Tequila Baby: novo álbum tinha uma dura batalha pela frente

Resenha - Por Onde Você Andava? - Tequila Baby

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por RUDSON XAULIN
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


A banda brasileira de punk rock, a tradicional e consagrada TEQUILA BABY, que vem a quase duas décadas fazendo bons discos e liberando grandes canções, isso é um fato inegável, em 2012 lançou o último trabalho de estúdio, o intitulado "Por Onde Você Andava?" (sexto disco da banda), que já de cara tinha uma missão difícil: Suceder o bom álbum "Lobos Não Usam Coleira", de 2008, que trazia com ele o hit "ALELUIA", além de "HEY GIRL", "FOI CAPRICHO MEU" e "BIENVENIDO A RODA PUNK", o novo álbum da banda tinha uma dura batalha pela frente.
56 acessosRudson Xaulin Apresenta: Parte 1 - Tequila Baby5000 acessosAxl Rose: sugerindo prática oral sexual a Paul Stanley

Abrindo o disco temos uma canção radiofônica, a bela "DEIXE O TEMPO PASSAR (VOZ AO VENTO)". A faixa é boa do começo ao fim, carregada pela voz inconfundível de DUDA CALVIN cantando uma bela e fácil letra, aquele tipo de canção que você não percebe que já esta cantarolando assim que escuta, um certeiro hit do disco. A harmonia dos riffs de guitarra de JAMES ANDREW dá um clima mágico para uma música que tem a cara de um belo som de final de semana... Na sequencia temos, "BRIGAS DE AMOR", uma música que mostra o quanto a banda cresceu e amadureceu com o tempo, a letra fala de um triste cotidiano que muitos vivem, e vão morrer sem de fato viver, mas sem encontrar respostas para muitas coisas. Mais uma vez a letra da canção deve ser ouvida com atenção.

A próxima música se chama "DESILUSÃO", é mais uma que você vai ouvir e voltar muitas vezes nela querendo um pouco mais. Canção que chama a atenção no disco e mostra com clareza o bom trabalho nos backing vocals da banda. Um punk direto, mais rápido que as músicas anteriores do disco, a cara da TEQUILA BABAY e vai agradar os fãs mais antigos da banda com certeza... "SÁBADO A NOITE" é a quarta faixa do álbum, canção com destaque para a bateria de RAFAEL HECK, outra música rápida e carregada na voz de DUDA CALVIN e de certo modo, soa engraçada com a citação de "se ela era feia antes d'eu beber".

Continuamos mergulhando no bom disco da banda, quem da às caras agora é "MULHER PROBLEMA", com um riff clássico, bem a cara de JAMES ANDREW, e um passeio em uma letra que muitas pessoas vão se identificar logo de cara. Destaque também para DUDA CALVIN, buscando esticar as notas com sua típica voz gritada e rasgada, uma boa canção... Depois é a vez de "TALVEZ FOSSE", uma grande e boa surpresa do álbum, a banda faz um bom trabalho inicial com violões e logo depois quebra tudo com um punk rock que lembra muito aquelas típicas canções de pubs, amigos bebendo e jogando conversa fora, enquanto essa música toca de fundo, clima perfeito para seguirmos no disco.

"CONTANDO ESTRELAS", a sétima do álbum, mais uma com grande destaque para o violão, agradável demais de se ouvir e uma música que certamente acertou em cheio o gosto dos fãs da banda. Falando de amor, a TEQUILA BABY mostra canções mais dirigidas para o sentimento propriamente dito, e joga com baladas aqui e lá, e vai acertando a mão quando se arrisca a sair do seu punk típico, rápido e direto, grande canção... Mais uma excelente introdução de violão de JAMES ANDREW, e chegamos a "PÂNICO", uma música calma que da um giro pelo país inteiro e praticamente clama por pessoas melhores em qualquer canto, a banda mais uma vez fez um ótimo trabalho quando resolveu falar de amor. A banda crava na sua cabeça os dizeres repetidos de "Pânico... Pânico... Pânico...". Outra agradável surpresa do disco.

