Benediction: velocidade animal e riffs demolidores

Resenha - Grand Leveller - Benediction

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Maicon Leite
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Após a estréia bem sucedida com "Subconscious Terror", os ingleses sofreram sua primeira mudança de formação, com a saída de Mark "Barney" Greenway, dando lugar a Dave Ingram. Porém, Dave acabou dando ao Benediction uma cara própria, ainda que sua voz fosse parecida com a de Mark.

Benediction: disco novo a caminho depois de 11 anosMotley Crue: Vince Neil detona Sharon Osbourne em biografia

Gravado depois de uma turnê com o Bolt Thrower e Nocturnus, "The Grand Leveller" revela uma banda mais entrosada e madura, o que acabou influenciando também na qualidade sonora do play, muitíssimo superior ao debut. O estilo "Benê" de fazer Death Metal ficou mais aprimorado, mas, manteve aquele peso absurdo, velocidade animal e os riffs demolidores. Poucas bandas conseguiram criar uma identidade tão forte, mantendo-a intacta em todos os álbuns.

"Visions in the Shroud", e sua "intro" macabra, dão início ao massacre, já mostrando que Dave acabou sendo a escolha certa. O instrumental, sempre coeso, transita entre o peso e a velocidade, como em "Graveworm", certamente um dos destaques do disco, justamente por esta característica e pelos riffs e solos marcantes, lá pelo minuto final da música. Iniciando de forma arrastada, praticamente um Doom Metal, "Jumping At Shadows" é arrasadora, seu ritmo vai acelerando aos poucos, para terminar numa porradaria infernal, com a participação especial de Karl Willetts, vocalista do Bolt Thrower, que anos mais tarde seria substituído por Dave no Bolt...

No geral, o álbum é bem heterogêneo, destacando ainda a rápida e rasteira "Senile Dementia", e o cover para "Return to the Eve" do seminal Celtic Frost, inaugurando a tradição em gravar covers.

Entre as gravações e mixagem do álbum a banda tocou com outros grandes nomes do Death Metal, como Massacra e Dismember. Findando a tour, o baixista Paul Adams abandona o grupo, devido aos desgastes decorrentes da vida na estrada e problemas internos. Em seu lugar entra Frank Healy (ex-Cerebral Fix), que estreou no EP "Dark is the Season", de 1992. Mas daí é outro papo...

Resenha - Subconscious Terror - Benediction

Benediction
Titulo: "The Grand Leveller"
Formato: CD/LP
Local: Inglaterra
Estilo: Death Metal
Gravadora/Selo: Nuclear Blast Records
Ano de Lançamento: 1991

Contatos & Links
http://www.myspace.com/benedictionuk

Tracklist
1. Visions in the Shroud (04:21)
2. Graveworm (04:33)
3. Jumping At Shadows (06:04)
4. Opulence of the Absolute (04:09)
5. Child of Sin (04:41)
6. Undirected Aggression (04:34)
7. Born In A Fever (04:25)
8. The Grand Leveller (05:11)
9. Senile Dementia (02:46)
10. Return to the Eve (Celtic Frost Cover) (03:51)

Tempo total: 44:35

Formação:
Dave Ingram - Vocal
Peter Rewinski - Guitarra
Darren Brookes - Guitarra
Paul Adams - Baixo
Ian Treacy - Bateria




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Benediction"


Benediction: disco novo a caminho depois de 11 anosBenediction: Morte, simbolismos, virtudes, imperfeições e necessidadeBenediction: Ingram retorna; "novo material vai ser destruídor"

Versões originais: 10 músicas que foram tomadas emprestadasVersões originais
10 músicas que foram "tomadas" emprestadas

Bandas extremas: 10 álbuns que causaram surpresaBandas extremas
10 álbuns que causaram surpresa


Motley Crue: Vince Neil detona Sharon Osbourne em biografiaMotley Crue
Vince Neil detona Sharon Osbourne em biografia

R.E.M.: banda é dona da faixa que mais faz o homem chorarR.E.M.
Banda é dona da faixa que mais faz o homem chorar

Linkin Park: 20 coisas que você não sabe sobre a bandaLinkin Park
20 coisas que você não sabe sobre a banda

Fotos de Infância: Jon Bon JoviChester Bennington: a tocante carta que ele escreveu para Chris CornellSepultura: a história por trás do álbum "Beneath The Remains"Avenged Sevenfold: Johnny Christ responde se sente falta de Portnoy

Sobre Maicon Leite

Maicon Leite é assessor de imprensa na Wargods Press, colaborador na revista Roadie Crew e um dos autores do livro Tá no Sangue! - A História do Rock Pesado Gaúcho, dentre outros projetos e publicações.

Mais matérias de Maicon Leite no Whiplash.Net.