RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemRoger Waters se defende, mas David Gilmour fica do lado da esposa e confirma tudo

imagemEm 1974, Raul Seixas explicava detalhes dos significados por trás da letra de "Gita"

imagemVeja o que esperar da turnê do Mayhem no Brasil

imagemQuem ganhou e quem devia ter ganhado o Grammy de metal desde 1989, segundo Loudwire

imagemRodinha de mosh gigantesca em show do System of a Down viraliza e impressiona

imagemJimmy Page diz não haver gênio no rock - mas um gênio fez ele se contradizer

imagemMegadeth é processado por artista que criou capa do último disco da banda

imagemO show do Engenheiros do Hawaii sem Humberto, que eles achavam que havia sido sequestrado

imagemO ponto fraco de Yngwie Malmsteen segundo Ronnie James Dio, em 1985

imagemAs 20 melhores músicas do Nightwish, em lista da Metal Hammer

imagemA reação de King Diamond ao ouvir Metallica tocando músicas do Mercyful Fate

imagemRússia pede para que Roger Waters fale com a ONU sobre a situação da Ucrânia

imagemPor que Herbert Vianna gosta muito do riff de “Eu Quero Ver o Oco” do Raimundos?

imagemBruce Dickinson explica como cuida de sua voz

imagemRoger Waters ataca a Ucrânia e é ofendido por esposa de David Gilmour


Def Leppard Motley Crue 2

Amon Amarth: muito mais brutal que a maioria das bandas do estilo

Resenha - Deceiver of the Gods - Amon Amarth

Por Junior Frascá
Postado em 05 de agosto de 2013

Nota: 9

Após o excepcional "Surtur Rising" (2011), os vikings mais amados do metal contemporâneo retornam com um novo disco, novamente surpreendendo o ouvinte, com outro trabalho memorável, e que certamente figurará entre os melhores de sua discografia.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Embora mantenha uma sonoridade bem agressiva e brutal, o disco mostra a banda ainda mais preocupada em criar boas melodias, que cativem facilmente o ouvinte, como fica claro em cada uma das 10 faixas da versão regular do álbum. Mas, como fica claro em toda a discografia da banda, e aqui é mais uma vez comprovado, não há como simplesmente classificar o som da banda como death metal melódico, pois o AMON AMARTH é muito mais brutal que a maioria das bandas do estilo, mas mesmo assim consegue também se destacar pelos ótimos arranjos, belas melodias criadas e uma variedade de outras influências que tornam sua música única.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Deceiver of the Gods" e "As Loke Falls", escolhidas para abrir o trabalho, mostram que a banda está em plena forma, e trazem ainda influências muito bem vindas de thrash metal.

Outro grande destaque fica para a maravilhosa "Hel", que conta com a presença mais especial de Messiah Marcolin (ex-CANDLEMASS), e possuí um dos riffs mais legais da carreira da banda, e um clima soturno de arrepiar.

A produção do mestre Andy Sneap também precisa ser mencionada, pois a qualidade sonora do álbum beira a perfeição, com timbres de guitarra estupendos, mas sem ofuscar os demais instrumentos e as linhas vocais, que trilham seus caminhos de forma orgânica e precisa.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Portanto, o AMON AMARTH mais uma vez mantém sua fama de nunca decepcionar os fãs, e a cada novo lançamento amplia ainda mais seus horizontes musicais. Certamente um disco a constar da lista dos melhores de 2013.

Deceiver of the Gods – Amon Amarth
(2013 – Metal Blade - Importado)

Tracklist:
CD 1:
1. Deceiver of the Gods
2. As Loke Falls
3. Father of the Wolf
4. Shape Shifter
5. Under Siege
6. Blood Eagle
7. We Shall Destroy
8. Hel
9. Coming of the Tide
10. Warriors of the North

CD 2 (deluxe edition)
Under the Influence (EP):
1. Burning Anvil of Steel
2. Satan Rising
3. Snake Eyes
4. Stand Up to Go Down


Outras resenhas de Deceiver of the Gods - Amon Amarth

Resenha - Deceiver of the Gods - Amon Amarth

Resenha - Deceiver of the Gods - Amon Amarth

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp

Metal sueco: site elege as dez melhores bandas da Suécia

Amon Amarth e Abbath: bandas visitam o cristo redentor

Amon Amarth: banda virá ao Brasil em maio; Abbath abre os shows

Metal Hammer: As melhores músicas da história do Death Metal


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.
Mais matérias de Junior Frascá.