Matérias Mais Lidas

Kiko Loureiro comenta sobre sua perda de audição e aconselha fãs e músicosKiko Loureiro comenta sobre sua perda de audição e aconselha fãs e músicos

A gritante diferença entre o The Voice Brasil e o gringo, segundo Rodrigo SuricatoA gritante diferença entre o The Voice Brasil e o gringo, segundo Rodrigo Suricato

A opinião de Rafael Bittencourt sobre as cantoras Gloria Groove e LudmilaA opinião de Rafael Bittencourt sobre as cantoras Gloria Groove e Ludmila

Cazuza tinha medo do PT: tenho medo quando PT pegar o poder, que merda que vai darCazuza tinha medo do PT: "tenho medo quando PT pegar o poder, que merda que vai dar"

Professor de canto se impressiona com Belutti cantando Bon Jovi no CaldeirãoProfessor de canto se impressiona com Belutti cantando Bon Jovi no Caldeirão

Por que Freddie Mercury não gostava de se comparar com John LennonPor que Freddie Mercury não gostava de se comparar com John Lennon

O sacrifício que Bill Ward teve que fazer para ajudar a gravar Heaven And HellO sacrifício que Bill Ward teve que fazer para ajudar a gravar "Heaven And Hell"

Choque de Cultura: programa dedicado ao metal faz piadas com Sepultura, Maiden e maisChoque de Cultura: programa dedicado ao metal faz piadas com Sepultura, Maiden e mais

Power metal: 30 músicas para começar a se interessar pelo estiloPower metal: 30 músicas para começar a se interessar pelo estilo

Classic Rock History: Os 10 discos de rock mais pesados já lançados (mas, cuidado...)Classic Rock History: Os 10 discos de rock mais pesados já lançados (mas, cuidado...)

Por que Elize Ryd não passou no teste para o Nightwish, segundo Olof Mörck (Amaranthe)Por que Elize Ryd não passou no teste para o Nightwish, segundo Olof Mörck (Amaranthe)

Milton Leite, narrador do SporTV, encanta internet ao tocar versão de YesterdayMilton Leite, narrador do SporTV, encanta internet ao tocar versão de "Yesterday"

Helloween: a inesperada música que Weikath mais gostou de tocar no United AliveHelloween: a inesperada música que Weikath mais gostou de tocar no "United Alive"

Nightwish: o curioso animal de estimação que Floor Jansen gostaria de terNightwish: o curioso animal de estimação que Floor Jansen gostaria de ter

Megadeth: o que Dave Mustaine faria da vida se não fosse o líder da banda?Megadeth: o que Dave Mustaine faria da vida se não fosse o líder da banda?


Stamp

Amber Galactica: excelente álbum, repleto de músicas cativantes

Resenha - Night Flight Orchestra - Amber Galactica

Por Carlos Garcia
Em 05/09/17

Nota: 9

The Night Flight Orchestra: Esses caras sabem fazer um som inspirado no Classic Rock e Melodic Rock com propriedade! Se o Melodic Rock, AOR ou o Rock de Arena não vendem milhões como nos anos 80, pelo menos temos certeza de que ainda possuem uma base consistente de fãs. É só ver o crescimento da gravadora Frontiers, especializada no estilo, e também a quantidade de lançamentos desse pessoal dos anos 70 e 80, seja com as bandas originais ou novos projetos, e ainda, fazem tour e shows de grande porte, a exemplo das bem sucedidas tours de Toto, Journey, Asia, Kansas e outros. Neste contexto, também vimos surgir vários novos nomes fazendo música inspirados pelo estilo, e chamando a atenção de outras gravadoras, e o The Night Flight Orchestra é um desses nomes, que lança seu terceiro álbum, agora pela Nuclear Blast.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Amber Galactic", este terceiro disco do projeto formado por membros do Soilwork (Björn Strid e David Andersson) e Arch Enemy (Sharlee D’ Angelo), traz novamente as influências do Classic Rock 70's, mas mais evidentes aqui o Rock de Arena dos anos 80, com aquele acento Pop, além de elementos do Space Rock e do Progressivo (mais puxado para o dos anos 80, que tinha uma roupagem mais "radiofônica"), e pitadas de Soul e até Disco, resultando numa sonoridade muito agradável e cativante, com muito suingue e energia positiva! É bem legal também a estética da arte, num estilo "futurístico vintage", que lembra o filme Tron.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Midnight Flyer" abre o álbum, e é curioso ouvir uma voz feminina falando em português na introdução inicial, e também no final da música. É uma música vibrante e enérgica, onde já salta aos olhos os excelentes ganchos, com melodias pegajosas, tanto por parte dos vocais como do instrumental, algo recorrente por todo o álbum; "Star of Rio" (hum...mais uma referência ao Brasil) traz a pegada Classic Rock com suingue, é algo que eles fazem com maestria, e aqui ainda os backing vocals de soul music (uma novidade que funcionou muito bem no álbum foi a adição dos backing vocals femininos) e as palmas no refrão tornam a música ainda mais cativante.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Gemini" traz irresistíveis refrãos e backing vocals, breaks bem legais, e uma batida cativante, que modula algo da Disco Music. Impossível não ficar cantarolando as melodias! Um Hit pronto!; "Sad State of Affairs" e seu riff de guitarra me lembraram algo de Kiss clássico, pela sua levada mais Rock & Roll; "Jennie", ah, canções com nome de mulher, bem anos 80! O começo progressivo me lembrou Kansas, e o refrão segue o estilo baladas AOR clássicas, com um certo acento pop. Finalizada com um clima sensual, com a garota falando em francês.

