Death Angel: Se superando a cada título lançado

Resenha - Dream Calls for Blood - Death Angel

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Pierre Cortes
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Formado em 1982, o DEATH ANGEL lançou álbuns pesados e de boa representatividade no Thrash Metal até interromper suas atividades em 91. Foram longos 14 anos sem nenhum registro, mas felizmente o grupo retornou com o excelente “The Art of Dying”. E de lá pra cá a banda parece se superar a cada título.
395 acessosDeath Angel: "Nossa última ida ao Brasil em 2010 foi ótima!"5000 acessosComo enviar conteúdo ou se tornar um colaborador do Whiplash.Net?

“The Dream Calls for Blood”, o mais recente, não traz nenhuma fórmula nova. Continuam na mesma pegada, ou seja, executam um Thrash Metal pesado, rápido, furioso e cheio de qualidade em seus quase 50 minutos de duração. O que, de fato, nos chama bastante a atenção são os riffs de guitarra matadores, solos bem feitos e as vocalizações cheias de agressividade.

Os destaques são diversos: a abertura “Left for Dead” possui um início dedilhado e lento, mas logo apresenta um ritmo avassalador; “The Dream Calls for Blood”, a faixa título, traz um baixo pesado e marcante, além de um solo de guitarra que impressiona; “Execution / Don’t Save Me” tem uma introdução tranquila e bela, mas rapidamente cede lugar ao peso e velocidade.

Foi também lançada uma versão especial em formato digipack incluindo o cover da “Heaven and Hell” do BLACK SABBATH e um DVD contendo o making of das gravações do álbum.

Fato é que “The Dream Calls for Blood” é um trabalho bem cuidado e empolgante, trazendo uma banda que se mostra cada vez mais madura, técnica e profissional. Uma obra imperdível para os fãs do bom Thrash Metal feito por quem, na realidade, entende muito bem do assunto.

Banda: Death Angel
País de Origem: Estados Unidos
Título do álbum: The Dream Calls for Blood
Ano: 2013
Estilo: Thrash Metal
Gravadora: Nuclear Blast

Line-up:

Rob Cavestany – Guitarra
Mark Osegueda – Vocais
Ted Aguilar – Guitarra
Damien Sisson – Baixo
Will Carroll – Bateria

Faixas:

1. Left for Dead
2. Son of the Morning
3. Fallen
4. The Dream Calls for Blood
5. Succubus
6. Execution / Don’t Save Me
7. Caster of Shame
8. Detonate
9. Empty
10. Territorial Instinct / Bloodlust

Sites:

http://www.deathangel.us/
https://www.facebook.com/deathangel
https://myspace.com/deathangel
https://twitter.com/deathangel
http://www.youtube.com/user/deathangelofficial

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Dream Calls for Blood - Death Angel

1037 acessosDeath Angel: O melhor álbum desde o retorno2324 acessosDeath Angel: O melhor trabalho da banda desde seu retorno

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 04 de maio de 2014

395 acessosDeath Angel: "Nossa última ida ao Brasil em 2010 foi ótima!"0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Death Angel"

Metal HeavyMetal Heavy
10 clássicos para entender o Thrash Metal

Heavy MetalHeavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados no ano de 1990

Thrash MetalThrash Metal
Os melhores discos lançados depois do ano 2000

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Death Angel"

Whiplash.NetWhiplash.Net
Como enviar conteúdo ou se tornar um colaborador do site?

Ozzy OsbourneOzzy Osbourne
Madman dá sua receita para curar ressaca

SlipknotSlipknot
Corey explica desvantagens das máscaras

5000 acessosSeparados no nascimento: Ian Hill e Stênio Garcia5000 acessosSeparados no nascimento: Joe Satriani e Lord Voldemort5000 acessosAquiles Priester: os álbuns que marcaram o baterista5000 acessosCapas: algumas das mais toscas de todos os tempos - Parte 15000 acessosGuns N' Roses: por que só uma fotógrafa registra os shows?5000 acessosE se os rock stars usassem o Facebook?

Sobre Pierre Cortes

Pierre Cortes, paulistano, bacharelado em Publicidade e em Cinema, amante da fotografia e escrita, apreciador do Heavy Metal e todas as suas subdivisões desde o início dos anos 80, colaborador do Whiplash.Net desde 2011, Twitter - @pierrecortes.

Mais matérias de Pierre Cortes no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online