Six Feet Under: Álbum conservador e de qualidade

Resenha - Undead - Six Feet Under

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Junior Frascá
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Desde sua saída do CANNIBAL CORPSE, em meados da década de 90, o icônico vocalista Chirs Barnes sempre vem mantendo o alto nível nos lançamentos e shows com o SFU, embora sua nova banda nunca tenha conseguido atingir o status de sua anterior. E dessa vez a coisa não é diferente, pois “Undead” é mais um grande lançamento na discografia do SFU.
5000 acessosMax Cavalera: triste ver uma banda tão importante virar uma merda5000 acessosUltimate Guitar: as 28 canções mais sombrias de todos os tempos

Mesmo com algumas mudanças na formação, com a saída do baixista Terry Butler e do baterista Greg Gall (em seus lugares entraram respectivamente Matt DeVries e Kevin Talley, além de mais um guitarrista, Rob Arnold - CHIMAIRA), não espere grandes novidade no som do quinteto: tudo aqui remete ao que o SFU já tem feito ao longo de sua carreira, mesclando death metal tradicional com elementos de rock’n’roll clássico (o que muitos chamam de death’n’roll) de forma precisa, primando pelo peso absurdo e pela cadência no lugar de excessos de velocidade. A única mudança mais perceptível na sonoridade dos caras é que o instrumental está um pouco mais técnico e melhor estruturado, mas sem grandes exageros.

Além disso, Chris está em sua melhor forma, com seus vocal inconfundível, urrando feito um louco em todas as faixas do material, embora não tenha mais aquela “fúria assassina” dos tempos do CANNIBAL. Além disso, o trabalho dos guitarristas Rob e Steve Swanson (parceiro de longa data de Chris) é matador, criando riffs empolgantes e brutais, como pode ser percebido em faixas como “Frozen At The Momento of Death”, “Molest Dead”, “Blood On My Hands” (com um clima soturno e melancólico) e “Delay Combustion Device”. Há ainda alguns momentos mais burocráticos e pouco inspirados, mas nada que tire o brilho do material.

As letras também mantém aquele esquema gore, doentio e violento apreciado por Mr. Barnes, e a arte da capa segue a linha adota pela banda.

Ou seja, aqui não há novidade alguma, e a SFU apresenta exatamente o que os fãs esperam. Se é pouco pra você, provavelmente “Undead” passará batido. Mas se você busca algo mais conservador e de qualidade, não perca mais tempo e divirta-se!

Nota 7,0

Undead – Six Feet Under
(2012 – Metal Blade - Importado)

Tracklist:

Frozen At The Moment Of Death
Formaldehyde
18 Days
Molest Dead
Blood On My Hands
Missing Victims
Reckless
Near Death Experience
The Scar
Delayed Combustion Device
Vampire Apocalypse
The Depths Of Depravity

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Undead - Six Feet Under

1694 acessosSix Feet Under: Mais porrada e ao mesmo tempo mais maduro

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 31 de maio de 2012

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Six Feet Under"

Death MetalDeath Metal
As 10 melhores bandas de acordo com a AOL

CuriosidadesCuriosidades
10 músicas que foram "tomadas" emprestadas

Rap e MetalRap e Metal
Cinco colaborações que funfaram

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Six Feet Under"

Max CavaleraMax Cavalera
Triste ver uma banda tão importante virar uma merda

Ultimate GuitarUltimate Guitar
As 28 canções mais sombrias de todos os tempos

David BowieDavid Bowie
A última foto pública e a última foto privada

5000 acessosMax Cavalera: triste ver uma banda tão importante virar uma merda5000 acessosUltimate Guitar: as 28 canções mais sombrias de todos os tempos5000 acessosDavid Bowie: a última foto pública e a última foto privada5000 acessosGuns N' Roses: Como Slash explica a separação em sua biografia?5000 acessosO Rock Morreu: mas a boa notícia é que ele está embalsamado3818 acessosÁlbuns Homônimos: algumas pérolas que levam o mesmo nome da banda

Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online