Cavalera Conspiracy: o álbum mais extremo de Max e Iggor

Resenha - Psychosis - Cavalera Conspiracy

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ricardo Seelig, Fonte: Collectors Room
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Faço parte da turma que não curtiu "Pandemonium" (2014), terceiro álbum do Cavalera Conspiracy. A sonoridade suja e a mixagem abafada do disco contribuíram para que a minha avaliação fosse bastante negativa. Por isso, fui com um pé atrás conferir "Psychosis", quarto trabalho da banda dos irmãos Max e Iggor.

Em 02/09/1993: Sepultura lançava o clássico "Chaos A.D."Jim Morrison: ele está vivo e criando cavalos nos EUA?

E é bom quando uma expectativa negativa é quebrada. "Psychosis", lançado em novembro de 2017 lá fora e que ganhou edição nacional pela Hellion Records, fez com que eu esquecesse a imagem negativa deixada pelo álbum anterior. Ao invés de Max na produção, temos Arthur Rizk regulando a mesa de som. O guitarrista Marc Rizzo, parceiro de longa data dos Cavalera, completa o trio central da banda, que ainda contou com o próprio Rizk no baixo, além de diversas participações.

De modo geral, "Psychosis" é o disco menos experimental do Cavalera Conspiracy. Não temos em nenhuma das suas nove músicas o lado mais inovador que levou Max a ser reconhecido tanto no Sepultura quanto no Soulfly. O que não quer dizer, necessariamente, que estejamos diante de um disco menor, o que realmente não é verdade.

Dá pra dizer que "Psychosis" é o trabalho mais convencional do Cavalera Conspiracy, e talvez o mais extremo da banda. As canções passeiam pelo espectro do thrash metal, com algumas aproximações com o death. Iggor insere algumas batidas tribais bastante sutis, principalmente nas viradas de bateria, enquanto o trabalho de guitarra não tem nada de "noise" e é bem focado na pegada tradicional tanto do thrash quanto do death metal. "Hellfire" tem uma característica mais industrial que contrasta com o restante do tracklist, assim como a atmosférica faixa título, enquanto em outros momentos, como na ótima "Judas Pariah", o Cavalera Conspiracy abraça o seu lado death metal sem medo e nem receio.

"Psychosis" é um bom disco com músicas fortes como "Insane", "Terror Tactics", "Impalement Execution" e "Judas Pariah", que soa muito superior ao álbum anterior do Cavalera Conspiracy e mantém esse projeto de Max e Iggor ainda atraente e interessante para os fãs.


Outras resenhas de Psychosis - Cavalera Conspiracy

Cavalera Conspiracy: Experimentando e evoluindo




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Cavalera Conspiracy"Todas as matérias sobre "Sepultura"


Em 02/09/1993: Sepultura lançava o clássico "Chaos A.D."

Sepultura: novo álbum já tem nome, diz Andreas KisserSepultura
Novo álbum já tem nome, diz Andreas Kisser

Petbrick: ouça novo single de projeto experimental de Iggor Cavalera

Max Cavalera: ele não entende como o Slayer consegue pensar em se aposentarMax Cavalera
Ele não entende como o Slayer consegue pensar em se aposentar

Sepultura: veja entrevista de Andreas Kisser no programa CMCHRodz Online: Sepultura vs Max Cavalera (vídeo)

Sepultura: banda já está gravando sucessor de Machine MessiahSepultura
Banda já está gravando sucessor de "Machine Messiah"

Collectors Room: os 50 anos de Max Cavalera (vídeo)

Phil Anselmo: Max Cavalera sobe ao palco para uma canjaPhil Anselmo
Max Cavalera sobe ao palco para uma canja

Petbrick: projeto experimental de Iggor Cavalera anuncia novo álbumKisser: regravando "Mote das Amplidões" a convite de Zé Ramalho

Andreas Kisser: Andre Matos tocava Iron Maiden numa época que poucos conseguiamAndreas Kisser
Andre Matos tocava Iron Maiden numa época que poucos conseguiam

Sepultura: álbum Against completa 20 anosThe Mist: Jairo Guedz e Vladimir Korg no podcast Rock AddSepultura: Combinando referências musicais dos fãs de todo o mundo

Sepultura: Korn, Andreas e Derrick em uma versão da lendária Roots Bloody RootsSepultura
Korn, Andreas e Derrick em uma versão da lendária "Roots Bloody Roots"

Sepultura: ouça Groots Bloody GrootsSepultura
Ouça "Groots Bloody Groots"

Roadrunner: capa do Sepultura entre as mais marcantesRoadrunner
Capa do Sepultura entre as mais marcantes


Jim Morrison: ele está vivo e criando cavalos nos EUA?Jim Morrison
Ele está vivo e criando cavalos nos EUA?

Muito antes do Led Zeppelin: A origem da guitarra gêmeaMuito antes do Led Zeppelin
A origem da guitarra gêmea

Você sabe que o rock está moderninho quando...Você sabe que o rock está moderninho quando...
Você sabe que o rock está moderninho quando...

Thin Lizzy, Metallica: A história de "Whiskey in the Jar"Pink Floyd: as brincadeiras e enigmas nas capas dos álbunsBill Ward: os dez discos de metal favoritos do bateristaNirvana: como Kurt Cobain escapou de Axl Rose, que queria conhecê-lo

Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.

Mais matérias de Ricardo Seelig no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336