Matérias Mais Lidas

Metalium: baixista e membro fundador, Larz Ratz morre aos 53 anos em acidente aéreoMetalium
Baixista e membro fundador, Larz Ratz morre aos 53 anos em acidente aéreo

Dee Snider: Jon Schaffer é um pedaço de m*rda que envergonha a comunidade metalDee Snider
"Jon Schaffer é um pedaço de m*rda que envergonha a comunidade metal"

Yngwie Malmsteen: Mark Boals diz que gostaria de desouvir os vocais deleYngwie Malmsteen
Mark Boals diz que gostaria de "desouvir" os vocais dele

Slash: Duff McKagan esperava ver um cara punk quando o conheceuSlash
Duff McKagan esperava ver um cara punk quando o conheceu

Metallica: 10 músicas menos conhecidas que todos precisam ouvir, segundo a Kerrang!Metallica
10 músicas menos conhecidas que todos precisam ouvir, segundo a Kerrang!

Black Sabbath: 15 músicas perfeitas para apresentar a fase Dio para um inicianteBlack Sabbath
15 músicas perfeitas para apresentar a "fase Dio" para um iniciante

Pitty: cantora publica foto nua na internet e bate recorde de curtidasPitty
Cantora publica foto nua na internet e bate recorde de curtidas

Metal Hammer: o álbum mais subestimado de 20 grandes bandas de rock e metalMetal Hammer
O álbum mais subestimado de 20 grandes bandas de rock e metal

LA Weekly: as 20 piores bandas de todos os temposLA Weekly
As 20 piores bandas de todos os tempos

Dimebag Darrell: Seus 16 maiores riffs em todos os tempos, segundo o site The PitDimebag Darrell
Seus 16 maiores riffs em todos os tempos, segundo o site The Pit

Guns N' Roses: Axl quis contratar o guitarrista do Red Hot Chili PeppersGuns N' Roses
Axl quis contratar o guitarrista do Red Hot Chili Peppers

Attomica: André Rod relembra décadas de trajetória da lendária banda de Thrash MetalAttomica
André Rod relembra décadas de trajetória da lendária banda de Thrash Metal

Em 15/04/2001: Morria Joey Ramone, uma das maiores lendas da história do rockEm 15/04/2001
Morria Joey Ramone, uma das maiores lendas da história do rock

Angra: com bênção de Andre Matos, Bruno Sutter foi cogitado para entrar na bandaAngra
Com bênção de Andre Matos, Bruno Sutter foi cogitado para entrar na banda

Rolling Stones: 5 faixas isoladas de guitarra para provar que Keith Richards é um gênioRolling Stones
5 faixas isoladas de guitarra para provar que Keith Richards é um gênio


Stryper: "No More Hell To Pay" (Delux Ediccion + Musica Extra)

Resenha - No More Hell To Pay - Stryper

Por Jefferson Guedes Giammelaro
Em 31/01/14

CD de inéditas lançado em 05 de Novembro de 2013 , é o primeiro de inéditas com a formação original desde sua volta, este CD caminha no limiar entre o Hard Rock e o Heavy Metal, "No More Hell To Pay" veio para marcar mais um capítulo positivo na história da banda, e para ser um dos melhores trabalhos feitos por eles.

Realmente um CD que foi lançado para os fãs como um presente, para colocar o STRYPER no lugar que nunca deveria ter saído, para relembrar época de ouro e saber que essa banda que tem ótimos músicos e com capacidade para lançarem ainda muitas coisas boas.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Este CD merece uma análise cuidadosa do trabalho todo, começando pelo encarte, muito bem produzido, com algumas fotos bem legais, que lembram o período do áuge da banda e cada página com detalhes em preto e amarelo a marca registrada da banda. A capa do CD um desenho muito legal, sendo está uma das melhores capas de CD´s da banda e uma das melhores de 2013. Uma foto em especial chama a atenção, que é a foto em que eles estão na mesma pose dos anos 80 que está no encarte do CD "To Hell With The Devil". E nos agradecimentos chama a atenção o agradecimento especial a Dave Mustaine e família, feita por Michael que revela ter uma amizade próxima ao frontman do MEGADETH.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Revelation - Um Hard/Heavy com um riff bem forte de inicio, com a cara do Stryper, essa é a típica música que encaixa a banda no limiar do Hard rock com o Heavy metal, o vocal bem polido, a marcação das guitarras, o baixo e bateria numa harmonia simples e marcante. O refrão forte, uma música que se encaixaria bem na fase mais Hard Rock da banda, mas não se torna estranha numa fase mais Heavy, o ótimo solo primando muito mais para a parte harmônica e melódica que para a velocidade. Ótima música

No More Hell To Pay - "Title Track" do CD, começa com ótimos riffs de guitarra, já mostrando o lado que permeia o CD que é a proximidade para o o estilo mais Heavy Metal do Stryper... A potência do vocal começa a aparecer no CD, uma música que realmente tem o clima dos anos 80, algo na linha do CD "To Hell With The Devil"... grande som... guitarras fazendo duetos em riffs marcantes, a marcação da bateria e o baixo muito firmes. O solo muito expressivo... Os vocais de apoio são outro ponto alto da música também fazendo menção ao passado. Essa foi a música utilizada para o primeiro video da banda, confira abaixo:

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Saved by Love - Heavy... talvez a melhor do CD, um pouco mais rápida, ótimos riffs, gritos, potência e um refrão FANTÁSTICO, com gritos duplicados, os vocais de apoio de OZ no coro merecem destaque, por que a voz dele é muito boa!! O solo é veloz, feroz e termina num estilo muito conhecido do STRYPER, com harmônicas.A potência dos vocais são destaques, gritos que parecem que saíram do cd "Against The Law". Essa música ao vivo vai ser um fenômeno se for tocada próxima ao original.

Jesus Is Just Alright - Um cover fabuloso, são releituras desta maneira que valem a pena serem ouvida, pois não se tornam apenas uma música gravada por outra banda. A versão original é bem interessante, mas é definitivamente menos pesada que essa versão. Realmente o STRYPER quando faz releituras mandam muito bem o CD "The Covering" foi um ótimo CD, e essa música não fica atrás, guitarras fazendo duetos e alguns solos muito bons e divididos como é normal na banda , ótimo grito final, grande música.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

The One - A "Power-Balad" do CD não poderia ficar de fora, e ficou melhor que nunca, sem piano (sem preconceitos, apenas uma característica), assim imagino que será muito mais fiel ao vivo, os vocais de apoio bem característico do STRYPER. Com o peso de uma balada heavy hard, o solo é fantástico. Tudo o que se espera de uma balada do STRYPER, efeitos nas guitarras, duetos de guitarra e os vocais com muito sentimento, ótima a música!

Legacy - A mais pesada do CD, agressiva, cheia de potência, riffs poderosos e pesadíssimos, gritos, baixo e bateria precisos, vocal agressivo e solo rápido e marcante. Heavy Metal da melhor qualidade, mostrando a evolução que o tempo deu a banda e a capacidade de após mais de 20 e tantos anos fazer um som realmente pesado. Esta música entra para ser um dos futuros hinos da banda com toda a certeza.

Marching Into Battle - Outra música muito boa, marcante, pesada, e um destaque merecido para o baixo que faz uma ótimo groove e uma linha de condução muito boa e casada com a bateria que realmente merecem destaque. Os riffs de guitarra trouxeram um peso e até algo "sombrio" para os fins das frases, o refrão faz a música chegar ao nível de um provável clássico da banda. Sem dúvidas será uma das músicas que serão agregadas no set-list da banda em todos os shows. O solo dividido é fantástico, tanto Oz quanto Michael são ótimos guitarristas, e pra variar gritos ótimos...

Te Amo - Que começo alucinante que tem essa música, depois passa para um ótimo Hard Rock, o refrão e as expressão "Te Amo" (que em português e espanhol se escrevem da mesma maneira) é uma jogada ótima da banda que tem no mercado latino muitos fãs e consolida a banda nestes mercados (inclusive a banda tem um DVD gravado em Porto Rico, e todos os anos excursionam para lá). O solo é um dos melhores do CD e o final em dueto, deixa essa música melhor ainda... ótima música no limiar entre Hard/Heavy que se encaixa e poderia estar em qualquer CD da banda, desde o primeiro ao último.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sticks & Stones - Riff pesado e agressivo, uma música muito boa, que tem seus destaques e pontos altos nos ótimos vocais e o solo com "wha-wha", talvez seja a mais "fraca" do CD por não trazer nenhuma novidade, mas nem de longe é uma música ruim.

Water Into Wine - Começo bem marcado e marcante, e letra muito boa... o baixo novamente fazendo um groove muito bom, e os back vocais mantendo a energia desta música lá em cima. O destaque são os vocais, pois os vocais de Oz e Timothy são ótimos. O solo é uma volta ao tempo, clima perfeito do Hard Rock do passado do STRYPER.

Sympathy - Segundo single do CD, segundo vídeo lançado. O riff é simples mas ótimo, a música apesar de não ser tão rápida tem a energia super alta, o vocal brilhando muito, os instrumentos numa perfeita sinergia. O refrão é bem forte e solo eficiente. A parte mais marcante é a volta do solo com vocais/baixo e bateria. Música que deixa sua marca no CD. Confira abaixo o vídeo:

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Renewed - Um som poderoso para fechar o CD, música marcante e com certeza muitos considerarão como uma das melhores do CD, vocais que remetem ao fim dos anos 80, instrumentais perfeitos, solo animal, os gritos no fim da música são como presentes para aqueles que apreciam essa característica da banda.

Uma das melhores bandas do gênero, e aí não falo de religião e sim de estilo de música, de qualidade... O STRYPER sofre um certo preconceito de ambos os lados: um por ser cristão e tocar metal, e o outro por tocar Metal e ser cristão (já sofreu bem mais que hoje, mas ainda é evidente que continua existindo, e ela mesma foi a responsável por quebrar grande parte desta barreira), mas não podemos negar que é uma banda com enorme qualidade e potencial. São grandes músicos, compositores e têm muito carisma em cima dos palcos.

Esse CD com certeza preenche a lacuna desde a volta da banda, ou até mesmo desde o lançamento de "Against the law" de um CD com músicas inéditas que sejam realmente boas, não que os outros tenham sido CDs ruins ou devam ser desprezados na discografia da banda, apenas não foram tão bons quanto os que foram lançados anteriormente.

"The Covering" e "Second Coming" preparam uma base mais Heavy Metal ótima que neste CD se consolidou, as músicas inéditas que foram lançadas "God" (The Covering), "Bleeding from Inside Out" e "Blackned" (Second Coming) já traziam uma pitada de um peso maior , a regravação dos clássicos dos três primeiros CDs ficaram ligeiramente mais pesadas, e isso era um indício de como o som caminhava, principalmente em "God" e "Blackned" as inéditas que são realmente muito boas.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

CD marcante, a volta de um trabalho só de inéditas com a formação original da banda, RESPEITO, essa é a palavra, um CD de respeito, que pode realmente entrar com um dos melhores lançamentos de 2013.

1. Revelation [4:30]
2. No More Hell To Pay [4:53]
3. Saved By Love [3:7]
4. Jesus Is Just Alright [5:10]
5. The One [4:10]
6. Legacy [4:14]
7. Marching Into Battle [4:44]
8. Te Amo [4:6]
9. Sticks & Stones [4:10]
10. Water Into Wine [3:41]
11. Sympathy [4:2]
12. Renewed [4:20]

13. First Love (Orchestral Version) (Bonus Track) [4:20]

Na versão japonesa do CD, eles colocaram c omo bônus a música "First Love", confira abaixo:

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Curiosidades e detalhes do DVD de 21 minutos:

A minha versão é a Digipack versão especial, e neste DVD de 21 minutos de extras se encontram os dois clipes em alta qualidade e entrevistas com os membros das bandas, onde é legal de destacar:

Te Amo - Foi realmente criada pensando na língua Espanhola, pois eles dizem que nos shows nos países onde tem essa língua predominante, sempre estão lotados e o público é bem fiel, normalmente o dobro ou o triplo de pessoas que eles tem normalmente nos shows nos USA.

