RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemA música de Raul Seixas que salvou a carreira de Chitãozinho e Xororó

imagemDeep Purple: David Coverdale revela quem quis como substituto de Ritchie Blackmore

imagemAndi Deris tem problemas de saúde e shows do Helloween são adiados

imagemO brasileiro com a voz parecida com a de Axl Rose que viralizou no TikTok

imagemProdutor da turnê de Paul Di'Anno explica problemas no primeiro show

imagemVocalista do Fleshgod Apocalypse é pedida em casamento durante show da banda

imagemO Raul Seixas não era nada daquilo que ele falava, diz ex-parceiro musical

imagemTony Iommi conta quais são os riffs preferidos que ele escreveu

imagemO motivo nada musical que fez Bruce Dickinson querer se juntar aos hippies

imagemZelador viraliza após incrível semelhança com voz de Steve Perry em "Don't Stop Believin'"

imagemEm disputa acirrada, fãs batem recorde e elegem melhores discos de metal de 2022

imagemEloy Casagrande repete o feito sendo eleito melhor baterista de metal do mundo

imagemO hit dos Beatles que talvez seja sobre drogas e que "Jesus" acompanhou gravação

imagemShane Hawkins, filho de Taylor Hawkins, ganha prêmio de melhor performance do ano

imagemOs 20 melhores álbuns lançados em 1993, segundo a Revolver Magazine


Hart & Bonamassa: Despretensioso e carregado de sentimentos

Resenha - Don't Explain - Beth Hart & Joe Bonamassa

Por Ricardo Seelig
Fonte: Collectors Room
Postado em 09 de março de 2012

Nota: 9

Despretensioso e carregado de sentimento, "Don't Explain", álbum da parceria entre a cantora Beth Hart e o guitarrista Joe Bonamassa, é um trabalho especial. Dono de uma beleza inebriante, é daqueles discos que, mesmo não ostentando o status de clássico, irão acompanhar o ouvinte por toda a vida.

Produzido por Kevin Shirley (Iron Maiden, Dream Theater, Black Country Communion) e contando com feras como o baixista Carmine Rojas e o baterista Anton Fig, "Don't Explain" traz dez canções que passeiam entre o soul, o blues e o jazz. Bonamassa assume um papel secundário, deixando todo o brilho para Beth Hart. Dona de uma voz poderosa e encorpada, ela é o grande destaque do álbum. A maneira como Beth canta honra as composições, todas pinçadas a dedo no vasto catálogo dos gêneros citados acima.

A abertura arrepiante com "Sinner's Prayer", de Ray Charles, já deixa claro que estamos ouvindo um disco diferenciado, focado totalmente no prazer dos músicos e sem nenhuma aspiração comercial. A releitura cheia de malícia de "Chocolate Jesus", de Tom Waits, é perfeita. O arranjo de "Your Heart is as Black as Night" faz com que Beth pareça uma 'femme fatale' cantando em um cabaré esfumaçado. As cordas e a instrumentação exparsa da faixa-título fazem com que essa canção soe muito próxima do universo de Amy Winehouse, principalmente devido ao timbre e à maneira com que Hart a canta. Carregadas de bom gosto e feeling, as músicas aconchegam o ouvinte, acariciam o seu cotidiano e acalmam o coração.

Contido e econômico, Joe Bonamassa soa distante do guitar hero que marca ponto no Black Country Communion e do bluesman prodígio de sua carreira solo. Aqui, suas intervenções são discretas, cirúrgicas. As exceções, quando ocorrem, são sublimes, como nos solos de "I'd Rather Go Blind" e "I'll Take Care of You". Outro ponto que deve ser mencionado é que Joe não canta no álbum, com exceção do dueto com Beth em "Well, Well".

"Don't Explain" é um disco especial e belíssimo. Produzido com a alma, esse ingrediente cada vez mais em falta na música atual, agradará de imediato qualquer pessoa que possua um coração.

Faixas:

1. Sinner's Prayer, de Ray Charles
2. Chocolate Jesus, de Tom Waits
3. Your Hart is as Black as Night, de Melody Garbot
4. For My Friends, de Bill Withers
5. Don't Explain, de Aretha Franklin
6. I'd Rather Go Blind, de Etta James e Fleetwood Mac
7. Something's Got a Hold on Me, de Etta James
8. I'll Take Care of You, de Gil Scott-Heron
9. Well, Well, de Delaney & Bonnie
10. Ain't No Way, de Aretha Franklin

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:
Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp

Joe Bonamassa: "Dizem que sou jovem pro blues, mas já tenho 40 anos"

Joe Bonamassa: as mil faces do guitarrista

Guitarra: Pentatônica a lá Steve Vai, Petrucci, Steve Morse, Edu Ardanuy, Bonamassa, etc


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.
Mais matérias de Ricardo Seelig.