Mas mais anos 80 que "Domino" acho que não tem no álbum! Seguindo um estilo que lembra muito o ToTo em seus momentos mais "radiofônicos". Sintetizadores, percussões e os vocais de Strid são o destaque (novamente mostra muita desenvoltura e recursos), numa canção também cheia de suingue. Falei em ToTo, ela tem uma batida e estilo que lembra a "Africa", mega hit do grupo; em seguida, mais uma com nome de mulher, "Josephine", e banda sempre me lembrou Thin Lizzy, desde seu primeiro álbum, e esta, e alguns outros momentos, me remetem a banda de Phil Lynnot, por causa desse suingue e influências de Black Music. Destaque absoluto para as melodias dos teclados e os backing vocals, sendo que o solo de guitarra também merece menção.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Space Whisperer" tem muita energia, e o destaque aqui, além da pegada, são os teclados e sintetizadores e as melodias do refrão, que me trouxeram uma certa sensação de saudosismo, certamente por essa aura 80's bem acentuada; "Something Mysterious" se fosse lançada nos anos 80 certamente estaria nos charts da época, uma peça em mid-tempo herdeira direta dos hits Melodic Rock e AOR daquela era. Batida cativante, suingada, teclados e refrãos irresistíveis!

"Saturn in Velvet", mergulha mais no Progressivo, mas também traz doses de Classic Rock e nuances da Black Music; Temos ainda, apesar de não estar relacionada na capa, a faixa bônus "Just Another Night" na versão lançada pela Shinigami, faixa também carregada de ritmo e suingue, temperada pelos teclados, percussões e saxofone.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Impossível ouvir e já não sair imediatamente batendo o pé, batucando na mesa ou estalando os dedos para acompanhar o ritmo cativante das músicas, e sem ficar com as melodias na cabeça. A banda reproduz com feeling e propriedade (muita propriedade! Realmente convencem) aquela música acessível e "comercial" dos anos 80, com um pé nos 70's, e ainda com uma sonoridade e produção mais atual, enfatizando as melodias "grudentas". Excelente álbum, repleto de músicas cativantes, ótimas melodias, energizantes e com um arzinho saudosista. Diversão pura! Recomendo!

Tracklist:
01. Midnight Flyer
02. Star Of Rio
03. Gemini
04. Sad State Of Affairs
05. Jennie
06. Domino
07. Josephine
08. Space Whisperer
09. Something Mysterious
10. Saturn In Velvet

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Björn Strid ficou emocionado quando Halford elogiou o Soilwork; Chorei por duas horasBjörn Strid ficou emocionado quando Halford elogiou o Soilwork; "Chorei por duas horas"

Resenha - Aeromantic II - Night Flight Orchestra


Metallica, Guns, Slipknot, Kiss: tombos, erros e fatos engraçadosMetallica, Guns, Slipknot, Kiss
Tombos, erros e fatos engraçados

Heavy Metal: os maiores álbuns da história para os gregosHeavy Metal
Os maiores álbuns da história para os gregos


Sobre Carlos Garcia

Antes de tudo sou um colecionador, que começou a cair de cabeça no Metal e Classic Rock quando o Kiss esteve no Brasil em 1983, a partir daí não parei mais. Criei fanzines, como o Zine Barulho, além de colaborar com outros zines e depois web zines e sites, como os saudosos Metal Attack e All the Bangers. Atualmente sou um dos editores e redator do Road to Metal. O melhor de tudo são as amizades que fazemos, além do contato e até amizade com alguns de nossos heróis.

Mais matérias de Carlos Garcia.