Ratos De Porão: Pancadaria extrema, vigorosa e brutal

Resenha - Século Sinistro - Ratos De Porão

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Jorge A. Silva Junior
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9


Verdadeira instituição nacional, o RATOS DE PORAO merece, no mínimo, respeito por toda sua história. Na ativa desde 1981 e atualmente comemorando os 30 anos de 'Crucificados Pelo Sistema' (1984) - primeiro LP individual de uma banda punk na América Latina -, o grupo atravessou as últimas décadas explorando o Crossover (mistura de Hardcore Punk e Thrash Metal) com competência de sobra. Agora, em meio a uma onda de protestos por todo o país, o grupo lançou seu 15º álbum de estúdio, 'Século Sinistro' (2014), que aborda de maneira extrema os diversos problemas que tanto afetam a nossa sociedade.

Derrick Green: João Gordo pergunta se ele conhece Max CavaleraIron Maiden: "Tenho inveja dos fogos do Slipknot",diz Bruce

Formado atualmente por Jão (guitarra), João Gordo (vocal), Boka (bateria) e Juninho (baixo), o RDP voltou mais brutal do que nunca neste novo trabalho, que sucede 'Homem Inimigo Do Homem' (2006). Com produção impecável e ao melhor estilo 'old school' - foi gravado e mixado em formato analógico no Family Mob por André "Kbelo" e masterizado no Fantasy Studios, em São Francisco (EUA) -, 'Século Sinistro' remete aos ouvidos como uma verdadeira bomba de efeito moral.

A primeira faixa, "Conflito Violento", traz uma pancadaria vigorosa que exemplifica perfeitamente os recentes tumultos entre manifestantes e a polícia pelo Brasil. Na sequência e com intensidade ainda (!) maior, "Neocanibalismo" mostra claramente a forte influência do Metal que tanto ajudou a destacar a sonoridade da banda ao longo da carreira, incluindo um ótimo solo do guitarrista Moyses Kolesne, dos compatriotas do KRISIUN.

As desgraças da humanidade seguem em forma de rimas ferozes e riffs matadores em "Grande Bosta" e "Sangue E Bunda", que conta com a participação especial de Atum, o porco de estimação de João Gordo. Rápida, enérgica e destacada pela agressividade do vocal de João Gordo, a faixa-título chega com o pé na porta e serve para abrir caminho ao grande destaque do álbum, "Jornada Para O Inferno", que fala sobre a situação dos presídios brasileiros com uma alta dose de Metal.

"Prenúncio De Trevas", "Stress Pós Traumático" e "Viciado Digital" seguem fielmente a proposta traçada no disco: letras ácidas aliadas à rapidez e muito peso, não abrindo mão das características "quebradas" durante as faixas. A indignação em relação à Legislação Brasileira é retratada em "Boiada Pra Bandido", que, como o próprio título entrega, resume o favorecimento que criminosos conseguem em cima de um código penal ultrapassado.

O cover de "Progreria Of Power", da banda punk sueca ANTI-CIMEX, antecede "Puta, Viagra E Corrupção" com seu discurso ríspido que sintetiza a podridão encontrada por trás de políticos engravatados e sorridentes. "Pra Fazer Pobre Chorar" encerra o álbum em alto nível, trazendo uma fusão de elementos que o RDP acumulou ao longo de três décadas para garantir uma pancadaria singular e uniforme durante 34 minutos. Não é exagero afirmar que 'Século Sinistro' está no mesmo nível do aclamado 'Brasil' (1989).

Tracklist de 'Século Sinistro':

01. Conflito Violento
02. Neocanibalismo
03. Grande Bosta
04. Sangue E Bunda
05. Século Sinistro
06. Jornada Para O Inferno
07. Prenúncio De Trevas
08. Stress Pós Traumático
09. Viciado Digital
10. Boiada Pra Bandido
11. Progreria Of Power (ANTI-CIMEX cover)
12. Puta, Viagra e Corrupção
13. Pra Fazer Pobre Chorar

Ficha técnica:

Duração: 34 minutos
Produção executiva: João Gordo
Gravação e mixagem: Family Mob por André "Kbelo" Sangiacomo (Nov, 2013)
Masterização: Fantasy Studios, São Francisco (USA)
Backing vocals: Jão, Juninho, Gordo, Estevam Romera
Solos de guitarra em "Neocanibalismo" e "Progeria Of Power": Moyses Kolesne (KRISIUN)
Pré-produção: Jean Dolabella
Produção: João Gordo e RATOS DE PORAO
Músicas: RATOS DE PORTAO, exceto "Progeria of Power" (ANTI-CIMEX)
Arte da capa: Ricardo Tatoo
Concepção da arte: João Gordo


Outras resenhas de Século Sinistro - Ratos De Porão

Ratos De Porão: Disco excelente de reis do Crossover nacional




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Ratos De Porao"


Derrick Green: João Gordo pergunta se ele conhece Max CavaleraDerrick Green
João Gordo pergunta se ele conhece Max Cavalera

Ratos de Porão: tocando no Viva a Noite do Gugu Liberato em 1991Ratos de Porão
Tocando no Viva a Noite do Gugu Liberato em 1991

João Gordo: com saudades de Max, ele resgata outra foto com SepulturaJoão Gordo
Com saudades de Max, ele resgata outra foto com Sepultura

Thrash Metal: em vídeo, o top 5 das bandas mais rápidas do Brasil

João Gordo: vocalista do RDP e a sua curta passagem como repórter na F1 (vídeo)João Gordo
Vocalista do RDP e a sua curta passagem como repórter na F1 (vídeo)

João Gordo: com saudades do velho amigo Max CavaleraJoão Gordo
Com saudades do velho amigo Max Cavalera

João Gordo: Punk por dentro, nada por fora e faz Metal porque é legalJoão Gordo
Punk por dentro, nada por fora e faz Metal porque é legal

Panelaço com João Gordo: arroz carreteiro com Afro-X e Chef WellingtonPanelaço com João Gordo: Baião de Dois Vegano com Carlos Latuff (Chef Vanilla Ice)Panelaço com João Gordo: Chilli Vegano com Badauí, do CPM 22

Heavy Metal: O homem tem que ser na vida o que prega no palco?Heavy Metal
O homem tem que ser na vida o que prega no palco?

João Gordo: culpado pelo show horrível do Nirvana no BrasilJoão Gordo
Culpado pelo show horrível do Nirvana no Brasil


Iron Maiden: Tenho inveja dos fogos do Slipknot,diz BruceIron Maiden
"Tenho inveja dos fogos do Slipknot",diz Bruce

Guitarra: os melhores solos da história segundo a Guitar WorldGuitarra
Os melhores solos da história segundo a Guitar World


Sobre Jorge A. Silva Junior

Jorge Junior é paulistano, jornalista diplomado e colaborador do Whiplash.Net desde 2009. Tem mais de 400 matérias e notas publicadas, que somam aproximadamente um milhão e meio de acessos. Também realizou a cobertura de shows de grande porte, entre eles Ringo Starr, Eric Clapton, Deep Purple, System Of A Down, Red Hot Chili Peppers e Ozzy Osbourne. O autor pode ser seguido no Twitter: @jorgejunior85.

Mais matérias de Jorge A. Silva Junior no Whiplash.Net.

adGooILQ