Whitesnake: Cala a boca e beija... Digo, ouça!

Resenha - Flesh & Blood - Whitesnake

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Durr Campos
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8

Não é todo dia que membros da família real do rock and roll aventuram-se a colocar no mercado algo plenamente novo. Lógico que falo de David Coverdale e o mais recente artefato do seu WHITESNAKE, o esperado 'Flesh & Blood'. A pergunta é, o que falar sobre esta entidade que ainda não fora dito ou versado nas conversas entre amigos, inimigos, artistas e jornalistas ao redor do mundo?

Resenha - Rock Ao Vivo (Ginásio Gigantinho, Porto Alegre, 01/10/2019)Led Zeppelin: "Stairway To Heaven" vale mais de US$500 milhões?

Quer saber? Não vou me preocupar com isto e, provavelmente, o caro leitor irá encontrar um monte de clichês nas próximas linhas. Estou de boa com isto, portanto vamos ao primeiro fato: Baita discão lindo!

Também pudera, este é o 13º da cobra branca e pelo andar das faixas, bastante especial para seu mentor e principal compositor. Porque Coverdale está cantando muito bem, sentimos toda aquela emoção característica de seu privilegiado gogó, transitando de modo versátil aos timbres do início, passando pelo timbre mais rouco de Coverdale & Page e encontrando-se com aquele David de 'Slip Of The Tongue'.

São 40 anos ou mais na labuta com este grupo e não poderia jamais duvidar de que este gentil e elegantérrimo senhor viria com mais um coringa. Este que vos escreve já vinha revisitando a discografia do Whitesnake após a edição de 35 anos do clássico 'Slide It In', mas itens frescos mesmo só tivemos em 2011 com o bacana 'Forevermore', até porque depois só vieram reedições de canções antigas, como o 'Purple Album' e 'Unzipped', ambos interessantes, vai.

Desde o single "Shut Up & Kiss Me" senti que seríamos brindados com um Hair/ Glam Rock de responsa, revigorado e moderno, em especial pela presença de Reb Beach. Há algo tão '1987' nesta música, mas sem soar datado. Não sei, algo para os caras explicarem depois para nós. Antes dela, no entanto, o álbum abre grandioso com "Good To See You Again" e "Gonna Be Alright", mas é na dobradinha "With Always & Forever" e "When I think of You (Colour Me Blue)" que Coverdale irá garantir em seus shows a presença das mais variadas idades.

"Flesh & Blood", a faixa-título, emana conhecimento de causa, algo de AC/DC, e muita alegria de viver! A vibe não cai com "Get Up", até porque algumas das melhores guitarras estão nela. "After All" merece menção, pois é a única acústica e de uma beleza singular, ponte certeira para a épica "Sands Of Time", com mais de seis minutos de puro Arena Rock e solos inspirados. Para não dizer que sou somente elogios, senti falta de mais espaço para as vozes de Michele Luppi, baita cantor italiano com alcance nível Glenn Hughes. Imaginem o estrago que poderiam ter feito juntos?

Se a sua versão é a DELUXE, como a que tenho em mãos, há mais duas inéditas e das boas: "Can't Do right For Doing Wrong" e "If I Can't Have You". As outras três são mixagens alternativas para "Gonna Be Alright", "Sands of Time" e "Shut Up & Kiss Me", respectivamente.

WHITESNAKE - FLESH & BLOOD (DELUXE)
Gravadora: Frontiers
Data de lançamento: 10/05/2019

Line-up
David Coverdale - vocais
Reb Beach - guitarra
Joel Hoekstra - guitarra
Michael Devin - baixo
Tommy Aldridge - baterista
Michele Luppi - teclado

Tracklist:
Good To See You Again
Gonna Be Alright
Shut Up & Kiss Me
Hey You (You Make Me Rock)
Always & Forever
When I Think Of You (Colour Me Blue)
Trouble Is Your Middle Name
Flesh & Blood
Well I Never
Heart Of Stone
Get Up
After All
Sands Of Time

Bônus
Can't Do Right For Doing Wrong
If I Can't Have You
Gonna Be Alright (X-Tendo Mix) - DVD Audio
Sands Of Time (Radio Mix) - DVD Audio
Shut Up And Kiss Me (Video Mix) - DVD Audio

VÍDEOS OFICIAIS


Outras resenhas de Flesh & Blood - Whitesnake

Whitesnake: uma nova coleção de clássicos do rockWhitesnake: novo álbum reafirma a sonoridade clássica




