Corrosion of Conformity: Animosity é história pela ousadia

Resenha - Animosity - Corrosion of Conformity

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Christiano K.O.D.A.
Enviar Correções  

publicidade

8


Há quase trinta anos, essa importante banda do Crossover/Southern Metal (atualmente) americana soltava seu segundo ‘full length’, com uma pegada cheia de ira, firme, rápida e rasteira.

Bateristas: os dez músicos mais loucos de todos os temposSeparados no nascimento: Bruce Dickinson e Leopoldo Pacheco

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em apenas 26 minutos, o trio, formado por Woody Weatherman (guitarra), Mike Dean (baixo/vocal) e Reed Mullin (bateria), despejam dez composições viscerais e sem descanso nos pobres ouvidos indefesos humanos.

Uma das que melhor respresenta esse clima agressivo é a faixa "Positive Outlook", veloz e guiada pelo vocal rebelde de Dean.

Aliás, vale falar desse timbre "simpático" do cantor, gritado e realmente cheio de energia explosiva. Certamente um dos destaques do álbum.

A pegada mais Punk Rock, estilo dos americanos no início da carreira, dá as caras em "Prayer". E o legal é que a sujeira deu um clima mais interessante a essa podridão.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Já um lado mais trabalhado e surpreendente é exibido na excelente faixa-título, instrumental que fecha o ‘play’. Destoa do restante das músicas, mas ao mesmo tempo é, de longe, uma das melhores do trabalho.

E o que acaba marcando o disco é exatamente essa mistura do Punk/Hardcore com o Metal. Sim, foi mais ou menos nesse período que o grupo começou a experimentar esse manjar dos deuses do som pesado. O resultado, claro, foi positivo.

A gravação, como já levemente mencionada, está bem suja e um tanto baixa, mas bem de acordo com a sonoridade dos caras, ainda mais considerando a época em que aconteceu. Em outras palavras: agradável e sanguinária!

"Animosity" é história do Metal pela ousadia. O Crossover começava a ganhar força e respeito entre bangers e punks, e o resto é história. O melhor: saiu em versão nacional pela Shinigami Records (www.shinigamirecords.com.br).

Corrosion of Conformity – Animosity
Metal Blade/Shinigami Records – 1985/2013 (relançamento) – Estados Unidos

Tracklist:
1. Loss for Words 04:04 Show lyrics
2. Mad World 01:53 Show lyrics
3. Consumed 02:51 Show lyrics
4. Holier 02:25 Show lyrics
5. Positive Outlook 03:02 Show lyrics
6. Prayer 02:24 Show lyrics
7. Intervention 02:24 Show lyrics
8. Kiss of Death 01:30 Show lyrics
9. Hungry Child 01:19 Show lyrics
10. Animosity 04:16 instrumental
Total: 26:08


Outras resenhas de Animosity - Corrosion of Conformity

Resenha - Animosity - Corrosion Of Conformity



Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Heavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1991Heavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados em 1991

COC: James Hetfield queria Pepper Keenan no MetallicaCOC
"James Hetfield queria Pepper Keenan no Metallica"


Bateristas: os dez músicos mais loucos de todos os temposBateristas
Os dez músicos mais loucos de todos os tempos

Separados no nascimento: Bruce Dickinson e Leopoldo PachecoSeparados no nascimento
Bruce Dickinson e Leopoldo Pacheco


Sobre Christiano K.O.D.A.

Um cara diretamente ligado ao Som Extremo, fã de livros e filmes, formado em Imagem e Som, Publicidade e Propaganda e Jornalismo. Faz parte da banda de grindcore Prey of Chaos e tem um blog dedicado à música barulhenta. Enfim, alguém que faz da música sua vida.

Mais matérias de Christiano K.O.D.A. no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL Cli336x280 CliInline