RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemTodos os rockstars que já recusaram ser condecorados pela rainha Elizabeth II

imagemO setlist "gordo" e vídeos do último show da turnê de 2022 do Guns N' Roses pelo Brasil

imagemGuns N' Roses compartilha foto incrível de show realizado em São Paulo

imagemCom tempo de sobra, Bruce Dickinson também faz segurança em show do Iron Maiden

imagemManeskin e o grande temor que Gastão Moreira tem em relação à banda

imagemGangrena Gasosa lança "Headboomer", música que "homenageia" o tiozão metaleiro

imagemDavid Coverdale lista seus 20 álbuns preferidos do rock britânico

imagemAxl e o pequeno gesto com Slash comprovando que as tretas do passado ficaram pra trás

imagemPitty Purple: cantora aparece nas redes com vestido roxo e ganha elogios dos seguidores

imagemArnaldo explica por que saía do palco quando Titãs tocava hit de "Cabeça Dinossauro"

imagemThe Cure: 5 bandas que o vocalista Robert Smith já declarou odiar

imagemO que esperar dos shows de Helloween e Hammerfall no Brasil, segundo os músicos

imagemJeff Beck relembra suas histórias com Stevie Ray Vaughan e Keith Moon

imagemYoutuber toca clássicos do Metallica com a horrorosa bateria de "St. Anger"; veja vídeo

imagemGordo comenta por que trabalhou para Record mesmo após lançar músicas contra igreja


NFL Steve Harris

Kiko Loureiro: no solo a real versatilidade nas seis cordas

Resenha - Fullblast - Kiko Loureiro

Por Thiago El Cid Cardim
Em 13/01/10

Nota: 9

Dizer que Kiko Loureiro é um excelente guitarrista é pura obviedade – afinal, basta vê-lo comandando uma das guitarras da banda brasileira Angra. No entanto, nos recentes discos "Temple of Shadows" e "Aurora Consurgens", quem dá as caras é um Kiko Loureiro mais técnico e virtuoso, capaz de disparar uma centena de notas por minuto. É nos discos-solo, no entanto, que enxergamos sua real versatilidade no comando das seis cordas, uma versatilidade que tem menos a ver com velocidade e mais a ver com sutileza. A mais recente empreitada, "Fullblast", pode ser considerada uma verdadeira mistura da ferocidade roqueira de "No Gravity" com o absoluto ecletismo de "Universo Inverso". O resultado? Empolgante até mesmo para quem, como eu, tem pouca paciência para álbuns instrumentais de guitarristas.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em "Fullblast", Loureiro forma um power trio com outros dois músicos de primeira linha. No baixo, seu parceiro de Angra, Felipe Andreoli – só para reforçar, favor não confundir com o repórter do "CQC". E nas baquetas, um dos melhores e mais subestimados bateristas do mundo, Mike Terrana, que já passou pela cozinha de bandas como Rage, Masterplan e Axel Rudi Pell.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mas é claro que o guitarrista transforma seus riffs nas grandes estrelas do álbum. "Headstrong", a música que abre "Fullblast", é uma paulada heavy metal bem familiar aos fãs do Angra. Mas aí vem "Desperado", que tem seu temperinho étnico e que, lá pela metade, oferece um interlúdio quase bossa nova. Logo depois, já emenda "Cutting edge", que para os ouvidos mais atentos carrega uma sonoridade meio thrash metal em um determinado momento. Eclético o suficiente para você? E olha que estamos falando apenas das três primeiras músicas do disco!

Totalmente despido de preconceitos, Loureiro deixa a porradaria de lado em "Excuse me", se entregando a uma baladinha sutil, que chega a flertar com o pop. Pop dos bons, leia-se. Enquanto "A Clairvoyance" tem sua levada de quase música de salão, um romantismo sem vergonha de assumir aquele ladinho meio brega, "Se Entrega, Corisco!" é retorno direto aos tempos de "Holy Land", com elementos do forró nordestino - daquele do magistral Jackson do Pandeiro, entrando de cabeça na raiz do negócio.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Logo depois da quase épica "Outrageous", com seus ares de trilha sonora de superprodução hollywoodiana, surge "Mundo Verde" que é nada mais, nada menos do que um samba, daqueles bem intimistas e doces. Consegues imaginar um guitarrista de heavy metal fazendo claras referências ao também genial Paulinho da Viola? Pois é. Em "Fullblast" você vê. Ou melhor, escuta.

