Electric Trip: algo realmente raro no cenário roqueiro tupiniquim

Resenha - Electric Trip - Electric Trip

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Calvin Pontel
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9


Ok, primeiramente devo admitir não ser um grande conhecedor do estilo desta banda em questão, mas acredito ter um mínimo de noção sobre o que aparece no mercado musical brasileiro tanto mainstream quanto underground a ponto de poder dizer com segurança que pude apreciar algo realmente raro no cenário roqueiro tupiniquim. Em meio a esse mar de mesmices, eis que surge ELECTRIC TRIP, um grupo de sete rapazes oriundos das terras sulistas de Nova Prata. Logo de cara, o primeiro destaque deste EP de estreia é a grande qualidade dos músicos presentes no grupo. São apenas três faixas que dificilmente nos fazem sentir falta de um vocal.

New York Times: os 100 melhores covers de todos os temposMotivação: 10 músicas de metal que melhorarão sua auto-estima

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mesclando Hard Rock, Blues e dando aquela pegada Southern, essa "gurizada"(nem tanto), instrumentalmente, não deixa nada a desejar se comparada aos grupos sulistas norte-americanos de mesmo gênero. Quem dera duas guitarras e um órgão Hammond fosse equipamento básico nas bandas de rock atuais, às vezes muitos (inclusive eu mesmo) esquecem o quão inteligente e bonita fica essa combinação, este último instrumento em particular, quando bem executado, merece o respeito de qualquer fã de música, que é o caso. Os constantes revezamentos de solos são, sem dúvida, o ponto mais alto. Faixas longas, mas nem um pouco cansativas é a melhor maneira de descrever um trabalho bem elaborado, criativo e instrumentalmente impecável.

O primeiro trabalho do grupo gaúcho, porém, não é instrumental, eles não só têm um vocalista presente como suas letras são cantadas inteiramente em português. Isso mesmo, em português, um investimento que nesse meio exige no mínimo, coragem. O vocalista FERNANDO SPAGNOL não chega a ser um JOHNNY VAN ZANT, mas com certeza não deixa quase nada a desejar com sua voz firme e consistente. O ponto realmente baixo da obra é a única coisa que infelizmente me impede de atribuir uma nota máxima à mesma, a performance do músico RICARDO FRIZON, que assume os vocais em "Chamanita" não é tão satisfatória quanto seu grande talento demonstrado aos teclados.

Em suma, ELECTRIC TRIP seria como o KANSAS cantado em português e ainda por cima, combinado com o talento de KEITH EMERSON? Bom, não sei quem é esse tal de RICARDO FRIZON, nem como ele teve coragem de furtar um Hammond clássico do falecido JON LORD, mas uma coisa posso garantir: ele sem dúvida sabe usá-lo. Pra finalizar, não estou dizendo que os fãs de KANSAS, LYNYRD SKYNYRD, 38 SPECIAL ou EMERSON, LAKE & PALMER irão gostar desta novidade de imediato, por isso não farei comparações desnecessárias, simplesmente ouçam e deixem que o som fale por si próprio.

Track-list:

01.Ouvindo Rock N' Roll
02.O Sol
03.Chamanita

http://www.myspace.com/etblues
http://pt-br.facebook.com/pages/Electric-Trip/30546611280646...




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Electric Trip"


New York Times: os 100 melhores covers de todos os temposNew York Times
Os 100 melhores covers de todos os tempos

Motivação: 10 músicas de metal que melhorarão sua auto-estimaMotivação
10 músicas de metal que melhorarão sua auto-estima


Sobre Calvin Pontel

Calvin Pontel, nascido em março de 95, residente em Porto Alegre - RS, estudante. É criador do Canal do Caveira no YouTube, onde disponibiliza vídeos em Full HD dos melhores shows de Rock e Heavy Metal dentro e fora da capital gaúcha. Vestiu sua primeira camiseta preta aos 8 anos e desde então suas bandas favoritas incluem Metallica, Iron Maiden, Black Sabbath, Kiss, Judas Priest, Megadeth, Sepultura, Guns N Roses, Ozzy Osbourne, Nirvana e por aí vai...

Mais matérias de Calvin Pontel no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336