://achavedosol.blogspot.com/2021/02/volume4.html

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

PRB
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp



Sobre Willba Dissidente

Willba Dissidente é fã das bandas de hard rock dos anos 70 e 80 e de metal oitentista dos mais variados países. Quem quiser saber mais deve acessar seu canal no youtube. Obrigado! Stay Hard (True As Steel)!

Mais matérias de Willba Dissidente.