Matérias Mais Lidas

imagemO clássico da Legião inspirado em novela da TV Globo e acusado de plagiar The Doors

imagemO clássico dos Paralamas que Gilberto Gil escreveu a letra e ditou pelo telefone

imagem"Não existe esta coisa de New Wave of British Heavy Metal", diz Paul Di'Anno

imagemComo o clássico "Angel Dust" fez o guitarrista Jim Martin sair do Faith No More

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1988 é um ano inesquecível

imagemRock in Rio 1991, Maracanã lotado, e o Guns N' Roses ameaçou não subir ao palco...

imagemO álbum do Kiss que infelizmente é ignorado pela banda, segundo Andreas Kisser

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1991 é um ano tão celebrado

imagemPor motivo de saúde, Tracii Guns faz show inteiro do L.A.Guns dentro do banheiro

imagemSupla explica por que fala sempre misturando português com inglês

imagemMarky Ramone sobre o CBGB: "Era como um lixão, mas era o nosso lixão"

imagemTico relembra trauma que o fez entrar na Fazenda e briga bizarra com Sérgio Mallandro

imagemA opinião sincera de Lemmy Kilmister sobre os Beatles e os Rolling Stones

imagemEdu Falaschi e as versões de "Bleeding Heart" que "dá uma tristezinha" de ouvir

imagemVídeo mostra o Guns N' Roses novamente tocando "Back in Black" do AC/DC


In-Edit

W.A.S.P.: O final dos tempos em "Babylon"

Resenha - Babylon - W.A.S.P.

Por Junior Frascá
Em 13/05/16

Nota: 8

Em seu 14º álbum de estúdio, lançado originalmente em 2009, o W.A.S.P. vinha revigorado, abordando um tema dos mais interessantes: o final dos tempos. Baseado no "Livro do Apocalipse", da Bíblia, e mesmo não sendo um trabalho conceitual, "Babylon" apresenta o tema de maneira forte e intensa, aliado ao hard/heavy cativante e vigoroso da banda.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

E dessa vez Mr. Blackie Lawless (voz e guitarra) estava novamente muito bem acompanhado, com Doug Blair na outra guitarra,Mike Duda no baixo e Mike Dupke na bateria, em uma formação entrosada, fazendo o simples, mas de forma muito competente.

Como em todos os trabalhos dos caras, os destaques ficam para Lawless e suas guitarras que exalam riffs e mais riffs com precisão, e suas linhas vocais características, reconhecidas por qualquer um que já tenha ao menos uma vez escutado o som dos caras na vida.

Sobre as faixas, "Crazy" e "Babylon's Burning", por exemplo, são duas que poderiam facilmente estar em qualquer um dos discos clássicos da banda, com aquele ritmo energético, linhas vocais viciantes, e refrãos para se cantar junto logo na primeira audição.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Os caras ainda nos brindam com dois excelentes covers, para a clássica "Burn", do DEEP PURPLE, que não foge muito da versão original, mas ficou bem legal aqui; e "Promised Land", de Chuck Berry, e que também fez sucesso nas interpretações do Rei Elvis.

Os pontos fracos ficam para "Into The Fire" e "Godless Run", duas baladas sem sal que não acrescentam em nada no repertório do disco.

Ou seja, trata-se de um disco do W.A.S.P. para quem gosta de W.A.S.P.: é mais do mesmo, sem experimentalismos ou inovações, apenas aquele bom e velho hard/heavy de qualidade.

Babylon - W.A.S.P.
(Relançamento 2016 - Shinigami Records - Nacional)

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

01. Crazy
02. Live To Die Another Day
03. Babylon's Burning
04. Burn (Deep Purple)
05. Into The Fire
06. Thunder Red
07. Seas Of Fire
08. Godless Run
09. Promised Land (Chuck Berry)


Outras resenhas de Babylon - W.A.S.P.

Resenha - Babylon - W.A.S.P.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


W.A.S.P.: o casamenteiro de Lita Ford e Chris Holmes!

W.A.S.P.: Blackie Lawless não é profissional, diz músico do Beast In Black


Axl Rose: "ele é um fracassado", diz mulher de Slash


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá.