Matérias Mais Lidas

imagem"A ingenuidade do fã do Iron Maiden é um negócio que beira o patético", diz Regis Tadeu

imagemJohn Bonham, Keith Moon ou Charlie Watts, quem era o melhor segundo Ginger Baker?

imagemProdutor de "Temple of Shadows" conta problemas que teve com voz de Edu Falaschi

imagemSteven Tyler dá entrada em clínica de reabilitação após sofrer recaída

imagemLuciana Gimenez tentou aprender com Mick Jagger algo que não funcionou para ela

imagemKiko Loureiro explica efeito colateral da saída de Andre Matos que o fez crescer

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil

imagemVital, o ex-Paralamas que virou nome de música e depois foi pro Heavy Metal

imagemRitchie Blackmore comenta o instrumental que lançou como homenagem a Jon Lord

imagemComo foi 1º encontro de Nando Reis e Cássia Eller, ocorrido na casa de Marisa Monte

imagem"Eu realmente não tenho fé na humanidade", diz Schmier, vocalista do Destruction

imagemFernanda Lira, da Crypta, e o papo reto sobre "se falar de política vai perder fãs"

imagemTodos os discos do Nightwish, do pior para o melhor, em lista da Metal Hammer

imagemZakk Wylde relembra ídolo: "tão relevante quanto Bach, Beethoven e Mozart"

imagemEncontro entre Paul Di'Anno e Steve Harris resultou em "algo que será discutido"


Bloodbeast: Death de qualidade e feito por quem entende

Resenha - Bloodlust - Bloodbeast

Por Vitor Franceschini
Em 24/11/12

publicidade

Nota: 7

Primeiramente, a grande surpresa para esse que vos escreve é receber um material oriundo de Pretória, África do Sul. Segundamente, é bom saber que por lá há Metal de qualidade e, por fim, o que temos aqui é um Death Metal de qualidade e feito por quem entende do assunto.

Van666 (vocal/guitarra), Choroz Bileous (baixo), Werner Labuschagne (bacteria) e Andre 'Gallaksie' Diamond (guitarra/vocal) sofrem influências diretas das melhores fontes do estilo, ou seja, o Death Metal da Flórida e até o Death Metal mineiro de nomes como Sarcófago, Chakal e Cirrhosis.

O diferencial dos caras é que eles possuem alguns elementos (como alguns riffs de guitarra) do Thrash Metal europeu, mas o foco principal é o Death Metal puro e simples. Passagens brutais é maioria, mas nada que impeça a banda de dar umas quebradas às vezes.

Apesar de não fazerem um som basicamente simples, as composições são diretas e não se utilizam de firulas. Os riffs são bem compostos, baixo impactante e a cozinha destruidora. Os vocais são típicos do estilo, guturais e muito bem encaixados. As composições são bem equilibradas, o que dificulta destacar alguma.

A produção deixou uma leve embolação nas guitarras, mas nada que comprometa o trabalho, aliás, é quase imperceptível. Um bom cartão de visitas para esses guerreiros do Metal extremo, que venham mais trabalhos! Corra visitar o site dos caras! Death Metal victory!

http://bloodbeast.co.za/

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini.