Devian: Legion unindo forças a outro ex-Marduk

Resenha - Ninewinged Serpent - Devian

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Muitos perguntavam por onde andava Legion depois que este se desligou do Marduk em 2003... Pois bem, passou-se um tempo considerável, mas eis que o vocalista uniu forças a outro ex-Marduk, agora o baterista Emil, para montar o Devian. O resultado dessa parceria gerou uma sonoridade relativamente distinta do conhecido Black Metal de outrora, porém mais abrangente e não menos interessante.
5000 acessosRob Halford: "Heterossexuais não conseguem cantar no Judas"5000 acessosA morte das grandes bandas: vá a todo show grande que puder

E como artistas de certo renome geralmente recebem uma atenção especial por parte das gravadoras, com o Devian não deu outra: rapidamente assinou contrato com a Century Media Records para estrear com "Ninewinged Serpent", um respeitável disco lançado originalmente em 2007 e que está chegando agora ao mercado brasileiro através do selo Hellion Records.

As vocalizações ásperas e os vários títulos blasfemos são automaticamente associados ao Legion, em arranjos que mesclam principalmente o Thrash e Death, mas, estilisticamente, o Devian também optou por seguir um rumo que abre concessões e encara sem receios algumas melodias do Heavy Metal Tradicional. O resultado é brutal, permeado por velocidade, muitas doses de groove e uma aura realmente sufocante.

O repertório está muito bem montado, apresentando em "Instigator" todo o talento dos suecos para as melodias e ótimos refrãos, enquanto a faixa-título, "Dressed In Blood" e "Heresy" mostram uma fúria que beiraria o absurdo, mas novamente lá estão as melodias, ainda que subjacentes. Outra canção que se destaca pelo belo trabalho das guitarras é “Gemini Is The Snake”, mas a realidade é que tudo é balizado lá em cima… E, além das 10 ótimas faixas originais, a edição nacional apresenta os bônus “Burning Daylight” e “Jackal”.

Apesar do peso esmagador, o Devian tomou cuidados para que a moderna gravação de "Ninewinged Serpent" resultasse em um áudio corretamente polido. Com a maleabilidade de sua proposta, este é um disco que merece ser desfrutado por qualquer um que aprecie Heavy Metal brutal, mas também (um pouco) acessível. Vale citar que os suecos liberaram posteriormente "God To The Illfated" (08), que, se possuir o poder de fogo deste debut, seria uma boa iniciativa se também chegasse às prateleiras do Brasil.

Contato:
http://www.devian.se
http://www.myspace.com/truedevian

Formação:
Legion - voz
Joinus - guitarra
Tomas Nilsson - guitarra
Roberth Karlsson - baixo
Emil Dragutinovic - bateria

Devian - Ninewinged Serpent
(2007/ Century Media Records - 2010 / Hellion Records - nacional)

01. Serenade For The Fallen
02. Dressed In Blood
03. Heresy
04. Scarred
05. Suffer The Fools
06. Fatalist
07. Gemini Is The Snake
08. Instigator
09. Remnant Song
10. Ninewinged Serpent
11. Burning Daylight (bonus)
12. Jackal (bonus)

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Ninewinged Serpent - Devian

1096 acessosDevian: Legion e Emil longe da sonoridade do Marduk

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Devian"

Rob HalfordRob Halford
"Não creio que um heterossexual possa fazer o que faço!"

A morte das grandes bandasA morte das grandes bandas
Vá a todo show grande que puder

MotorheadMotorhead
Escolhido o nome de banda mais legal pela Spin

5000 acessosPink Floyd - Perguntas e Respostas5000 acessosAs regras da NWOBHM5000 acessosCourtney Love: "Parei com drogas e transei como um coelho"5000 acessosVideo: Metallica, Slayer, Slipknot, Pantera e A7X sem distorção5000 acessosKorn: banda celebra 20 anos do álbum que mudou o Metal pra sempre5000 acessosAndreas Kisser: quem se importa com o que Max pensa?

Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online