RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemA música de Raul Seixas que salvou a carreira de Chitãozinho e Xororó

imagemDeep Purple: David Coverdale revela quem quis como substituto de Ritchie Blackmore

imagemAndi Deris tem problemas de saúde e shows do Helloween são adiados

imagemO brasileiro com a voz parecida com a de Axl Rose que viralizou no TikTok

imagemProdutor da turnê de Paul Di'Anno explica problemas no primeiro show

imagemVocalista do Fleshgod Apocalypse é pedida em casamento durante show da banda

imagemO Raul Seixas não era nada daquilo que ele falava, diz ex-parceiro musical

imagemTony Iommi conta quais são os riffs preferidos que ele escreveu

imagemO motivo nada musical que fez Bruce Dickinson querer se juntar aos hippies

imagemZelador viraliza após incrível semelhança com voz de Steve Perry em "Don't Stop Believin'"

imagemEm disputa acirrada, fãs batem recorde e elegem melhores discos de metal de 2022

imagemEloy Casagrande repete o feito sendo eleito melhor baterista de metal do mundo

imagemO hit dos Beatles que talvez seja sobre drogas e que "Jesus" acompanhou gravação

imagemShane Hawkins, filho de Taylor Hawkins, ganha prêmio de melhor performance do ano

imagemOs 20 melhores álbuns lançados em 1993, segundo a Revolver Magazine


Stamp

1 ano sem Andre Matos: Angels Cry, a maior obra do saudoso maestro

Resenha - Angels Cry - Angra

Por Mateus Ribeiro
Postado em 25 de maio de 2020

Lançado no dia 3 de novembro de 1993, "Angels Cry" é o primeiro disco de estúdio lançado pelo Angra. O álbum figura entre os maiores e mais importantes lançamentos da história do heavy metal nacional e abriu as portas para muitas bandas brasileiras no exterior.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O debut do Angra não tem um time, mas sim, uma seleção: o inesquecível Andre Matos nos vocais, a dupla Kiko Loureiro e Rafael Bittencourt nas guitarras e Luís Mariutti no baixo. A bateria ficou a cargo do músico Alex Holzwarth, uma vez que o produtor Charlie Bauerfeind achou que o baterista e co-fundador Marcos Antunes não daria conta do recado. Alex gravou o álbum e Ricardo Confessori se tornou o baterista da banda após a gravação do disco.

A sonoridade do álbum traz um misto de power e prog metal, tudo obviamente feito com muita qualidade e cuidado. As influências de música clássica e brasileira também aparecem, dando um charme especial ao disco.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Angels Cry" traz o maior sucesso do Angra, a espetacular "Carry On", que mesmo quase trinta anos após o seu lançamento, continua sendo uma música espetacular que nunca enjoa. A espantosa fusão de peso, melodia e técnica que iria caracterizar o trabalho do Angra tem em "Carry On" o seu principal expoente. Um clássico do metal mundial que mostra todo o potencial e feeling dos músicos envolvidos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Outras obras que merecem destaque especial são a faixa-título, "Time", a maravilhosa "Never Understand" (a inclusão de "Asa Branca" no início é coisa de outro mundo), a pesada "Streets of Tomorrow" e é claro, o cover sensacional e improvável para "Wuthering Heights", de Kate Bush, que mostra toda a versatilidade dos músicos e o alcance vocal sobrenatural de Andre Matos.

O álbum marcou toda uma geração de fãs e músicos e é constantemente lembrado como o maior trabalho da carreira de Andre Matos, que infelizmente nos deixou em 8 de junho de 2019. O vocalista, que já havia gravado o memorável "Theatre Of Fate" com o Viper, cravou mais uma vez seu nome na história da música pesada com o excelente "Angels Cry".

A genialidade apresentada em "Angels Cry" é algo raro, tanto que o próprio Angra, apesar dos bons trabalhos lançados posteriormente, nunca fez um trabalho tão grandioso e influente. Um álbum magistral, repleto de qualidades que merece ser ouvido e elogiado sempre.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Obrigado, Angra, por essa obra magnífica.
Obrigado, Andre Matos, por nos brindar com seu talento.

Álbum: "Angels Cry"
Artista: Angra
Data de lançamento: 3 de novembro de 1993

TRACKLIST

"Unfinished Allegro"
"Carry On"
"Time"
"Stand Away"
"Never Understand"
"Wuthering Heights"
"Streets of Tomorrow"
"Evil Warning"
"Lasting Child"

LINEUP

Andre Matos - vocais
Kiko Loureiro - guitarra
Rafael Bittencourt - guitarra
Luís Mariutti - baixo
Alex Holzwarth - bateria

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Outras resenhas de Angels Cry - Angra

Resenha - Angels Cry - Angra

Resenha - Angels Cry - Angra

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:
Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps



Ricardo Confessori lança novo método de bateria e destrincha sucessos de Angra e Shaman

Covers: quando bandas de Heavy e Power Metal prestam tributo


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Mateus Ribeiro

Fã de Ramones, In Flames e Soilwork. Ouve (quase) tudo, desde rock clássico até black metal.
Mais matérias de Mateus Ribeiro.