Ektomorf: disco lembra Sepultura e Soulfly

Resenha - Black Flag - Ektomorf

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Leonardo M. Brauna
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 6

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


"Black Flag" é o décimo segundo álbum de estúdio da banda húngara EKTOMORF. Foi lançado este ano pela "AFM Records" e os seus integrantes são ZOLTÁN FARKAS (vocal, guitarra), TOMÁS SCHROTTNER (guitarra), SZABOLCS MURVAI (baixo) e JOZSEF SZAKACS (bateria). A banda foi formada em 1994 e o que eles tocam é o que dizem por aí "Groove Metal". O grupo ganhou fama por fazer um trabalho que lembra SEPULTURA e SOULFLY, características que o líder ZOLTÁN não nega, mas diz que hoje a banda está apontando para outro rumo. "Será"?
64 acessosButeco do Rock Podcast: álbuns de 20175000 acessosEddie Van Halen: "Eruption foi um acidente"

O som é bastante pesado com "guitarradas" bem selvagens, mas não continua assim por muito tempo. A banda também usa muito de suas influências regionais misturadas ao tempero violento do metal. Se eles afirmam hoje que não usam mais a fórmula do SEPULTURA e SOULFLY, cabe ao ouvinte constatar a veracidade escutando faixas como "War is My Way", "Black Flag", "Unscared" e "Private Hell". Uma coisa eu já posso afirmar, parece até que MAX CAVALERA foi convidado para fazer o álbum.

Além dos riffs pesadões que o disco traz, uma faixa chama atenção pelo contraste musical, "12 Angels" é uma criação acústica muito bem colocada que emenda com a "Industrial" "Enemy". A partir daí os húngaros realmente deixam de lado as influências dos nossos compatriotas para investirem em algo mais "Hardcore", e isso é sentido com grande impacto em "Fuck Your God".

As faixas seguintes conseguem empolgar um pouco, mas os momentos de alta tensão com a consistência nas bases às vezes são cortadas por momentos súbitos de "paradas" para dar outro seguimento à música. Se você gosta de surpresas no som que escuta, pode ser uma boa opção, mas se você é daqueles que gosta de "botar pra quebrar a coluna", não espere muito.

Como bônus a banda faz um cover pesadíssimo para "The Pretender" (FOO FIGHTERS). Parece-me que a comparação com os brasileiros tem irritado mesmo a banda, porém acredito que isso é uma coisa que ficará por muito tempo perseguindo-a.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Por fim, o álbum não é um trabalho ruim, pois as faixas que lembram o SEPULTURA salva a "bolacha", mas também temos que valorizar os riffs pesadíssimos e com peso bem empregados. Este chega ao status de curioso a agradável.

Track List:

01 – War Is My Way 5:11
02 – Unscarred 4:07
03 – The Cross 3:57
04 – Cut It Out 3:40
05 – Black Flag 4:04
06 – Private Hell 3:41
07 – 12 Angels 1:58
08 – Enemy 2:10
09 – Fuck Your God 2:49
10 – Never Surrender 2:57
11 – Sick Love 3:28
12 – Feel Like This 3:01
13 – Kill It 3:51
14 – The Pretender (bonus) 4:27

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Black Flag - Ektomorf

775 acessosEktomorf: pretendem encontrar uma identidade própria

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

SepulturaSepultura
"Chaos A.D." e "Roots" ganharão versões expandidas

64 acessosButeco do Rock Podcast: álbuns de 20171308 acessosSepultura: completamente diferente, sem medo de arriscar!0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Sepultura"

SepulturaSepultura
Andreas fala sobre o uso de bases gravadas em shows ao vivo

Mente abertaMente aberta
Músicos de metal que tocam ou já tocaram em outros estilos

Kurt CobainKurt Cobain
Músico procurou Max Cavalera atrás de heroína

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Ektomorf"0 acessosTodas as matérias sobre "Sepultura"0 acessosTodas as matérias sobre "Soulfly"

Van HalenVan Halen
Eddie explica os segredos do seu modo de tocar

Roqueiros conservadoresRoqueiros conservadores
A direita do rock na revista Veja

Bruce DickinsonBruce Dickinson
Sua coleção de clássicos do Metallica

5000 acessosExcessos: como os rockstars gastam os seus milhões5000 acessosEm 10/08/1993: Euronymous é assassinado por Varg Vikernes5000 acessosThe Voice Kids: garotinha canta Led Zeppelin e conquista todos4540 acessosBlack Sabbath: vocalista de 10 anos faz cover de "War Pigs"5000 acessosKiss: Gene Simmons não usa drogas nem bebe por respeitar a mãe5000 acessosKiss: a trágica história que inspirou "Detroit Rock City"

Sobre Leonardo M. Brauna

Leonardo M. Brauna é cearense de Maracanaú e desde adolescente vive a cultura do Rock/Metal. Além do Whiplash, o redator escreve para a revista Roadie Crew e é assessor de imprensa da Roadie Metal. A sua dedicação se define na busca constante por boas novidades e tesouros ainda obscuros.

Mais matérias de Leonardo M. Brauna no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online