Dragonforce: turbinando o (para muitos) manjado Power Metal

Resenha - Ultra Beatdown - DragonForce

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Os velocistas demoraram, mas estão de volta! Habilidade e técnica fantásticas conseguem novamente turbinar o (para muitos) tão manjado Power Metal. Ok, com a popularidade em alta e depois de se fartarem de brincar com o tal Guitar Hero, o DragonForce retorna com seu quarto registro, “Ultra Beatdown”, que continua explorando a impressionante capacidade de aliar velocidade a melodias extremamente grudentas.
556 acessosDragonforce: ouça a nova música, "Curse of Darkness"5000 acessosRoger Waters: irritado com os "cameramen de celular"

Muito da conhecida orientação que se conhece em termos de DragonForce permanece, em especial a fissura épica por faixas longas – a maioria ultrapassa os sete minutos – e as caóticas camadas e mais camadas de guitarras, com solos tão rápidos que chegam a humilhar. Os teclados estão em grande fase, agora tendo seu devido espaço e acrescentando muito ao resultado final das canções, inclusive incrementando uns estranhos sons de ‘videogame’ aqui e acolá, e que funcionam muito bem.

O repertório está bem mais diversificado que o apresentado em seu registro anterior, "Inhuman Rampage" (06). A abertura “Heroes Of Our Time” é um destaque óbvio pela forma como seus arranjos transmitem empolgação ao ouvinte, seguida de perto pela épica “The Fire Still Burns”, com ótimas guitarras a conduzindo e um refrão (obviamente) pra lá de viciante. O DragonForce mostra que também consegue intercalar seções mais lentas em meio à alucinada velocidade, tendo na versátil “Last Journey Home” e “Inside The Winter Storm” bons exemplos de tal feito.

E, para aqueles que acham que o melhor do DragonForce foi apresentado no debut "Valley Of The Damned" (03), bom... O fato é que “Ultra Beatdown” é totalmente consistente na extravagância de sua fórmula, e há várias chances deste novo trabalho fazer com que a banda suba no conceito do público mais pessimista. Este CD é "Made in Argentina", mas com certeza o mercado brasileiro será agraciado com sua própria versão, principalmente se considerarmos que o DragonForce tocará por aqui nas próximas semanas.

Formação:
ZP Theart - voz
Herman Li - guitarra
Sam Totman - guitarra
Frédéric Leclercq - baixo
Vadim Pruzhanov - teclados
Dave Mackintosh - bateria

DragonForce - Ultra Beatdown
(2008 / Roadrunner Records – importado)

01. Heroes Of Our Time
02. The Fire Still Burns
03. Reasons To Live
04.Heartbreak Armageddon
05. Last Journey Home
06. A Flame For Freedom
07. Inside The Winter Storm
08. The Warrior Inside

Homepage: www.dragonforce.com

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

556 acessosDragonforce: ouça a nova música, "Curse of Darkness"945 acessosDragonforce: ouça "Judgement Day", faixa do novo álbum0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Dragon Force"

DragonforceDragonforce
Garota de 15 anos toca "Through The Fire And Flames"

Sempre a mesma coisaSempre a mesma coisa
12 bandas que nunca mudam

DragonforceDragonforce
Prodígio de 10 anos toca música em show de talentos

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Dragon Force"

Roger WatersRoger Waters
Irritado com os "cameramen de celular"

Álbuns ao vivoÁlbuns ao vivo
10 grandes registros da história do rock

MegadethMegadeth
Os melhores álbuns da banda segundo o About.com

5000 acessosDave Mustaine: boatos dizem que ele é tio de Hayley Williams5000 acessosAgressividade: 21 caras que fizeram a história do rock pesado5000 acessosCompridas: As músicas mais longas de grandes bandas5000 acessosSlash: Comentários sobre Guns, pornstars e Michael Jackson5000 acessosGuns N' Roses: mini-reuniões ao longo da história5000 acessosSupernatural: ouça 10 músicas que marcaram a série

Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online