Agora é a vez de "POR QUÊ?" aparecer no disco, uma ótima faixa, uma das melhores do disco por si dizer. Destaque imenso para o trabalho de baixo de DAVI PACOTE e na cozinha da banda. A letra correndo solta e praticamente é possível imaginá-la ao vivo com DUDA CALVIN cantando "Acordar, levantar, barbear, se pentear, se vestir, trabalhar" batendo uma de suas mãos ao peito e apontando o dedo indicador ao publico. Essa canção é a cara da banda ao vivo, sem sombra de duvidas... "NÃO TRAZ FELICIDADE" é mais uma que vem carregada do bom e velho estilo da banda: Rápida, bateria bem marcada, guitarra e baixo dando o colchão perfeito para o vocalista deixar tudo mais rápido e se deitar em mais uma pedrada certeira! A TEQUILA BABY tem um grande destaque quando faz punk rock: Não importa como e com que letra, a banda tem uma receita que sempre da certo, confeccionar músicas que te levam para os antigos discos do grupo é praticamente um trabalho fácil para eles, e assim por se dizer, um ótimo trabalho.

"TIMIDEZ" vem a galope lentamente nas cordas do violão, a calmaria logo se desfaz quando a banda toda mostra serviço, destaque novamente para o baixo de DAVI PACOTE. A letra da faixa fica o tempo todo gritando nos seus ouvidos o que todos já possam ter enfrentado na vida, por causa da "maldita timidez"... Na sequencia temos a música "PESSIMISMO", lembra de cara a grande influencia da banda, a lenda chamada RAMONES, mais um bom punk rock certeiro, assim como a seguinte, "A ULTIMA MEXICANA", punk rock puro, a cara da roda punk, a cara do punk de verdade.

E para finalizar o álbum temos "LONGE DOS OLHOS", mais uma balada que a banda deixa correr solto algum tipo de mudança que ocorreu no meio do caminho. De certo modo, a banda trás um novo álbum que pode dividir a opinião dos fãs por trazer baladas, violões, mas é inegável que a banda continua fazendo grandes canções. Um bom disco, um álbum fácil de ser encontrado nas lojas e com preço muito acessível, onde a banda mostra mais uma vez que pensa em tudo, desde fazer as suas canções, trabalhar nas suas músicas e mesmo nos dias de hoje, dar a chance de todo fã conseguir ter em casa um bom disco de punk rock!

O álbum termina com quase 50 minutos de duração, e do começo ao fim a banda mostra um punk rock mais moderno, mas longe de ser ruim, mesquinho ou "mais do mesmo". A banda vem a quase duas décadas sendo ela mesma, e o melhor de tudo, a banda já mudou, vai mudar mais vezes, mas a TEQUILA BABY nunca se vendeu.

Por Onde Você Andava?
01 – Deixe o Tempo Passar (Voz ao Vento)
02 – Brigas de Amor
03 – Desilusão
04 – Sábado a Noite
05 – Mulher Problema
06 – Talvez Fosse
07 – Contando Estrelas
08 – Pânico
09 – Por Quê?
10 – Não Traz Felicidade
11 – Timidez
12 – Pessimismo
13 – A Ultima Mexicana
14 – Longe Dos Olhos

DUDA CALVIN – vocal
JAMES ANDREW – guitarra
RAFAEL HECK – bateria
DAVI PACOTE – baixo e voz

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

56 acessosRudson Xaulin Apresenta: Parte 1 - Tequila Baby0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Tequila Baby"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Tequila Baby"

Axl RoseAxl Rose
Sugerindo prática oral sexual a Paul Stanley

LuxúriaLuxúria
Uma lista de alguns dos clipes mais sexys da história

Corey TaylorCorey Taylor
"Não comprem a playboy da Lindsay Lohan"

5000 acessosPorn Metal: Filmes para inspirar os headbangers solitários5000 acessosRock in Rio: algumas das maiores vaias em edições nacionais5000 acessosCover: 15 bandas que são quase tão boas quanto o original4229 acessosMetallica: Lars conta que o "Kill' Em All" influenciou novo álbum5000 acessosIron Maiden: Bruce não quer mais cantar Hallowed Be Thy Name?5000 acessosLoudwire: as capas de Heavy Metal mais assustadoras

Sobre RUDSON XAULIN

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online