Stratovarius: Em Intermission, o primeiro Intervalo da banda

Resenha - Intermission - Stratovarius

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Michel Sales
Enviar Correções  

Na década de 90, o Stratovarius seguia uma ascensão de lançamentos criativos no Power Metal com sua característica speed finlandesa. Dessa forma, no Brasil, a musicalidade melódica e de refrões grudentos da banda logo despertaram atenção dos fãs do estilo que já consumiam petardos do Helloween, Gamma Ray, Heaven's Gate, Viper, Angra, etc.

Timo Tolkki: Músico faz Livestream Acústica e canta "The Hands of Time" novamente

Andre Matos declara: "O Angra tinha que acabar!"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Já em 2001, na entrada do novíssimo século XXI, após a promissora turnê divulgando o consagrado Infinite e mantendo a formação consolidada com Jens Johansson (K), Jörg Michael (D), Timo Kotipelto (V), Timo Tolkki (G) e Jari Kainulainen (B), o Stratovarius lançou a compilação Intermission, um álbum de excelente produção e arte gráfica mais uma vez assinada por Derek Riggs (Iron Maiden). O disco obteve grande aceitação do público, consistindo em covers do Judas Priest e Rainbow, faixas ao vivo e bônus, além de quatro novas músicas.

Em quatro países do mundo, Intermission ficou entre os 100 melhores discos.

Músicas:

1 - Will My Soul Ever Rest in Peace / 2 - Falling Into Fantasy / 3 - The Curtains Are Falling / 4 – Requiem / 5 – Bloodstone / 6 - Kill the King / 7 - I Surrender (live) / 8 - Keep the Flame / 9 - Why Are We Here / 10 - What Can I Say / 11 - Dream With Me / 12 - When the Night Meets the Day / 13 - It's a Mystery / 14 - Cold Winter Nights / 15 - Hunting High and Low (live)




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Timo Tolkki: Músico faz Livestream Acústica e canta "The Hands of Time" novamente

Stratovarius: músicos paulistas gravam cover da clássica "The Kiss of Judas"

Timo Tolkki: O relacionamento com o Stratovarius, Andre Matos, Symfonia e projetosTimo Tolkki
O relacionamento com o Stratovarius, Andre Matos, Symfonia e projetos

Timo Tolkki: Guitarrista relembra sobre Andre Matos (em inglês)


Capas Ridículas: LaWeekly elege as piores de Metal de 2013Capas Ridículas
LaWeekly elege as piores de Metal de 2013

Stratovarius: em turnê pelo Brasil, guitarrista reclama da cerveja localStratovarius
Em turnê pelo Brasil, guitarrista reclama da cerveja local


Andre Matos declara: O Angra tinha que acabar!Andre Matos declara
"O Angra tinha que acabar!"

Mulheres e guitarras: as mais importantes segundo a GibsonMulheres e guitarras
As mais importantes segundo a Gibson


Sobre Michel Sales

Jornalista formado pela Universidade Federal de Roraima (UFRR), com pós-graduação em Teologia Pastoral pelo Instituto Padre Calleri/UFRR. Atualmente está concluindo a graduação de Licenciatura em Educação Física pela Universidade Estadual de Roraima (Uerr). Começou a escrever sobre Cultura em 2004, iniciou em blogs, depois atuou na equipe de redação da revista Somos, da Fecomércio (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Roraima), trabalhou na assessoria de Comunicação do Sesc-RR (Serviço Social do Comércio) e na redação do Jornal Folha de Boa Vista. Tem colaborado com o portal Whiplash.Net desde 2020, nutre gosto por fotografia e colecionismo de Discos, Quadrinhos, Figuras de Ação e Filmes. Nas redes sociais: michel.sales.33 ; @mythospoetico #hellfireclub #rrclubehq .

Mais matérias de Michel Sales no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL