Black Sabbath: O ataque do deus da guerra!

Resenha - TYR - Black Sabbath

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Sobreira
Enviar Correções  

8

Para quem não fica muito preso ao passado e sabe aceitar as novidades e mudanças que um artista pode oferecer, sempre terá boas músicas para curtir, e por consequência, ainda ajudar a perpetuar mais o nome da banda que gosta, de forma respeitosa.

Zakk Wylde: Zakk Sabbath regrava "Black Sabbath" do Black Sabbath

Regis Tadeu: a tsunami de lixo musical da atual música brasileira

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mesmo que Tony Iommi sempre tenha procurado o melhor para o Black Sabbath (e para si mesmo), ao longo de sua carreira, marcada por inúmeros altos, e alguns "baixos", não significa que não tenha sofrido críticas e torcida-de-narizes por parte da praga do radicalismo de "fãs" inconformados com os direcionamentos seguidos e expostos por ele. TYR pode ser considerado como um dos trabalhos mais obscuros, de uma fase ainda mais "obscura" (sim, pois para a maioria esmagadora, só é Black Sabbath verdadeiro o que contou com Ozzy ou Dio nos vocais...) do grupo inglês, mas por isso tende a ser algo desprezível indigno de se conhecer? Eu te digo bem alto: NÃO!!

Mesmo não sendo também um clássico absoluto, não se pode ignorar faixas luxuosas e imperdíveis como a balada "Feels Good To Me" (que ganhou um vídeo bem dramático), as rápidas "Law Maker" e "Valhalla", a quase Doom "The Sabbath Stones" (que curiosamente me lembra um pouco o som que o Solitude Aeturnus faria mais tarde), a impactante "Heaven in Black" e a pesada com momentos mais refinados "Anno Mundi", que valem muito bem a responsabilidade do nome que ostentam.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Para quem espera um trabalho conceitual, sobre a mitologia nórdica, sinto informar, mas, apenas três faixas tratam do tema, sendo o que tem de mitológico mesmo é a formação, com Tony Martin cantando pra valer (apesar de quê, em alguns breves momentos, lembrar bem o Dio...) e dos mais que experientes Cozy Powell e Neil Murray (Whitesnake), além do apoio nas teclas do fiel Geoff Nicholls!

Leitor inconformado, este disco pode não ser do Black Sabbath que gravou 'Vol. 4' ou 'Heaven And Hell', mas ainda sim, deve ser apreciado sem qualquer receio! Se você acha que merece...

Line-up:
Tony Martin - Vocals
Neil Murray - Bass
Cozy Powell (R.I.P. 1998) - Drums
Tony Iommi - Guitars
(Geoff Nicholls - Keyboards)

Track List:
1. Anno Mundi
2. The Law Maker
3. Jerusalem
4. The Sabbath Stones
5. The Battle of Tyr
6. Odin's Court
7. Valhalla
8. Feels Good to Me
9. Heaven in Black

Lançamento: Agosto/1990 - I.R.S. Records


Outras resenhas de TYR - Black Sabbath

Resenha - Tyr - Black Sabbath




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Zakk Wylde: Zakk Sabbath regrava Black Sabbath do Black SabbathZakk Wylde
Zakk Sabbath regrava "Black Sabbath" do Black Sabbath

Passinho metal: página bomba com funkeiros dançando Maiden, Metallica e maisPassinho metal
Página bomba com funkeiros "dançando" Maiden, Metallica e mais

Classic Rock: os 20 álbuns de rock e metal mais subestimados da históriaClassic Rock
Os 20 álbuns de rock e metal mais subestimados da história

Lista: clássicos do metal lançados a partir do ano 2000Lista
Clássicos do metal lançados a partir do ano 2000

Black Sabbath: Tony Iommi promove sessão de perguntas e respostas em seu TwitterBlack Sabbath
Tony Iommi promove sessão de perguntas e respostas em seu Twitter

1980: os 50 melhores álbuns de rock e metal, segundo o Loudwire1980
Os 50 melhores álbuns de rock e metal, segundo o Loudwire

Quase nada: seis álbuns famosos que custaram uma merrecaQuase nada
Seis álbuns famosos que custaram uma merreca

Em 22/06/1992: Black Sabbath lançava o clássico Dehumanizer

Black Sabbath: Geezer tomou ácido pra derrubar quatro e viu a mão tocar fora do corpoBlack Sabbath
Geezer tomou ácido pra derrubar quatro e viu a mão tocar fora do corpo

Lista: a melhor banda de metal de cada país, segundo o LoudwireLista
A melhor banda de metal de cada país, segundo o Loudwire


Lars Ulrich: a diferença entre o Purple, o Led e o SabbathLars Ulrich
A diferença entre o Purple, o Led e o Sabbath

Black Sabbath: o que Tony Martin acha dos outros vocais da banda?Black Sabbath
O que Tony Martin acha dos outros vocais da banda?


Regis Tadeu: a tsunami de lixo musical da atual música brasileiraRegis Tadeu
A tsunami de lixo musical da atual música brasileira

Dead Fish: A proposta mais indecente que a banda já recebeu pelo FacebookDead Fish
A proposta mais indecente que a banda já recebeu pelo Facebook


Sobre Vitor Sobreira

Moro no interior de Minas Gerais e curto de tudo um pouco dentro do maravilhoso mundo da música pesada, além de não dispensar também uma boa leitura, filmes e algumas séries. Mesmo não sendo um profissional da escrita, tenho como objetivos produzir textos simples e honestos, principalmente na forma de resenhas, apresentando e relembrando aos ouvintes, bandas e discos de várias ramificações do Metal/Heavy Rock, muitos dos quais, esquecidos e obscuros.

Mais matérias de Vitor Sobreira no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280