Arnaldo Antunes: O tempo tem corrido muito bem a esse sujeito

Resenha - Acústico MTV - Arnaldo Antunes

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Paulo Severo da Costa
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Híbrido entre o concretismo e JOHNNY ROTTEN, ARNALDO ANTUNES é, possivelmente, o artista brasileiro mais interessante das últimas décadas. Incurso em projetos absolutamente dessemelhantes entre si, praticante fervoroso do conceito de mídia total em shape artístico e estabelecendo parcerias tanto com gente estabelecida quanto com ilustres desconhecidos, construiu uma discografia regular- abrilhantada por clássicos como ‘Nome” (1993) e “O Silêncio” (1996) – mantendo uma integridade artística raríssima para os padrões atuais. Em 2012, após onze registros originais e dois ao vivo em carreira solo (com destaque para o ótimo “Ao Vivo Lá Em Casa” de 2010), foi lançado seu “Acústico”, um dos últimos da finada franquia MTV Brasil.
2012 acessosTitãs: banda mostra música sobre estupro e assédio em show5000 acessosGuns N' Roses: transtorno bipolar, a doença de Axl Rose

Lançado no mesmo ano em que completou trinta anos de carreira- “coincidência”, segundo declaração do próprio – o interesse maior do disco se encontra na diversidade do repertório- uma epítome da trajetória do músico e uma excelente fonte para iniciados. Apoiado por um instrumental enxuto e conciso, ARNALDO faz um mapeamento da carreira em uma paleta que, conforme ele, abrange ‘músicas mais ligadas a questionamentos, ao comportamento subversivo e outras mais formais”.

Transitando por temas gravados com os TITÃS, TRIBALISTAS e carreira solo, o disco suporta o formato desplugado sem se afogar na banalidade que já marcou projetos semelhantes. “A Nossa Casa”, “Debaixo d’Água”, Sem Você” e “Música Para Ouvir” apresentam quase uma recriação de seus formatos originais, as batidaças ‘Alma”, “De Mais Ninguém” e “Socorro” (esta com um arranjo de banda de baile setentista interessantíssimo) renovam o folêgo original e as duas canções (então) inéditas, “Dentro de um Sonho” e “Ligado à Você” não comprometem. Quanto as regravações de ‘Hereditário” e o medley de “O que /Comida” aí não tem jeito- estas só com os TITÃS mesmo.

Em “Envelhecer”, faixa que fecha o disco se ouve “Ser eternamente adolescente nada é mais démodé / com uns ralos fios de cabelo sobre a testa que não para de crescer /Não sei por que essa gente vira a cara pro presente e esquece de aprender /Que felizmente ou infelizmente sempre o tempo vai correr”. Felizmente, o tempo tem corrido muito bem a esse sujeito.

Track List:
1. "A Casa é Sua"
2. "A Nossa Casa"
3. "Debaixo D'água"
4. "Dentro de um Sonho"
5. "Sem Você"
6. "Se Assim Quiser"
7. "De Mais Ninguém"
8. "Alma"
9. "Consciência"
10 "Até o Fim"
11. "Engrenagem"
12. "Pop Zen"
13. "O Seu Olhar"
14. "Ligado a Você"
15. "O Que / Comida"
16. "Fora de Si"
17. "Música para Ouvir"
18. "Envelhecer"

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Rock in RioRock in Rio
Mais uma atração no dia do The Who e Guns N' Roses

2012 acessosTitãs: banda mostra música sobre estupro e assédio em show898 acessosTitãs: Bom tributo ajuda a revelar novas bandas do Brasil629 acessosTitãs: veja o show da banda no Marco Zero em Recife0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Titãs"

Rock nacionalRock nacional
Ele está morto e todos viraram cervejeiros

CoversCovers
Blog elege os melhores da MPB em versão Rock

Rock NacionalRock Nacional
Os 15 melhores riffs de guitarra

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Arnaldo Antunes"0 acessosTodas as matérias sobre "Titãs"

Guns N RosesGuns N' Roses
Transtorno bipolar, a doença de Axl Rose

Iron MaidenIron Maiden
A foto que teria inspirado Derek Riggs na criação de Eddie?

PoisonPoison
A pornografia que quase matou Bret Michaels

5000 acessosSilverchair: Daniel Johns surge bêbado e de batom nas ruas de Sydney5000 acessosQueen: garoto de 11 anos canta clássico no The Voice Kids Brasil5000 acessosIron Maiden: Divulgadas fotos comprometedoras de Nicko McBrain5000 acessosMetallica: banda considerou contratar baixista do Megadeth5000 acessosAnnihilator: "A cena está crescendo, mas precisa de um novo Metallica"5000 acessosPra convencer: dez álbuns de metal para quem não gosta de metal

Sobre Paulo Severo da Costa

Paulo Severo da Costa é ensaísta, professor universitário e doente por rock n´roll. Adora críticas, mas não dá a mínima pra elas. Email para contato: joaopsevero@bol.com.br.

Mais matérias de Paulo Severo da Costa no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online