Nervosa: Debut mostra a qualidade do trio de garotas thrashers

Resenha - Victim of Yourself - Nervosa

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá
Enviar Correções  

9


Após a grande repercussão do EP "2012", a NERVOSA se tornou uma das grandes promessas do underground nacional. Praticando um thrash metal ríspido, brutal e técnico, o trio de garotas chamou a atenção do público pela qualidade indiscutível de suas composições, e com muita atitude, conquistou seu espaço, mesmo diante de um estilo machista por natureza. E a coisa agora fica ainda mais séria com o lançamento deste seu excelente debut, "Victim of Yourself", que acaba de ser disponibilizado no mercado nacional via Diehard Records.

publicidade

Mantendo intacta a sonoridade apresentada no EP, e ainda mais brutal e técnica, a banda nos brinda com uma sonoridade bem agressiva e old school, remetendo a nomes como SLAYER, EXODUS, KREATOR e DESTRUCTION. A única coisa mais atual aqui é a excelente qualidade de gravação do material, produzido por Marcello Pompeu, e mixado e masterizado por Heroes Trench, no Mr. Som.

publicidade

Durante todo o interregno do álbum, as garotas não dão sossego ao ouvinte, com uma pedrada atrás da outra, desde a "Intro" (tenebrosa e tensa como o estilo exige) até o encerramento, com a ultra-brutal "Urânio em Nós".

publicidade

Novamente as guitarras de Prika Amaral dão um show de riffs aqui (os solos continuam raríssimos), com ótimas levadas que as vezes até nos remetem ao death metal; assim como Fernanda Lira, que além de ser uma baixista de muita qualidade (repare, por exemplo, em "Wake Up and Fight" toda sua técnica), continua cantando muito, lembrando os bons tempos do grande Chuck Schuldiner (DEATH, CONTROL DENIED), na fase do disco "The Sound of Perseverance".

publicidade

Em relação às faixas, os destaques ficam para "Twisted Values", "Justice Be Done", "Nasty Injury" e "Death", que mostram que não é a toa a grande repercussão que a banda vem obtendo tanto no Brasil quanto no exterior (inclusive, conseguindo um contrato com uma das grandes gravadoras do estilo – Napalm Records - para lançamento do álbum na Europa).

publicidade

Sem dúvida um dos grandes discos de thrash metal de 2014, e que coloca a NERVOSA dentre as grandes bandas do estilo na atualidade. Por isso, fica a dica: deixe os "mimimis" de lado, e confira o disco sem preconceitos, pois se você curte thrash, feito com paixão e qualidade, dificilmente irá se arrepender!

publicidade

Victim of Yourself - Nervosa
(2014 – Diehard Records - Nacional)

Formação:
Prika Amaral - Guitars, Vocals
Fernanda Lira - Vocals, Bass
Pitchu Ferraz - Drums

Track List:

1. Intro
2. Twisted Values
3. Justice Be Done
4. Wake Up and Fight
5. Nasty Injury
6. Envious
7. Morbid Courage
8. Death
9. Into Mosh Pit
10. Deep Misery
11. Victim of Yourself
12. Urânio em Nós

publicidade


WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin