Project 46: Thrash modernão com Hardcore e toques Death

Resenha - Doa A Quem Doer - Project 46

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Christiano K.O.D.A., Fonte: Som Extremo
Enviar Correções  

publicidade

9


Surpresa. É essa a sensação que o disco passa. Surpreendendo o ouvinte, a Project 46 brinda os fãs de música pesada com um baita trabalho que mistura o bom Thrash Metal modernão com o Hardcore e toques Death.

publicidade

Cantado em português, a banda conta com vocais poderosíssimos de Caio Macbeserra e Rafa Yamada, também responsável pelo baixo. Mas todos os músicos manejam seus instrumentos com grande intimidade. Enfim, o trabalho é altamente técnico, minimalista, criativo, pesadíssimo e com produção impecável. Há alguma melodia, que deixou a sonoridade mais diversificada e rica.

publicidade

As letras são todas agressivas, como o som da banda. Parece um verdadeiro desabafo contra tudo e contra todos! E a proposta da banda não é ser a mais veloz do mundo. Logo, estejam preparados para vários momentos de break downs, só que bem elaborados. Eles não caem na mesmice e por isso mesmo, passam muuuuuuuito longe se serem enjoativos. "809072", a introdução, caminha de forma discreta e vem num crescendo que resulta na porrada sem tamanho de "Atrás das Linhas Inimigas".

publicidade

Aliás, destaque é o que não falta em "Doa a quem Doer": a música "Violência Gratuita" é uma pedrada sensacional, a melhor do CD, não há dúvida (que distorção de baixo poderosa!!!). E o solo de guitarra rouba a cena da canção.

A faixa "Dor" é outra marretada ultra-feroz. Dá para sentir a ira dos integrantes em cada momento da música. E a ótima levada de "No Rastro do Medo" traz a canção para a lista das grandes do álbum. Mas não se pode deixar de fora a composição que fecha o play, "Acorda pra vida". É mais uma faixa brutal e fantástica do disco. Ah, até mesmo no acústico, o grupo faz bonito. É o caso da bela instrumental "#46".

publicidade

O único momento meio sem graça vem em "Se Quiser", que conta com trechos de vocais limpos e melódicos, artifício que não casou muito com o extremismo da música. Agora, o solo é fenomenal, hein? Que conste nos autos!

O encarte também é show, abrindo-se na forma de um mini-pôster caprichado. Até mesmo a arte da capa, embora bem simples, é detalhada e cativante. E todo esse material fascinante está disponível para download gratuito no site da banda, mas vão por mim, se tiverem a oportunidade, adquiram a mídia física, que vale mesmo a pena. Dêem uma sacada também no clipe de "Capa de Jornal".

publicidade

Grande revelação do underground brasileiro, a Project 46 (qual será o significado do nome?) chega para deixar sua marca de maneira profunda por aqui. Uma surpresa que só nos faz ter mais orgulho do som extremo nacional. Mais do que recomendado!

publicidade

Project 46 – Doa a quem Doer
Independente – 2011 – Brasil

http://www.project46.com.br
[email protected]

Tracklist
01. 809072
02. Atrás das Linhas inimigas
03. Impunidade
04. Capa de Jornal
05. Se Quiser
06. Violência Gratuita
07. Amanhã Negro
08. #46
09. Dor
10. No Rastro do Medo
11. Acorda pra Vida

publicidade


Outras resenhas de Doa A Quem Doer - Project 46

Project 46: Da capa às músicas, Doa a Quem Doer impressiona

Project 46: Fazendo muito conservador torcer o nariz




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Bill Hudson: BR bangers são persecutivos e têm baixa autoestimaBill Hudson
BR bangers são persecutivos e têm baixa autoestima

Metal Nacional: Confira bandas que se destacaram em 2015Metal Nacional
Confira bandas que se destacaram em 2015


Slayer: Araya fala sobre fé e sua relação com o cristianismoSlayer
Araya fala sobre fé e sua relação com o cristianismo

Metallica: Segundo James Hetfield, Lars Ulrich tocava horrivelmente mal, mas era ricoMetallica
Segundo James Hetfield, Lars Ulrich tocava horrivelmente mal, mas era rico


Sobre Christiano K.O.D.A.

Um cara diretamente ligado ao Som Extremo, fã de livros e filmes, formado em Imagem e Som, Publicidade e Propaganda e Jornalismo. Faz parte da banda de grindcore Prey of Chaos e tem um blog dedicado à música barulhenta. Enfim, alguém que faz da música sua vida.

Mais matérias de Christiano K.O.D.A. no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin