Anubis: Thrash Metal bastante calcado nas raízes do estilo

Resenha - Legacy Of Humanity - Anubis

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 7

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Thrash porrada lá do Pará! Oriundo da cidade de Belém e na ativa desde 1994, o Anubis enfrentou muitas mudanças em sua formação e somente conseguiu liberar sua primeira demo auto-intitulada em 2006, que possibilitou que o pessoal tocasse em vários festivais e ao lado de nomes relevantes como Torture Squad, Violator, ByWar, além do alemão Desaster e do inglês Benediction.
5000 acessosDavid Bowie: conheça 60 fatos da vida do camaleão5000 acessosMetalhead: as mulheres mais sexys do Heavy Metal

E já era hora de uma estréia em disco, que está chegando às prateleiras através do selo Distro Rock Records. "Legacy Of Humanity" mostra a experiência adquirida ao longo dos anos com um Thrash Metal bastante calcado nas raízes do estilo e, ainda que possua várias passagens velozes, prima por andamentos mais cadenciados. A banda está segura do que quer, evidente por todo o despojamento que as canções transmitem.

O Anubis mostra que não é necessário inovar quando se tem conhecimento de causa e intimidade com seus instrumentos. Com um vocalista dono de um timbre bastante peculiar, sofrido, sujo e perfeito para a proposta, além de um esforçado trabalho dos guitarristas, a banda soltou uma bela coleção de canções que, mesmo relativamente longas – 10 faixas cronometrando 62 minutos! – geralmente possuem carisma suficiente para segurar a atenção do ouvinte, em especial pela presença de "School Of Hate”, "Dark Hope" (ô riff invocado!) e “Anubis”.

O áudio de "Legacy Of Humanity" também está muito, mas muito acima da média, todos os instrumentos estão em seu devido lugar e com uma correta carga de sujeira. O Anubis é mais uma amostra do underground nortista, muito indicado ao público que aprecia o Thrash Metal como era feito nos velhos tempos, com boas doses de Slayer e até algo do Testament.

Contato: www.myspace.com/anubisthrash

Formação:
Sandro Costa - voz
Renato Costa - guitarra
Vinicius Carvalho - guitarra
Rogério Sarges - baixo
Maurício Sanjad - bateria

Anubis – Legacy Of Humanity
(2010 / Distro Rock Records – nacional)

01. The Armistice
02. Forbidden Game
03. School Of Hate
04. Dark Hope
05. The Last Act
06. Anubis
07. P.O.W.
08. Under The Influence (instrumental)
09. Slaves Of Misery
10. Dream Beyond The Mirror

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Legacy Of Humanity - Anubis

724 acessosAnubis: Mais um trabalho de qualidade dentro do Thrash Metal

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Anubis"

David BowieDavid Bowie
Conheça 60 fatos da vida do cantor, ator e artista britânico

MetalheadMetalhead
As mulheres mais sexys do Heavy Metal

Bizarro & AbsurdoBizarro & Absurdo
12 Tristes Realidades da Música

5000 acessosHeavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 20095000 acessosEmo: gênero que todos amam odiar sem conhecer absolutamente nada5000 acessosRoqueiro poser: 100 regras essenciais para se tornar um5000 acessosO Rock Nunca Morrerá: duas bandas finlandesas que você precisa conhecer5000 acessosPattie Boyd: o infernal triângulo com George Harrison e Eric Clapton5000 acessosAquiles Priester sobre Whiplash: "Também já sangrei tocando"

Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online