Talento Kiko Loureiro tem de sobra. Mas é sempre uma agradável surpresa ver um músico saído de um gênero tão acusado de cabeça-dura como o metal ter igualmente coragem para encerrar seu disco solo com o delicado dedilhado acústico de ares MPB da faixa "As it is, Infinite". Sinal de que o guitarrista sabe reconhecer boa música, independente do rótulo que se queira dar a ela. E sinal de que ele também está disposto a fazer música boa, sem precisar ficar preso a rótulos babacas. Just push play.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Line-up:
Kiko Loureiro – Guitarra
Felipe Andreoli – Baixo
Mike Terrana – Bateria

Tracklist:
01. Headstrong
02. Desperado
03. Cutting edge
04. Excuse me
05. Se entrega, Corisco!
06. A Clairvoyance
07. Corrosive voices
08. Whispering
09. Outrageous
10. Mundo verde
11. Pura vida
12. As it is, infinite


Outras resenhas de Fullblast - Kiko Loureiro

Resenha - Fullblast - Kiko Loureiro

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

As músicas do Megadeth que Kiko Loureiro mais gosta de tocar ao vivo

Kiko Loureiro se diverte ensinando Electra Mustaine a fazer brigadeiro

Ouça "The Sick, The Dying… And The Dead!", o novo álbum do Megadeth

Kiko Loureiro é um gato ou um cachorro? Dave Mustaine explica

Kiko Loureiro comenta sobre melhores baixistas com quem já tocou na vida

Kiko Loureiro exalta determinação de Mustaine; "Nada pode destruir esse cara"

Kiko Loureiro compartilha imagem pesada que vai derrubar sua conexão com a Internet

Kiko Loureiro relembra o seu primeiro show como integrante do Megadeth; "O tempo voa"

Kiko Loureiro escolhe os 10 guitarristas que mudaram a sua vida

"Quando penso em solos para o Megadeth, imagino Randy Rhoads", diz Kiko Loureiro

Baron disse que Mustaine "quase saiu na porrada" após crise de ciúme por Kiko Loureiro

Daniel Fonseca lança videoclipe de "Not Forsaken" com participação de Kiko Loureiro

Kiko Loureiro: o desafio do primeiro show com o Megadeth

Dave Mustaine usa teoria musical para compor no Megadeth? Kiko Loureiro responde

Violão ou Guitarra: 5 músicas que te ajudam a fazer essa escolha

Iron Maiden: Perguntas e respostas e curiosidades diversas

King Diamond: O que significa ser Satanista?


Sobre Thiago El Cid Cardim

Thiago Cardim é publicitário e jornalista. Nerd convicto, louco por cinema, séries de TV e histórias em quadrinhos. Vegetariano por opção, banger de coração, marvete de carteirinha. É apaixonado por Queen e Blind Guardian. Mas também adora Iron Maiden, Judas Priest, Aerosmith, Kiss, Anthrax, Stratovarius, Edguy, Kamelot, Manowar, Rhapsody, Mötley Crüe, Europe, Scorpions, Sebastian Bach, Michael Kiske, Jeff Scott Soto, System of a Down, The Darkness e mais uma porrada de coisas. Dentre os nacionais, curte Velhas Virgens, Ultraje a Rigor, Camisa de Vênus, Matanza, Sepultura, Tuatha de Danaan, Tubaína, Ira! e Premê. Escreve seus desatinos sobre música, cinema e quadrinhos no www.observatorionerd.com.br e no www.twitter.com/thiagocardim.

Mais informações sobre

Mais matérias de Thiago El Cid Cardim.