Matérias Mais Lidas

Charlie Brown Jr: Marcão diz que filho de Chorão mente ao falar em dívida impagávelCharlie Brown Jr: Marcão diz que filho de Chorão mente ao falar em dívida impagável

Zakk Wylde: o riff que ele queria ter criado - e a música que ele nunca conseguiu tocarZakk Wylde: o riff que ele queria ter criado - e a música que ele nunca conseguiu tocar

Exodus: acordei e estava fora da banda, isso quase acabou comigo, diz ex-guitarristaExodus: "acordei e estava fora da banda, isso quase acabou comigo", diz ex-guitarrista

Nirvana: Dave Grohl comenta sobre o funeral de Kurt CobainNirvana: Dave Grohl comenta sobre o funeral de Kurt Cobain

Metallica: quando Tracii Guns encontrou James Hetfield bêbado num bar em Nova YorkMetallica: quando Tracii Guns encontrou James Hetfield bêbado num bar em Nova York

Humor: como seriam os nomes de alguns rockstars se eles fossem brasileirosHumor: como seriam os nomes de alguns rockstars se eles fossem brasileiros

Ian Gillan: Dio e Klaus Meine, dois baixinhos junto com o giganteIan Gillan: Dio e Klaus Meine, dois baixinhos junto com o gigante

Led Zeppelin: por que Robert Plant não gosta de cantar Stairway to Heaven?Led Zeppelin: por que Robert Plant não gosta de cantar "Stairway to Heaven"?

Mamonas Assassinas: a história das fotos dos músicos mortos, feitas para tabloideMamonas Assassinas: a história das fotos dos músicos mortos, feitas para tabloide

Charlie Brown Jr: filho de Chorão dá sua versão sobre briga com Thiago e MarcãoCharlie Brown Jr: filho de Chorão dá sua versão sobre briga com Thiago e Marcão

Alter Bridge: Não sei se Deus existe, mas espero que exista, diz Mark TremontiAlter Bridge: "Não sei se Deus existe, mas espero que exista", diz Mark Tremonti

Linkin Park: Evanescence e Halestorm cantam cover em homenagem ao falecido vocalistaLinkin Park: Evanescence e Halestorm cantam cover em homenagem ao falecido vocalista

Gloria: quanto a banda ganhou para tocar no Rock in Rio 2011 - e quanto sobrouGloria: quanto a banda ganhou para tocar no Rock in Rio 2011 - e quanto sobrou

Cradle of Filth: há liberdade criativa ou Dani Filth dita tudo?Cradle of Filth: há liberdade criativa ou Dani Filth dita tudo?

Megadeth: baixista Felipe Andreoli grava cover da clássica Holy Wars; confiraMegadeth: baixista Felipe Andreoli grava cover da clássica "Holy Wars"; confira


Tarmat
Garimpeiro

Bad Wolves: Faltou um charme como no primeiro momento

Resenha - N.A.T.I.O.N - Bad Wolves

Por Marcio Machado
Em 02/11/19

Nota: 7

O Bad Wolves explodiu ao mundo após lançar o cover de "Zombie", do The Cramberris, porém, a banda era muito mais do que somente esta canção. Seu disco de estreia "Disobey", de 2018, era um prodígio, mostrando uma banda ávida, criativa, entrosada e extremamente afiada. Um segundo trabalho dos rapazes era mais que esperado por aqueles que se pegaram presos ao carisma do lançamento, e agora, pouco mais de um ano, a banda traz "N.A.T.I.O.N", o segundo disco de estúdio do Bad Wolves.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

O vocalista Tommy Vext (que já tem estrada com o Snot e o Divine Heresy), havia dito que para este lançamento as coisas seriam mais encorpadas e mais trabalhadas, seguindo a linha do primeiro com uma injeção de esteroides. Pois bem, as coisas não caminharam exatamente por esse rumo e logo irei explicar o porque.

Quem começa o trabalho é "I’ll Be There", e em seus primeiros acordes o sorrisão surge na cara do ouvinte. Estão lá todos os elementos que cativaram no primeiro disco. A bateria insana, a dobra de guitarras impecáveis, e o vocal agressivo, "rappeado" e veloz, aliados à um refrão melódico de fácil assimilação. Fora o peso descomunal e o groove perfeito. Belo começo e já deixa a expectativa lá em cima.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A seguinte, "No Messiah", traz os elementos da anterior e é mais uma grande canção da banda. Seu andamento é mais cadenciado e um refrão bastante forte, aliados à uma letra tão quão. Os momentos do vocal são magníficos e merecem uma grande destaque pela versatilidade que Vext emprega no andamento todo. A ponte que se segue aqui é daquelas passagens em que eles abusam da palavra peso e fazem o pescoço doer. Uma das melhores do disco todo já de cara.

