Johnnybox: Som poderoso, contagiante e bem autêntico

Resenha - Deep Inside Jerry's Mind - Johnnybox

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Felipe Cipriani Ávila
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9


Formada em 2011, a banda paulistana Johnnybox vem conquistando cada vez mais espaço na cena musical autoral nacional, com um som poderoso e muito próprio. O leque de influências do conjunto é muito amplo, de modo que as suas composições misturam o groove do Funk Rock com o peso do Hard Rock e do Rock'n'Roll de um modo geral. O álbum de estreia, intitulado "Deep Inside Jerry's Mind", é muito enérgico e empolga logo na primeira audição!

Metallica: A reação de James a famosos usando camisetas da bandaMusos do Heavy Metal: Agora é a vez das garotas!

Lançado de forma independente em dezembro de 2013, "Deep Inside Jerry's Mind" foi gravado no Estúdio PUB, em Santo André (SP), e mixado e masterizado por Nobru Bueno. A ótima e emblemática arte de capa ficou a cargo do próprio vocalista, Tato Ferrari, e foge do que se convenciona chamar de "lugar comum". E não é só nesse quesito que o quinteto se diferencia e se destaca, pois possuem composições bem próprias e que logo empolgam o ouvinte, sem muitos rodeios, indo "direto ao assunto"!

Após uma breve introdução, "Microwave Odyssey", somos logo brindados com uma faixa sensacional. "Jerry" já começa com todo vigor, com ótimos riffs de guitarra, muito groove, e linhas vocais inspiradas. O refrão merece especial menção, por ter sido muito bem construído e acompanhado por excelentes backing vocals, sendo, desse modo, de fácil memorização, além dos soberbos e marcantes solos de guitarra a cargo de Gustavo Goiaba e Fabio Yamamoto.

A faixa seguinte continua enérgica, não dando tempo para o ouvinte ficar parado. Com uma ótima introdução, com o som de contrabaixo bem evidente e forte, "The Jester" logo explode e fica bem pesada, com linhas vocais muito boas. Temos aqui outro belo refrão! É prazeroso ouvir uma banda tão entrosada e profissional!

As duas próximas canções mantêm a qualidade e a energia sonora. "Just Wait" tem riffs de guitarra ótimos e marcantes, aliados a uma cozinha coesa e poderosa. Tato Ferrari continua impressionando, com linhas vocais inspiradas! O refrão é memorável e possui ótimos backing vocals, que deixam tudo ainda mais contagiante. Já "Emptiness In My Mind" é mais cadenciada e possui groove de sobra, jungido a um trabalho vocal, mais uma vez, fenomenal!

Seguindo o groove, temos a primeira faixa single da banda, que possui, inclusive, um videoclipe oficial muito interessante. "Not So Fine" possui tantos predicados que poderia ficar o dia todo os descrevendo. Ouça e comprove por si só! Eis um tema que mostra o porquê do conjunto já ter sido campeão de dois festivais importantes da cena paulista, como o "Manifesto Rock Fest" e o "Aurora Fest Rock", no ano de 2013.

E não, caro leitor, a qualidade não diminui. "Spur Me On" é cadenciada no início, contudo logo fica mais encorpada e agitada. Há groove de sobra por aqui! E que groove! Excelente e memorável tema! Sendo "Step Back" a última faixa de fato do trabalho, já que a seguinte, "Smells Like What" é falada, fecha o mesmo com "chave de ouro"! Com uma introdução sofisticada de contrabaixo e seguida por um solo de guitarra delirante, temos aqui a junção de um instrumental muito poderoso e pesado, aliado a muito groove. Além, claro, de ótimas e originais linhas vocais, com um refrão que logo fica grudado na mente!

Como pode ser comprovada através da audição integral do disco, a banda Johnnybox não está para brincadeira, e aposta em um som enérgico, poderoso, autêntico e de muito bom gosto. Responda-me, por favor, caro leitor, do que se trata o rock'n'roll senão de diversão, paixão e de uma boa dose de peso? Então, vai deixar de ouvir esse ótimo e singular trabalho? Altamente recomendável!

Confira o videoclipe oficial da faixa "Not So Fine":

Confira também outras faixas do álbum:
https://soundcloud.com/johnnybox/sets/deep-inside-jerrys-min...

Formação da banda:
Tato Ferrari - Vocal
Rafael Ogrão - Contrabaixo
Caio Al-Behy - Bateria
Gustavo Goiaba - Guitarra
Fabio Yamamoto - Guitarra

Faixas:
1 - Microwave Odyssey
2 - Jerry
3 - The Jester
4 - Just Wait
5 - Emptiness In My Mind
6 - Not So Fine
7 - Spur Me On
8 - Step Back
9 - Smells Like What


Outras resenhas de Deep Inside Jerry's Mind - Johnnybox

Johnnybox: Rock and Roll bem definido



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Johnnybox"


Metallica: A reação de James a famosos usando camisetas da bandaMetallica
A reação de James a famosos usando camisetas da banda

Musos do Heavy Metal: Agora é a vez das garotas!Musos do Heavy Metal
Agora é a vez das garotas!


Sobre Felipe Cipriani Ávila

Headbanger convicto e fanático, jornalista (graduado pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais - PUC Minas), colecionador compulsivo de discos, não vive, de modo algum, sem música. Procura, sempre, se aprofundar no melhor gênero de música do mundo, o Heavy Metal, assim como no Rock'n'Roll, de um modo geral, passando pelo clássico, pelo progressivo, pelo Hard setentista e oitentista, e não se esquecendo do Blues. Play It Loud!

Mais matérias de Felipe Cipriani Ávila no Whiplash.Net.