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Whitesnake"


Resenha - Rock Ao Vivo (Ginásio Gigantinho, Porto Alegre, 01/10/2019)Rock In Rio 1985: História & Bastidores - Parte 1 (vídeo)

Rock in Rio: Whitesnake e Foo Fighters velhos e novos clássicos na Cidade do RockRock in Rio
Whitesnake e Foo Fighters velhos e novos clássicos na Cidade do Rock

Enciclopédia do Rock: Whitesnake por Adriano FalabellaWhitesnake: Galeria de fotos do show em Curitiba

Resenha - Rockfest (Allianz Parque, São Paulo, 21/09/2019)Resenha - Rockfest (Allianz Parque, São Paulo, 21/09/2019)

Rockfest SP: veja vídeos e repertórios de Scorpions, Whitesnake, Helloween e EuropeRockfest SP
Veja vídeos e repertórios de Scorpions, Whitesnake, Helloween e Europe

David Coverdale: no Rock in Rio 1985, voo com Freddie Mercury e jingle com Roupa NovaDavid Coverdale
No Rock in Rio 1985, voo com Freddie Mercury e jingle com Roupa Nova

Whitesnake: David Coverdale comemora aniversário com Scorpions em São PauloWhitesnake
David Coverdale comemora aniversário com Scorpions em São Paulo

Europe: Com tempestade, show não contou com seu maior clássico pela primeira vezEurope
Com tempestade, show não contou com seu maior clássico pela primeira vez

Scorpions, Whitesnake e Europe: veja o repertório das bandas no show em CuritibaScorpions, Whitesnake e Europe
Veja o repertório das bandas no show em Curitiba

Em Curitiba: granizo interrompe show do Europe e atrasa Whitesnake; veja vídeoEm Curitiba
Granizo interrompe show do Europe e atrasa Whitesnake; veja vídeo

Whitesnake: Coverdale trará a família para acompanhar os shows do BrasilWhitesnake
Coverdale trará a família para acompanhar os shows do Brasil

Whitesnake: vídeo da nova faixa "Trouble Is Your Middle Name"

Whitesnake: assista ao novo clipe da música Trouble Is Your Middle NameWhitesnake
Assista ao novo clipe da música "Trouble Is Your Middle Name"

Vocalistas: belíssimos timbres de alguns cantores de rockVocalistas
Belíssimos timbres de alguns cantores de rock

David Coverdale: Sou eternamente grato ao Deep PurpleDavid Coverdale
"Sou eternamente grato ao Deep Purple"

Acidentes de carro: roqueiros que também perderam a vida na estradaAcidentes de carro
Roqueiros que também perderam a vida na estrada


Led Zeppelin: Stairway To Heaven vale mais de US$500 milhões?Led Zeppelin
"Stairway To Heaven" vale mais de US$500 milhões?

Trollagem: quando as bandas decidem zoar com o playbackTrollagem
Quando as bandas decidem zoar com o playback

Vitão Bonesso: A imensa coleção do apresentador do BackstageVitão Bonesso
A imensa coleção do apresentador do Backstage

Roadrunner: os dez melhores vídeo-clipes da gravadoraRoadrunner
Os dez melhores vídeo-clipes da gravadora

Metallica: os segredos de Enter SandmanMetallica
Os segredos de "Enter Sandman"

Nirvana: Grohl fala como se sentiu ao reencontrar Frances CobainNirvana
Grohl fala como se sentiu ao reencontrar Frances Cobain

Avenged Sevenfold: criticado por vocalista do NOFXAvenged Sevenfold
Criticado por vocalista do NOFX


Sobre Durr Campos

Graduado em Jornalismo, o autor já atuou em diversos segmentos de sua área, mas a paixão pela música que tanto ama sempre falou mais alto e lá foi ele se aventurar pela Europa, onde reside atualmente e possui família. Lendo seus diversos artigos, reviews e traduções publicados aqui no site, pode-se ter uma ideia do leque de estilos que fazem sua cabeça. Como costuma dizer, não vê problema algum em colocar para tocar Napalm Death, seguido de algo do New Order ou Depeche Mode, daí viajar com Deep Purple, bailar com Journey, dar um tapa na Bay Area e finalizar o dia com alguma coisa do ABBA ou Impetigo.

Mais matérias de Durr Campos no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336