Matérias Mais Lidas

imagemO hit da Legião Urbana cuja letra fala sobre esperança de Renato em se curar da AIDS

imagemA lenda do Rock que se arrepende de nunca ter dormido com Jimi Hendrix

imagemMax e Iggor convidam Jairo, detonam no Rio e alfinetam: "Verdadeiro Sepultura"

imagemNando Reis e a enigmática música que ele queria usar para seduzir Marisa Monte

imagemTom Morello explica por que o RATM se reúne, mas não lança novas músicas

imagemPink Floyd: Roger Waters relembra a última vez que viu Syd Barrett

imagemPodcast diz que prática comum no black metal hoje seria "coisa de esquerdomacho"

imagemQuando Slash tentou entrar pro Kiss mas foi rejeitado por um motivo cruel

imagemO hit dos Engenheiros do Hawaii com citação de canção soviética sobre defender a pátria

imagemA sincera resposta de João Gordo para quem o acusa de ser "traidor do movimento"

imagemBittencourt começou a fazer tai chi chuan no camarim após beque de Mariutti bater forte

imagemO hit dos Engenheiros do Hawaii que faz uma dura crítica à panelinha do rock nacional

imagemPrika explica critérios para entrar na Nervosa: "Fascista na minha banda não toca!"

imagemO sensato conselho que Lulu Santos deu para o novato Herbert Vianna

imagemDez clássicos do rock e do heavy metal que não têm bateria


Dream Theater 2022

Killswitch Engage: óbvia progressão na linha sonora

Resenha - Killswitch Engage - Killswitch Engage

Por Ben Ami Scopinho
Em 26/09/09

Nota: 7

"Killswitch Engage" é o quinto álbum do Killswitch Engage (dããã...), o segundo que leva este mesmo título, o terceiro com o vocalista Howard Jones e o primeiro em que o guitarrista Adam Dutkiewicz preferiu não produzir diretamente. Cansativos levantamentos numéricos à parte, este disco mostra uma óbvia progressão na linha sonora dos norte-americanos mais bem-sucedidos, comercialmente falando, dentro do Metalcore.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

E esta progressão é previsível porque, embora todos os elementos que fizeram com que a banda se tornasse conhecida mundo afora se façam presentes, "Killswitch Engage" é ainda mais melódico que o ultramelódico "As Daylight Dies" (06), que já era beeem mais melódico que seus antecessores. E com certeza esta orientação recebeu a bênção do produtor Brendan O'Brien (AC/DC, Rage Against The Machine), que deu seu toque pessoal, muitas vezes deixando as guitarras mais contidas, mas contemplando com honras Justin Foley, cujo som de bateria ficou incrível!

Ainda que toda esta maleabilidade comercial tenha gerado vários pontos positivos – em especial pelas bonitas linhas vocais limpas do entusiasmado Howard Jones estar aparecendo cada vez mais – o problema é que, com o desenrolar da audição, tantas maciças doses de melodias adocicadas e refrãos gosmentos começam a encobrir o impacto e agressão que se espera de um álbum de Heavy Metal.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

E podem ter a certeza de que há várias canções pesadas, com groove e ótimos riffs, tanto que "Reckoning" e "A Light In A Darkened World" marcam presença mesmo. Outra composição onde o pessoal consegue novamente chamar a atenção é "This Is Goodbye", que se caracteriza por ser uma semibalada obscura e com o refrão mais explosivo do álbum.

Ainda que deixe a desejar se comparado com obras como "Killswitch Engage" (aquele debut de 2000) ou o reverenciado "Alive Or Just Breathing" (02), é esta nova linha adotada que veem dando certo para o sucesso comercial do grupo. Tão certo que este disco alcançou o sétimo lugar nos charts da Billboard, a mais alta posição na carreira do Killswitch Engage. Um bom trabalho, mas realmente recomendado aos que apreciam toneladas de melodias em menos de 40 minutos de audição.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Formação:
Howard Jones - voz
Adam Dutkiewicz - guitarra
Joel Stroetzel - guitarra
Mike D'Antonio - baixo
Justin Foley - bateria

Homepage: www.killswitchengage.com

Killswitch Engage - Killswitch Engage
(2009 / Roadrunner Records - importado)

01. Never Again
02. Starting Over
03. The Forgotten
04. Reckoning
05. The Return
06. A Light In A Darkened World
07. Take Me Away
08. I Would Do Anything
09. Save Me
10. Lost
11. This Is Goodbye


Outras resenhas de Killswitch Engage - Killswitch Engage

Resenha - Killswitch Engage - Killswitch Engage

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Killswitch Engage divulga o álbum "Live At The Palladium"; ouça aqui

Killswitch Engage libera primeiro vídeo do registro ao vivo em Massachusetts

Vocal do Killswitch Engage diz que metalcore saturou, mas indica banda ainda relevante

Killswitch Engage: estudo diz que eles são a banda de metal que mais trabalha

Massachusetts: 15 grandes bandas que surgiram no estado de nome complicado

Killswitch Engage: Suas 10 maiores músicas, pela Classic Rock History

Fotos de Infância: Gene Simmons, do Kiss

Marilyn Manson: ele removeu costelas para praticar autofelação?


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre

Mais matérias de Ben Ami Scopinho.