Epica: com orquestra, melhor que Metallica ou Kiss

Resenha - Classical Conspiracy - Epica

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Depois de quatro álbuns de estúdio, o Epica está liberando seu primeiro trabalho ao vivo, e acompanhado por uma orquestra. Ok, ok... O Metallica e o Kiss também já gravaram com uma orquestra respectivamente em "S&M" (99) e "Symphony - Alive IV" (03)... Mas, sinceramente? Não há comparação. Quer queira ou não, estas duas bandas norte-americanas não arriscaram em absolutamente nada com esses discos aí.
599 acessosEpica: banda anuncia "The Ultimate Principle Tour"5000 acessosTrues quase infartaram: Obituary mitou ao lado de Joelma e Chimbinha

Mas o Epica, meus caros, esse sim! Investiu, arriscou e acertou no resultado final de "The Classical Conspiracy" a ponto de conseguir algo distinto da imensa maioria dos burocráticos registros ao vivo que são lançados por aí. As canções foram captadas na Hungria, durante o Miskolc International Opera Festival, ocorrido em 14 de junho de 2008, onde, além do pessoal do próprio Epica, também participaram da apresentação nada menos do que 40 músicos e um coral com 30 integrantes.

A unificação do Heavy Metal com a Música Clássica já é uma fórmula consagrada – Therion e Haggard que o digam! – mas o que torna a audição deste registro um tanto quanto agradável é a forma como o repertório foi montado. São dois CDs onde se incluem verdadeiras obras clássicas, com versões para “Dies Irea” (Verdi), a arrasadora “Presto” (Vivaldi) ou “In The Hall Of The Mountain King” (Grieg), entre vários outros. E é claro que o Epica acrescentou algumas devidas distorções metálicas por aqui.

A paixão que a banda possui por trilhas sonoras é algo assumido. Então não poderia faltar algo neste sentido, que é preenchido com versões de compositores contemporâneos famosos por suas parcerias com as grandes produções cinematográficas. Há um medley para "Spider-Man" (Danny Elfman) e a alucinante "Pirates Of The Caribbean" (Zimmer/Badelt), e também "The Star Wars” (John Williams). Escuta-se ainda “Unholy Trinity”, composição do próprio Epica que fez parte da trilha sonora do filme “Joyride”, produzido em seu país natal. E vale citar que o CD 01 é praticamente instrumental, tanto que a voz de Simone é ouvida apenas em "Ombra Mai Fu" e "Stabat Mater Dolorosa".

Já o segundo disco traz exclusivamente as conhecidas canções da discografia do Epica, e agora com a adição dos tais orquestra e coro, garantindo uma pompa e grandiosidade novamente palpáveis. Detalhe curioso é que a maior parte do público nem mesmo era fã do Epica – é um festival de ópera, certo? – o que explica a ausência da tradicional gritaria que se espera de uma dita apresentação de Heavy Metal. E são nestas canções, em especial nas passagens onde o guitarrista Mark Jansen aplica sua voz gutural, que eu gostaria de ver a cara embasbacada desse comportado público...

The Classical Conspiracy apresenta mais de duas horas de música da melhor qualidade, seja Power, Gothic, Música Clássica ou algumas brincadeiras mesmo. Um disco será apreciado não somente pelos fãs do Epica, mas também pelos seus pais, tios e avós. E, enquanto as distribuidoras brasileiras se perdem na burocracia ou na complicação das atuais finanças, o jeito é adquirir este trabalho importado mesmo. Mas e daí? O preço está muito competitivo!

Formação:
Simone Simons - voz
Mark Jansen - guitarra e vozes agressivas
Isaac Delahaye - guitarra
Coen Jansen - teclados
Yves Huts - baixo

Epica - The Classical Conspiracy
(2009 - Nuclear Blast Records / Icarus Music – importado)

CD 01 - Classical Set
01. Palladium (de Yves Huts) 03:46
02. Dies Irae (de Giuseppe Verdi: "Requiem")
03. Ombra Mai Fu (de George Frideric Handel: "Xerxes")
04. Adagio (de Antonín Dvořák: "New World Symphony")
05. Spider-Man Medley (de Danny Elfman: "Spider-Man")
06. Presto (de Antonio Vivaldi: "The Four Seasons")
07. Montagues And Capulets (de Sergei Prokofiev: "Romeo And Juliet")
08. The Imperial March (de John Williams: "Star Wars Episode V")
09. Stabat Mater Dolorosa (de Giovanni Battista Pergolesi: "Stabat Mater")
10. Unholy Trinity (de Yves Huts)
11. In the Hall Of The Mountain King (de Edvard Grieg: "Peer Gynt")
12. Pirates Of The Caribbean Medley (de Hans Zimmer/Klaus Badelt: "Pirates of the Caribbean")
13. Indigo
14. The Last Crusade
15. Sensorium
16. Quietus
17. Chasing The Dragon
18. Feint

CD 02 - Epica Set
01. Never Enough
02. Beyond Belief
03. Cry For The Moon
04. Safeguard To Paradise
05. Blank Infinity
06. Living A Lie
07. The Phantom Agony
08. Sancta Terra
09. Illusive Consensus
10. Consign To Oblivion

Homepage: www.epica.nl

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

599 acessosEpica: banda anuncia "The Ultimate Principle Tour"0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Epica"

Feias que me perdoemFeias que me perdoem
Musas do Rock e Heavy Metal

Metal sinfônicoMetal sinfônico
Os 10 melhores segundo o TeamRock

20072007
15 discos de rock/metal que completam 10 anos de lançamento

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Epica"

Trues quase infartaramTrues quase infartaram
Obituary mitou ao lado de Joelma e Chimbinha

FotosFotos
E se o Slash aparecer acenando no fundo?

Bon JoviBon Jovi
Jon está usando playback em shows ao vivo?

5000 acessosFotos de Infância: Dave Mustaine, do Megadeth5000 acessosBret Michaels: reveja os maiores constrangimentos do vocalista5000 acessosKiss: Vinnie Vincent é o maior filho da puta da história do rock?5000 acessosChiclete: As 50 canções mais grudentas de todos os tempos4068 acessosGuns N' Roses: vídeo conta história da banda em 60 segundos5000 acessosNirvana: como crianças de hoje reagem ao ouvir a banda?

Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online