"Learn to Walk Again" é bastante melódica, soa mais linear que as demais, mas nem por isso é menor. O andamento é muito bom, a junção das partes instrumentais e voz estão em perfeita harmonia e prova que a banda consegue passear em momentos distintos de forma bastante coesa, quando querem.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

A seguinte tem um andamento muito bacana, que levada bem trabalhada e cheia de cadência. "Killing Me Slowly" é bastante cara de rádio e é a banda se voltando para um lado que pode soar mais próximo de bandas de uma cena mais comercial, mesmo mantendo a identidade dos caras ali, começa à mostrar alguns passos que talvez seja o futuro da banda.

E por falar em bandas mais comerciais, a seguinte, "Better Off This Way" é uma entrega total à esse lado. Uma balada bem chiclete, e confesso que aqui a banda me deu um certo susto. Em seu primeiro disco, havia sim alguns flertes com esse tipo de sonoridade, mas aqui as coisas parecem ter ido mais ao fundo e trazido algo meio estranho. Apesar de uma canção muito bem montada, com um sucinto solo, a levada com cara de Creed e similares não me desceu tanto.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

"Foe or Friend" começa com um coral de crianças gritando junto ao som pesado e aí sim as coisas voltam a andar. Vext faz loucuras com sua voz disparando palavras parecendo não ter a necessidade de respirar. O refrão é novamente embalado pelo mesmo trecho do começo, o que causa um tom caótico na faixa e nos envolve na audição.

"Sober" é definitivamente algo que divide o disco e a sonoridade da banda. A canção parece ter saído de uma mistura de Rihanna com Justin Timberlake e o pop reina total nesse andamento. E é desse ponto em diante que o disco passa a oscilar entre momentos.

Continuando, "Back in the Days" parece que vai engrenar em algum momento, vive na beira da subida, mas acaba por cair no mais do mesmo e um refrão meia boca, bastante chicletinho, mas não exatamente como a banda é acostumada à fazer. Bastante morna.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

"The Consumerist" é nervosa e começa agressiva! O seu andamento é bastante cadenciado e até meio engraçado, seu versos são cantados de forma mais lenta, parece que alguém diminuiu a velocidade de reprodução da canção. Tudo se encaixa perfeitamente até o refrão que mostra a força que a canção tem, e que bela presença de baixo temos por aqui.

"Heaven So Heartless" acalma de novo as coisas, e traz uma faixa leve, que é embalada sem muitas surpresas ou destaques. "Crying Game", também segue pelo mesmo caminho, tem um pouco mais de foco em seu refrão que tem boas passagens de voz, algumas notas são bem altas e chegam até incomodar em certo ponto.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Quem encerra o trabalho é "L.A. Song" que volta lá no começo de tudo, a banda soando sem freio. O refrão é longo e tem uma pegada bastante groovada, e no que a banda errou no meio do disco, acerta em cheio com esse final. É uma baita canção que encontramos no restinho que falta da audição.

Afinal, então o que é "N.A.T.I.O.N"? Exatamente essa é a questão que fica ao terminar a audição. Que o Bad Wolves tem uma trupe extremamente competente não é novidade, mas aqui faltou um charme como no primeiro momento, não o brilho, o destaque ou aquele momento chave que nos pega. Há uma banda espetacular, mas que por vários momentos nos soa perdida sem saber para qual caminho ir. Bom resultado, mas dá pra fazer melhor hein?!

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Bad Wolves: ouça "Dear Monsters", álbum que marca a estreia do novo vocalista da banda

Rock e metal: 10 álbuns de destaque lançados nesta sexta-feira (29/10) para você ouvirRock e metal: 10 álbuns de destaque lançados nesta sexta-feira (29/10) para você ouvir

Bad Wolves: novo álbum de estúdio será lançado em outubro; confira capa e single

Bad Wolves: banda anuncia novo álbum de estúdio e desce mamona no "abusivo" ex-vocalista


Cranberries: Dolores morreu antes de gravar com banda de metalCranberries: Dolores morreu antes de gravar com banda de metal


Slayer: quando o católico pai de Tom Araya descobriu que a banda era satanistaSlayer
Quando o católico pai de Tom Araya descobriu que a banda era satanista

Guitarristas e vocalistas: os 10 melhores casamentosGuitarristas e vocalistas
Os 10 melhores "casamentos"


Sobre Marcio Machado

Estudante de história, apaixonado por cinema e o bom rock, fã de Korn, Dream Theater e Alice in Chains. Metido a escritor e crítico.

Mais matérias de Marcio Machado.