RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemA icônica reportagem de Glória Maria em que Raul Seixas disse que foi atropelado por onda

imagemAs frases que Taylor Hawkins disse repetidamente para Ozzy Osbourne semanas antes de morrer

imagemMax Cavalera escolhe seus álbuns "não metal" preferidos

imagemO grande amor de Renato Russo que durou pouco mas marcou sua vida para sempre

imagemA inesperada opinião de Bell Marques (ex-Chiclete com Banana) sobre o rock progressivo

imagemSite chileno cita data do Iron Maiden no país e medalhões como possíveis bandas de abertura

imagemSammy Hagar sobre material inédito do Van Halen: "Eddie tinha uma tonelada"

imagemCristina Scabbia se queimou com óleo fervendo e ficou com "mapa da Europa" no rosto

imagemC.J. sobre seu primeiro show com os Ramones: "Foi Cuspe, moeda, garrafa, sapato…"

imagemAngra anuncia sua turnê "The Best Of 30 Years" com setlist renovado

imagem"A vida é curta", afirma Floor Jansen, vocalista do Nightwish

imagemPink Floyd: Nick Mason comenta as músicas que formam a trilha sonora de sua vida

imagemThiago Bianchi explica sucessão de problemas durante show de Paul Di'Anno

imagemO hit da Legião Urbana antiviolência cantado sob perspectiva de jovem da periferia

imagemO dia que João Gordo xingou Ayrton Senna por piloto se recusar a dar entrevista a ele


Exilio Angel

Maestrick: Uma verdadeira obra de arte

Resenha - Unpuzzle! - Maestrick

Por Victor Freire
Fonte: Rock'N'Prosa
Postado em 02 de setembro de 2016

Nota: 9

Meu contato com o Maestrick ocorreu a certo tempo, mas confesso que fui aquele tipo de pessoa que acompanhou a banda e acabou não escutando seu trabalho. Não tem muita desculpa a se dar, outras bandas foram aparecendo e o Maestrick foi sendo deixado de lado na minha playlist. Lembro do lançamento da primeira versão do Unpuzzle!, ainda em 2011, pela DieHard Records (se não me engano) e em versão digipak. Hoje estou com a versão relançada em 2013, com nova arte, enviada pela Som do Darma, e que também foi lançada na Europa pela Power Prog Records.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Nunca é tarde para escrever sobre um bom álbum, penso assim. Então, mesmo tendo se passado 5 anos desde o lançamento do Unpuzzle! (2011), quero pagar essa dívida com essa banda que tanto admirei desde o início.

O que chamou a atenção logo de cara foi a arte do Unpuzzle! (2011) como um todo. Todo o encarte remonta a obras de arte, como se as músicas fossem rascunhos e pinturas inacabadas de algum mestre da arte. Conceitualmente, o álbum trata de uma exposição de arte que acontece em várias dimensões. Um conceito desses pede uma diversidade musical grande nas músicas, e é justamente isso o que o Maestrick nos entrega.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

H.U.C mostra de cara a proposta da banda: misturar estilos musicais brasileiros com o metal. Senti uma pegada meio maracatu no início, e logo o peso toma de conta, dando espaço para passagens melódicas também. A técnica de Fábio Caldeira (vocal e piano), Renato Somera (baixo) e Heitor Matos (bateria) é algo que é notado em todas as composições. Consegue-se perceber todas as passagens da música claramente, sem agredir os ouvidos. Tudo é muito bem composto e executado.

Como já havia comentado, a variação de estilos é algo muito forte na banda. Tanto em H.U.C quanto em Aquarela esses são elementos predominantes. Você simplesmente não sabe o que esperar. Falando em Aquarela, é outro destaque do álbum. O Maestrick conseguiu trabalhar bem a junção do metal com a música clássica. Mais diversidade de estilo aparece em Pescador, o início lento lembra o estilo balada celta e é cantada em português. E se você estava com os ouvidos já acostumados com a melodia, eles progridem para um baião, isso mesmo, baião! A melodia foi acompanhada pela guitarra, que deu toda uma cara rock também à música. Só tenho uma coisa a dizer depois dessa música: Essa é a banda!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Peço desculpas pela vibração, imagino que uma resenha deve ser mais contida, mas não estou exagerando. O álbum Unpuzzle! (2011) é uma das obras mais criativas que escutei, sem sombra de dúvidas. A banda não prepara um terreno seguro e planta nele, como o AC/DC faz, por exemplo, eles simplesmente vêem uma montanha e querem subir e plantar algo nela. Entendeu a analogia? O metal é a base do estilo, mas a plantação do Maestrick está longe de ser uma monocultura.

As variações não param por aí, a banda adota um estilo circense em Puzzler, lembrando bem a capa do álbum; e explora mais o seu lado pesado em Disturbia. A velocidade é diminuída um pouco em Treasures of the World. De todas as músicas, achei essa a mais "direta", por assim dizer. Quando digo "direta", quero dizer uma música mais dentro do rock, sem muitos elementos de outros estilos. Mas, mesmo assim eles variam bastante a melodia, alternando entre passagens com e sem distorção e coro. Isso tudo também pode ser conferido em Radio Active e Smilesnif.

Em Yellown of the Ebrium o Maestrick traz o blues e jazz para dentro do álbum, destaque para o trabalho vocal de Fábio Caldeira – a música explorou muito bem sua técnica vocal. Além disso tudo eles ainda adicionaram uma levada bossa nova na música, com a letra cantada em português. Essa música lembrou novamente a pegada introduzida em Pescador. É difícil escutar essa parte e ainda lembrar que você está escutando um álbum de metal propriamente dito. Ora, isso é metal progressivo, espere o inesperado. Logo após essa passagem o rock volta a reinar novamente no melhor estilo Breathe, do Pink Floyd.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O longo álbum – com mais de 70 minutos de duração – é encerrado com a épica Lake of Emotions. Com seus 21 minutos, com certeza é algo para ser escutado do início ao fim. A música trabalha muito bem tudo o que a banda propôs no álbum. As variações na melodia estão presentes, destaque para a presença mais forte do sintetizador e piano na música.

Nas vésperas do lançamento do seu segundo álbum, foi uma satisfação muito grande escutar o Unpuzzle (2011), porque sei que mais surpresas virão em breve. A banda tem um cuidado muito especial com o som que quer produzir, não se prendendo a rótulos. Repetindo o que mencionei, esperemos o inesperado do Maestrick.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Tracklist:

1.H.U.C
2.Aquarela
3.Pescador
4.Sir Kus
5.Puzzler
6.Disturbia
7.Treasures of the World
8.Radio Active
9.Smilesnif
10.Yellown Of the Ebrium
11.Lake of Emotions


Outras resenhas de Unpuzzle! - Maestrick

Resenha - Unpuzzle! - Maestrick

Resenha - Unpuzzle! - Maestrick

Resenha - Unpuzzle! - Maestrick

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Victor Freire

Professor universitário e mestre em Engenharia Mecânica pela UFRN. Nascido no deserto de Mossoró/RN. É fã e colecionador de itens relacionados ao rock'n'roll. Editor-chefe do blog Rock'N'Prosa e guitarrista do Godhound. Acessa o Whiplash! desde a infância e colabora com o site sempre que possível.
Mais matérias de Victor Freire.