[an error occurred while processing this directive]

Matérias Mais Lidas


Summer Breeze 2024

Bruce Springsteen: dos poucos que está sabendo envelhecer

Resenha - Working On a Dream - Bruce Springsteen

Por Ricardo Seelig
Fonte: Collector's Room
Postado em 04 de abril de 2009

Nota: 8

Bruce Springsteen mantém a inspiração em alta em "Working On a Dream", seu décimo-sexto disco de estúdio. Depois do estupendo "Magic", lançado em 2007, The Boss mostra que os anos de estrada estão fazendo cada vez melhor. Bruce, que completará 60 anos no dia 23 de setembro, entrega um disco que entra, fácil, entre os melhores de sua longa carreira.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 1

Mais uma vez acompanhado pela ótima E Street Band - a saber, Roy Bittan no piano, órgão e acordeão; Clarence Clemos no saxofone; Danny Federici no órgão - para quem o trabalho é dedicado, já que Federici faleceu durante as gravações; Nils Lofgren na guitarra; Patti Scialfa nos vocais; Garry Tallent no baixo; o folclórico Steve Van Zandt na guitarra e Max Weinberg na bateria, além dos convidados especiais Soozie Tyrell (vocal e violino), Patrick Warren (órgão, piano e teclado) e Jason Federici (acordeão), Springsteen alterna momentos de otimismo e outros mais serenos em "Working On a Dream".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 2

No primeiro grupo, temos a alegre "My Lucky Lady"; a ensolarada "Working On a Dream", que soa como uma trilha para a Era Obama nos Estados Unidos; e a pop song "What Love Can Do" - ótima. Mas é quando assume o posto de porta-voz da classe operária que Bruce alcança os melhores resultados - como sempre, aliás. "Queen of the Supermarket" é sensacional, "This Life" é melancólica na medida certa e o boogie contagiante do blues "Good Eye" é filho direto dos bares que percorrem toda a extensão da mitológica Route 66.

O Springsteen trovador do dia-a-dia, das situações do cotidiano, ganha destaque em "Working On a Dream". Se a canção que dá nome ao disco é a trilha de um novo país, "Tomorrow Never Knows" segura os pés dos sonhadores, como o próprio Bruce, no chão. "Surprise, Surprise" é outro grande momento, transparecendo esperança e acreditando em um novo amanhã.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 3

Mas as duas grandes faixas do disco estão em seu início e em seu final. A épica "Outlaw Pete", com oito minutos, abre o play com a saga de um fora-da-lei que percorreu a América de costa a costa. Na melhor tradição de Bob Dylan, sua narrativa é apaixonante, repleta de detalhes, quase um conto. Cordas dão ainda mais dramaticidade à canção, que tem seu ponto forte no arrepiante e inesquecivel refrão: "I´m outlaw Pete, I´m outlaw Pete, can you hear me?". No outro oposto, "The Wrestler", que entra como bonus track, é a faixa vencedora do último Grammy Awards. Incluída na trilha do filme homônimo, é uma balada acústica onde a voz de Bruce, envelhecida pela idade, nos faz contemplar nossas vidas e nos perguntar porque queremos sempre mais.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 4

"Working On a Dream" não tem a mesma força atordoante de "Magic", para mim uma verdadeira obra-prima, o que não quer dizer que não seja um ótimo disco. Como já disse no início dessa resenha, inscreve-se de maneira fácil entre os grandes álbuns da carreria de Bruce Springsteen, reafirmando que, ao lado de Paul McCartney, Bob Dylan e Neil Young, Bruce é um dos poucos que está sabendo como envelhecer, refletindo em seus trabalhos a experiência que a vida lhe proporcionou. É muito bom perceber, e principalmente, ouvir isso.

Faixas:
1. Outlaw Pete - 8:01
2. My Lucky Day - 4:01
3. Working on a Dream - 3:30
4. Queen of the Supermarket - 4:39
5. What Love Can Do - 2:57
6. This Life - 4:30
7. Good Eye - 3:01
8. Tomorrow Never Knows - 2:14
9. Life Itself - 4:00
10. Kingdom of Days - 3:24
11. Surprise, Surprise - 3:30
12. The Last Carnival - 3:51
13. The Wrestler - 3:47

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 5

Outras resenhas de Working On a Dream - Bruce Springsteen

Bruce Springsteen: mais um competente álbum na discografia

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp

Perc3ption: a arte levada ao extremo

Resenha do Álbum do Insânia ao vivo no Underground Nativa III

Sentença de Morte: Death Metal para quem curte Death Metal bem executado

Triumph Of Death, projeto de Tom Warrior, resgata ao vivo parte do passado do Hellhammer

Spiritual Cramp acerta a fórmula, mas álbum satura em 26 minutos

Estreia do Superbloom traz de volta o grunge protagonista dos anos 1990

Stratosphere Project: O eco estrondoso da Via-Láctea fundindo-se nas dimensões ocultas

Blaze Bayley: o vocalista é um artista injustiçado?


publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.
Mais matérias de Ricardo Seelig.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS