Savatage: Um dos clássicos relançado em versão nacional

Resenha - Wake of Magellan - Savatage

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá
Enviar Correções  

9


A morte de uma jornalista irlandesa (Veronica Grein) por denunciar o tráfico de drogas em seu país. Um incidente de um navio tailandês (Maersk Dubai) que parte para a América, onde o capitão manda jogar ao mar passageiros clandestino que encontra, e apenas um é salvo por um marinheiro do cargueiro, arriscando a própria vida ao mantê-lo escondido. Os últimos momentos de Hector Del Fuego Magellan, descendente de Fernão de Magalhães, que, aos 87 anos, reflete sobre seu tempo perdido em vida e, cansa de tudo, resolve navegar sozinho até o momento em que o destino desse cabo de sua vida no mar. Três histórias que se cruzam de uma forma surpreendente.

Partindo dessa premissa conceitual, em 1998 o SAVATAGE lançava um dos melhores álbuns de sua discografia (o terceiro conceitual), o último com Zak Stevens nos vocais. Além disso, o álbum contava ainda com uma dupla fantástica de guitarristas, Chris Caffery e Al Pitrelli, além do talento das composições de Jon Oliva e do produtor Paul O’Neill, que também tem muito crédito pelo nível de evolução que a música da banda atingiu.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O disco possui treze faixas excepcionais, mostrando ínsito o verdadeiro conceito de uma ópera rock, com climas variados, arranjos riquíssimos, e melodias instrumentais e vocais tocantes, que levam o ouvinte a vivenciar a história contada durante toda a audição do álbum.

Em relação ao repertório das faixas, temos alguns dos maiores clássicos da banda, como as pesadas "Turn To Me" e "Another Way" (com uma performance vocal avassaladora de Jon Oliva) , as melódicas "Morning Sun" e "Anymore", além das bombásticas e memoráveis "Welcome", a faixa título, e a fantástica "The Hourglass".

publicidade

Sem dúvida, trata-se de um dos melhores álbuns da carreira da banda, que infelizmente, após o álbum seguinte, "Poets and Madmen" (2001 – já sem Zak nos vocais), encerrou sua carreira, deixando um profundo vazio na vida de seus fãs.

Contudo, vale lembrar que, seguindo com os lançamentos do conjunto, a Hellion Records acaba de colocar no mercado uma nova versão de "The Wake of Magellan", que vem em um belíssimo digipack, e trazendo duas músicas bônus acústicas. Impossível deixar passar um clássico desses!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

The Wake of Magellan – Savatage (relançamento 2013 – Hellion Records - Nacional)

Formação:
Zachary Stevens - Vocals
Chris Caffery - Guitar, Vocals
Al Pitrelli - Guitar, Vocals
Jon Oliva - Keyboards, Vocals
Johnny Lee Middleton - Bass, Vocals
Jeff Plate - Drums

Track List:

1. The Ocean
2. Welcome
3. Turns to Me
4. Morning Sun
5. Another Way
6. Blackjack Guillotine
7. Paragons of Innocence
8. Complaint in the System (Veronica Guerin)
9. Underture
10. The Wake of Magellan
11. Anymore
12. The Storm
13. The Hourglass

Bonus Tracks:
14. Desirée (Acoustic Version)
15. Stay (Acoustic Version)




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Savatage: Jon Oliva tem criado músicas novas e banda sempre conversa sobre voltaSavatage
Jon Oliva tem criado músicas novas e banda sempre conversa sobre volta

Black Sabbath: Jon Oliva, do Savatage, foi considerado para ser o vocal nos anos 80Black Sabbath
Jon Oliva, do Savatage, foi considerado para ser o vocal nos anos 80

Savatage: baixista do Exodus grava cover de "Hall of The Mountain King"


Parcerias Brilhantes: duplas que marcaram históriaParcerias Brilhantes
Duplas que marcaram história

Prog Metal: os 10 discos essenciais segundo o TeamRockProg Metal
Os 10 discos essenciais segundo o TeamRock


Exemplos: 10 músicos com deficiências ou problemas de saúdeExemplos
10 músicos com deficiências ou problemas de saúde

Slayer: assista Ivete Sangalo cantando Dead Skin MaskSlayer
Assista Ivete Sangalo cantando "Dead Skin Mask"


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

CliHo WhiFin Cli336 CliIL