Killswitch Engage: óbvia progressão na linha sonora

Resenha - Killswitch Engage - Killswitch Engage

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  

7


"Killswitch Engage" é o quinto álbum do Killswitch Engage (dããã...), o segundo que leva este mesmo título, o terceiro com o vocalista Howard Jones e o primeiro em que o guitarrista Adam Dutkiewicz preferiu não produzir diretamente. Cansativos levantamentos numéricos à parte, este disco mostra uma óbvia progressão na linha sonora dos norte-americanos mais bem-sucedidos, comercialmente falando, dentro do Metalcore.

E esta progressão é previsível porque, embora todos os elementos que fizeram com que a banda se tornasse conhecida mundo afora se façam presentes, "Killswitch Engage" é ainda mais melódico que o ultramelódico "As Daylight Dies" (06), que já era beeem mais melódico que seus antecessores. E com certeza esta orientação recebeu a bênção do produtor Brendan O'Brien (AC/DC, Rage Against The Machine), que deu seu toque pessoal, muitas vezes deixando as guitarras mais contidas, mas contemplando com honras Justin Foley, cujo som de bateria ficou incrível!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ainda que toda esta maleabilidade comercial tenha gerado vários pontos positivos – em especial pelas bonitas linhas vocais limpas do entusiasmado Howard Jones estar aparecendo cada vez mais – o problema é que, com o desenrolar da audição, tantas maciças doses de melodias adocicadas e refrãos gosmentos começam a encobrir o impacto e agressão que se espera de um álbum de Heavy Metal.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

E podem ter a certeza de que há várias canções pesadas, com groove e ótimos riffs, tanto que "Reckoning" e "A Light In A Darkened World" marcam presença mesmo. Outra composição onde o pessoal consegue novamente chamar a atenção é "This Is Goodbye", que se caracteriza por ser uma semibalada obscura e com o refrão mais explosivo do álbum.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ainda que deixe a desejar se comparado com obras como "Killswitch Engage" (aquele debut de 2000) ou o reverenciado "Alive Or Just Breathing" (02), é esta nova linha adotada que veem dando certo para o sucesso comercial do grupo. Tão certo que este disco alcançou o sétimo lugar nos charts da Billboard, a mais alta posição na carreira do Killswitch Engage. Um bom trabalho, mas realmente recomendado aos que apreciam toneladas de melodias em menos de 40 minutos de audição.

Formação:
Howard Jones - voz
Adam Dutkiewicz - guitarra
Joel Stroetzel - guitarra
Mike D'Antonio - baixo
Justin Foley - bateria

Homepage: www.killswitchengage.com

Killswitch Engage - Killswitch Engage
(2009 / Roadrunner Records - importado)

01. Never Again
02. Starting Over
03. The Forgotten
04. Reckoning
05. The Return
06. A Light In A Darkened World
07. Take Me Away
08. I Would Do Anything
09. Save Me
10. Lost
11. This Is Goodbye

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Outras resenhas de Killswitch Engage - Killswitch Engage

Resenha - Killswitch Engage - Killswitch Engage




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Metal Hammer: os melhores discos de rock e metal lançados em 2002Metal Hammer
Os melhores discos de rock e metal lançados em 2002


Metalcore: os 25 melhores álbuns de todos os temposMetalcore
Os 25 melhores álbuns de todos os tempos

Metalcore: os dez trabalhos essenciais do estiloMetalcore
Os dez trabalhos essenciais do estilo


Vanusa e Black Sabbath: a notável coincidência nos riffsVanusa e Black Sabbath
A notável coincidência nos riffs

Prostitutas: As mais famosas e devassas do cenário Rock - Parte 1Prostitutas
As mais famosas e devassas do cenário Rock - Parte 1


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

Cli336 Cli336 Cli336 CliIL Cli336