Expurgo: segundo disco consegue ser melhor ainda

Resenha - Deformed By Law - Expurgo

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Mário Pescada
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9

Desde o debut "Burial Ground" (2010) até "Deformed By Law" (2018) já se foram 8 anos. Para uma banda underground, praticante de um mais de um dos estilos mais extremos do mundo do rock, o grindcore, não é pouco tempo - algumas bandas acabam bem antes disso, mas o EXPURGO continuou seguindo em frente, apesar das adversidades.

Guns N' Roses: Algumas curiosidades sobre o vocalista Axl RoseTop 500: as melhores músicas de todos os tempos segundo a Rolling Stone

Nesse período, foram diversos shows em tudo quanto era local possível de tocar, troca de baixista, splits, ep's, coletâneas, participação em tributo, etc., sempre mantendo vivo o nome da banda e ralando, ralando muito.

Eis que, finalmente em 2018, depois da grande estreia que deixou o mundo da música extrema de olho no quarteto belo-horizontino, a banda enfim pariu seu segundo e tão aguardado disco, o excelente "Deformed By Law" (2018).

Se por um lado esses oito anos demoraram a passar, o disco, assim como seu antecessor, é bem conciso: 27 faixas brutas condensadas em 38 minutos sônicos, que parecem durar menos tempo ainda devido a tanto peso e velocidade.

O disco não é um "Burial Ground II", não mesmo. Foram dados importantes passos além: a arte da capa é mais caprichada, refletindo perfeitamente as sombrias letras do disco e a gravação ficou mais grave que a anterior, deixando o som mais encorpado. Mas o que mais gostei foram os vocais: Egon está urrando mais forte do que nunca, sem entretanto vociferar as palavras em blocos (dá até para seguir as letras do encarte enquanto ele canta) e Philipe, com mais participação nas faixas com seus gritos rasgados, deixa tudo mais doentio.

"Ah, mas eu não gosto de grindcore". Meu amigo, esse disco não é indicado apenas a quem gosta de grindcore, ele pode ser ouvido tranquilamente (se é que é possível ouvir uma bomba sonora dessas assim) por qualquer um que goste de música extrema. Fãs de NASUM, CUT UP, VOMITORY, FACADA, WORMROT, DEATH TOLL 80K, NAPALM DEATH, SUFFOCATION e TERRORIZER, por exemplo, tem aqui um prato cheio. Duvida? Então ouça "Victimized", "Dead As Fuck", "Nasty Gut Feast", "Classic Utopia Of A Junkie Ambience", "Morgue Despair", "Sadistic Executioner", "Agateophobia" e "Grey Waste III", isso só para ficar em algumas.

O disco saiu pouco antes da ida da banda ao exterior para participar da vigésima edição do festival Obscene Extreme, um dos maiores eventos de música extrema do mundo, na cidade de Trutnov, República Checa. A definição do som da banda pelo festival foi: "um grindcore cheio de energia com elementos de death metal old-school e com a raiva incontestável dos esquadrões latino-americanos". Imagino a reação dos gringos depois que presenciaram os caras ao vivo...

Sem dúvidas, ainda que tardia da minha parte, justiça seja feita: "Deformed By Law" (2018) foi um dos melhores discos de 2018.

Ouça o álbum "Deformed By Law" na íntegra:

Formação:
Egon: vocais
Philipe: vocais/guitarra
Anderson: bateria
Sérgio W. Vilhena: baixo

Faixas:
01 Silence
02 Victimized
03 Inhale Radiation Fumes
04 Carnivorous Eyes
05 Dead As Fuck
06 Xenon Pieces Swallowed
07 Interlude
08 The Taste Of Human Toxicity
09 Discurso do Cadafalso
10 Nasty Gut Feast
11 Classic Utopia Of A Junkie Ambience
12 All Substances Are Toxic Under The Right Conditions
13 Habemus Cannis
14 Deviled Mind
15 Morgue Despair
16 Lungs Decay
17 Devil Variation
18 Sadistic Executioner
19 Harmless Scares
20 Agateophobia
21 Atmosphere Of Horror
22 Deploring Connections
23 Global Suppuration
24 Grey Waste III - Malebolge
25 Walk Among The Dead
26 On The Edge
27 Obsolescence



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Expurgo"


Guns N' Roses: Algumas curiosidades sobre o vocalista Axl RoseGuns N' Roses
Algumas curiosidades sobre o vocalista Axl Rose

Top 500: as melhores músicas de todos os tempos segundo a Rolling StoneTop 500
As melhores músicas de todos os tempos segundo a Rolling Stone


Sobre Mário Pescada

Mineiro, leitor compulsivo, ouvinte de todas as vertentes do rock - do blues ao grindcore. Valoriza mais a honestidade e entrega em cima do palco do que a técnica. Guarda os flyers dos shows que vai como se fossem relíquias.

Mais matérias de Mário Pescada no Whiplash.Net.