RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas


Anneke Hietala
Machine Head

Sinister: experiência ao fazer death metal de qualidade

Resenha - Syncretism - Sinister

Por Mário Pescada
Postado em 01 de dezembro de 2017

Nota: 8

Ter a experiência de quase 30 anos faz uma baita diferença na história de qualquer um. Cria respeito, dá prestígio e serve de exemplo aos mais jovens.

Para os experientes holandeses do SINISTER, o lançamento de "Syncretism" (2017) mostra que a banda ainda tem muito a oferecer. O disco pode figurar como um dos melhores discos de death metal do ano tranquilamente.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 1

E o que você vai ouvir de tão bom assim em "Syncretism"? Meu amigo, death metal old school, das antigas, raiz, enfim, o nome que você quiser dar, feito de uma forma muito competente e com passagens que deixam as faixas diferenciadas uma das outras, sem fazer com que o disco soe como um bloco maciço de músicas.

Então quer dizer que os caras mudaram? Não necessariamente, afinal a essência está ali: death metal bruto, sem dó, com riffs cortantes e bateria socando. O que fizeram, sabiamente, foi colocar partes mais elaboradas nas músicas como forma de sair do lugar comum e se destacar na miríade de bandas de hoje.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 2

Ouça os teclados em faixas como "Rite Of The Blood Eagle", "Black Slithering Mass" e "Confession Before Slaughter": sutil, mas suficiente para dar aquele ar fúnebre e perdão da palavra, sinistro as músicas.

Para quem gosta de death metal e procura ouvir músicas diferentes mantendo a essência do estilo, "Syncretism" é um disco que deve ser ouvido. Em tempo: a Hellion Records lançou a versão nacional, sem desculpas para não ouvir esse petardo.

Talvez o segredo do SINISTER nesses anos todos seja mesmo gostar do que se faz, afinal, como clama a banda na sua página no Facebook, "AMOR PELO DEATH METAL!!!!!!!"

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 3

Confira a faixa de abertura "Neurophobic".

Formação:
Aad Kloosterwaard - vocais
Dennis Hartog - guitarras
Ricardo Falcon - guitarras
Toep Duin - bateria
Ghislain Van Der Stel - baixo
Carsten Altena - teclados

Faixas:
01 Neurophobic death bruto depois de uma sinistra intro
02 Convulsions Of Christ
03 Blood-Soaked Domain
04 Dominance By Acquisition
05 Syncretism
06 Black Slithering Mass
07 Rite Of The Blood Eagle
08 The Canonical Rights
09 Confession Before Slaughter

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 4
Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp

Megadeth: as 10 maiores tretas de Dave Mustaine


publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | Andre Facchini Medeiros | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Jesus Leitão Souza | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Roberto Andrey C. dos Santos | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Mário Pescada

Mineiro, leitor compulsivo, ouvinte de todas as vertentes do rock - do blues ao grindcore. Valoriza mais a honestidade e entrega em cima do palco do que a técnica. Guarda os flyers dos shows que vai como se fossem relíquias.
Mais matérias de Mário Pescada.