Marching Into Battle - Na entrevista eles relatam que essa música foi iniciada quando Michal tinha 16 anos, os riffs se mantiveram os mesmos, e a alteraram a letra, para o baterista da banda, ela é uma volta aos "Early Days" da banda.

Sticks & Stones - Para o vocalista esta música tem o clima do Guns N´ Roses.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sympathy - Foi escolhida como single e clipe, depois que Dave Mustaine ouviu o som, e nos dias seguintes ligou para MIchael dizendo que ela não saira de sua cabeça, que realmente era uma música muito poderosa.

Saved by Love - A favorita de Michal Sweet, ele sente que tem uma pegada de MOTORHEAD e que inclusive já declarou no através do Twitter, que essa é a música mais difícil de cantar e tocar do CD, inclusive usando a expressão "Hands Down"

Legacy - Uma música que segundo eles é para nos fazer pensar, pensar sobre o por que da nossa vida, se trabalhamos apenas para conquistar coisas, como carro, roupas, e que tudo isso apenas ficará após morrermos, e o que nós deixaremos como legado?

Uma parte de entrevista é muito interessante, Michael afirma que em 2014 serão lançados um CD ao vivo (que já teve partes gravadas no show que aconteceu dia 16 de Novembro de 2013 (com todas as entradas vendidas) na casa Whisky a Go Go) e que também produzirão um novo CD de inéditas.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Michael Sweet: vocal e guitarra.
Oz Fox: guitarra e vocais.
Robert Sweet: bateria.
Timothy Gaines: baixo e vocais.


Outras resenhas de No More Hell To Pay - Stryper

Stryper: Sim, o novo disco é de fato tão bom quanto dizem

Stryper: Será que voltamos aos anos oitenta?

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

💬 Ler e postar comentários


Stamp
publicidade
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Stryper: Michael Sweet diz que é questão de tempo até a Bíblia ser canceladaStryper
Michael Sweet diz que é "questão de tempo" até a Bíblia ser "cancelada"

Stryper: Michael Sweet revela seu top 10 de músicas da bandaStryper
Michael Sweet revela seu top 10 de músicas da banda

Michael Sweet: repassando fake news sobre brasileiro morto após vacina da CovidMichael Sweet
Repassando fake news sobre brasileiro morto após vacina da Covid


Top 5: discos solo que foram lançados sob o nome de bandasTop 5
Discos solo que foram lançados sob o nome de bandas

Stryper: O Judas Priest mudou minha vida musicalmente, afirma Michael SweetStryper
"O Judas Priest mudou minha vida musicalmente", afirma Michael Sweet

Top 20: discos recentes de bandas clássicas tão bons quanto os antigosTop 20
Discos recentes de bandas clássicas tão bons quanto os antigos


Black Sabbath: um Tony Iommi que você não conheciaBlack Sabbath
Um Tony Iommi que você não conhecia

The Voice Kids: garotinha canta Led Zeppelin e conquista todosThe Voice Kids
Garotinha canta Led Zeppelin e conquista todos


Sobre Jefferson Guedes Giammelaro

Um cara que gosta muito de música e que sabe que ela pode ser muito mais que apenas sons (ou barulho), mas sim algo que pode mudar vidas. Casado, cristão, guitarrista, colecionador de CDs e um cara que gosta muito de divulgar, reviver e ajudar na caminhada de novas e antigas bandas que não são apenas passageiras, mas que acrescentem algo na jornada... Buscando voltar à essência! Twitter: @je_ggg.

Mais matérias de Jefferson Guedes Giammelaro no Whiplash.Net.